Isto explica por que muitas mulheres não chegam ao orgasmo durante o sexo

Este post é para todas as vaginas que não ficam felizes apenas com a penetração.

No que diz respeito a ter uma vagina e ter orgasmos, às vezes o problema é bem real.

Claudie Ossard Productions / Via imgur.com

Principalmente se você quer chegar ao orgasmo durante a penetração. Isso não é algo que acontece com muita frequência... se é que chega a acontecer.

A boa notícia é que você não está sozinha e que também não há nada de errado com você! Estudos demonstram que a probabilidade das mulheres chegarem ao orgasmo durante o sexo é menor do que a dos homens.

MTV / Via teen.com

"isso não está certo"

Um estudo publicado na revista acadêmica "Journal of Sexual Medicine" descobriu que as mulheres só chegam ao orgasmo 62,9% das vezes com um parceiro usual, enquanto os homens chegam ao orgasmo 85,1% das vezes. A probabilidade é ainda menor em relações casuais, com apenas 40% das mulheres afirmando que atingiram o clímax durante a última transa (comparativamente, a taxa masculina é de 80%), de acordo com um estudo publicado na "American Sociological Review".

Há inúmeros outros estudos e estatísticas sobre a dificuldade que as mulheres têm para chegar ao orgasmo, e os números variam de acordo com o experimento realizado e a década em que a pesquisa foi realizada. Porém, resumindo: se você tem uma vagina, sexo sem orgasmo pode ser uma realidade comum e frustrante.

MAS HÁ UM PORÉM. Nem todas as mulheres têm problemas com orgasmos durante o sexo. Por exemplo, as lésbicas.

"— Eu gozei SETE vezes ontem à noite.
— Bom, daí já é demais."

Segundo um estudo, as lésbicas relataram ter mais orgasmos, e com mais frequência, do que as mulheres heterossexuais e bissexuais. Claro, elas podem conhecer mais o "equipamento", mas outra grande razão pode ser que casais lésbicos geralmente não recorrem à penetração para orgasmos.

O problema pode ser que, na verdade, você está dando muito valor à penetração.

"Ele tem um pênis tão bom... mas eu não consigo gozar com ele"

Para muitas pessoas, o sexo com penetração vaginal simplesmente não é o mais adequado para orgasmos.

Seus órgãos genitais podem precisar de um pouco mais de variedade do que isso.

NBC,

Em um estudo com 3.900 homens e mulheres (quase todos heterossexuais), a probabilidade de ambos os gêneros terem chegado ao orgasmo era maior se, na última vez em que tinham feito sexo, tinha rolado um número maior de atividades diferentes (como sexo oral, sexo anal, estimulação manual, penetração vaginal etc.). Apesar disso, a maioria dos homens e das mulheres do estudo relatou ter feito apenas a penetração vaginal na última vez que fez sexo.

Pense um pouquinho: você recorre à penetração para gozar quando está sozinha?

3 Arts Entertainment / Via thehorseskeepe.tumblr.com

Provavelmente não. Um pequeno estudo descobriu que a maioria das pessoas se concentra no clitóris. Mas, bizarramente, as participantes do estudo pensavam que as outras pessoas utilizavam a penetração para se masturbar. Então pare de pensar que você é a solitária esquisita que não se excita com vibradores e faça o que é melhor para você.

Além disso, a maioria das vaginas é tipo: “LOL não, não é assim que eu funciono”.

"conheçam suas xoxotas, ok?"

“Não fomos 'construídas' para chegar ao orgasmo apenas com a penetração”, diz a especialista em sexo e relacionamentos Pepper Schwartz, Ph.D. e autora do livro "The Normal Bar" (O Padrão Normal, em tradução livre), ao BuzzFeed Life. “O clitóris é onde estão todas as terminações nervosas — com exceção do cérvix —, e quase não há nenhuma no canal vaginal.” Na verdade, o clitóris possui oito vezes mais terminações nervosas do que a glande do pênis. Essa informação já demonstra a sua importância.

Na penetração normal, provavelmente não há muito contato com o clitóris. Pesquisas mostram que mulheres com uma distância menor entre o clitóris e a uretra têm mais probabilidade de chegarem ao orgasmo durante a penetração (então, se você não for assim, talvez seja mais difícil gozar durante o sexo). Outro estudo descobriu que mulheres com anorgasmia (incapacidade de chegar ao orgasmo) tendem a ter clitóris menores. Então, basicamente, a "geografia" das suas partes podem fazer uma grande diferença.

Dito isso, “ mulheres que conseguem ter orgasmos vaginais, que, curiosamente, possuem mecanismos distintos dos orgasmos clitorianos”, segundo Lauren Streicher, especialista em saúde sexual e autora do livro "Sex Rx: Hormones, Health, and Your Best Sex Ever" (Raio-X do Sexo: Hormônios, Saúde e o Melhor Sexo da sua Vida), ao BuzzFeed Life. “O estímulo do cérvix faz com que algumas mulheres tenham orgasmos que percorrem outros trajetos nervosos.” Então, se você chega ao orgasmo durante a penetração, ótimo! Se não, fique tranquila, você não está sozinha.

Se você realmente quiser chegar ao orgasmo durante a penetração, não esqueça de colocar o seu clitóris no ato e se concentre no que está fazendo.

MTV,

"Você é a CEO do seu corpo e das suas partes, então coloque a cabeça e as mãos dele onde você quiser."

“Acima de tudo, você deve saber como seu corpo funciona”, afirma Schwartz. Se seu clitóris é essencial para o seu orgasmo, garanta que seu parceiro saiba disso. Na maioria das posições, é possível que um de vocês alcance e estimule seu clitóris, seja manualmente ou com um vibrador. E faça isso — não é uma inconveniência, é como você chega ao orgasmo.

Outro truque: assegure-se de faltar só um tiquinho para gozar antes colocar lá dentro. Dessa forma, qualquer movimento ou estímulo será o bastante, diz Schwartz. E você pode se preparar para isso com preliminares, masturbação, qualquer coisa. Parar antes de chegar ao orgasmo e passar para a penetração pode ser um modo fácil de gozar durante a penetração vaginal.

Ou é possível que sua cabeça esteja atrapalhando tudo. Talvez você consiga chegar ao orgasmo por meio da penetração quando está só, mas não consegue com um parceiro. Nesse caso, certifique-se de estar se sentindo totalmente relaxada, segura, confiante e excitada antes de começar. É necessário muitas preliminares, comunicação e confiança.

Último passo: pare de dar importância ao orgasmo durante a penetração. Ninguém tem tempo para mais preocupação na vida.

“Seria bom se houvesse menos ênfase sobre chegar ao orgasmo durante a penetração” , diz Streicher. Não há nenhuma razão para pensar que o seu clímax é menos especial só porque ele acontece sem um pênis dentro de você.

Esta é a Semana do Sexo no BuzzFeed Brasil. Clique aqui para ver mais conteúdo da nossa semana especial.

Este post foi traduzido do inglês.