Kanye West achou que seria uma boa ideia convidar Marilyn Mason e DaBaby para evento

Cantar com acusados de estupro e homofobia? Até quando vai se passar pano?

Kanye West ainda não lançou seu novo disco, 'Donda', nas plataformas digitais. Mas, na última quinta (26), realizou um novo evento de audição do álbum e recebeu uma chuva de críticas ao convidar os músicos Marilyn Mason e DaBaby, ambos com um histórico problemático.

Reprodução

Publicidade

O problema é que Marilyn Mason está sendo investigado pela polícia de Los Angeles após uma série de relatos de abusos e violência doméstica. Sua ex-namoradora, Evan Rachel Wood, diz ter sido abusada por ele durante anos. Outras quatro mulheres também acusam o músico.

Frazer Harrison/Getty Images

Publicidade

E, depois, ele disse também: “Rapazes, se vocês não estão chupando um pau no estacionamento, liguem a lanterna do seu celular“.

DaBaby foi criticado, acabou tendo shows cancelados e pediu desculpas depois, mas o público não parece ter engolido.

Publicidade

Publicidade

Veja também