FODA: a nova ansiedade dos solteiros brasileiros

Calma, gente. Não é isso que vocês estão pensando!

Não está fácil pra ninguém, mas para alguns solteiros brasileiros está FODA. Literalmente e tudo maiúsculo mesmo. FODA é a sigla em inglês que vem definindo uma incômoda ansiedade de voltar a ir em encontros.

Homem e mulher, ambos de máscara, encostando em uma barreira de plástico filme.
Homem e mulher, ambos de máscara, encostando em uma barreira de plástico filme.

cottonbro / Pexels

Publicidade

É uma variação do FOMO (Fear of Missing Out, ou Medo de Estar Por Fora, na tradução), uma ansiedade bem específica.

Mulher olhando para o celular, enquanto está de roupa de festa.
Mulher olhando para o celular, enquanto está de roupa de festa.

Inga Seliverstova / Pexels

Estima-se que dois terços da população com acesso a internet têm a eterna sensação de que está perdendo algo importante: eventos, rolês, enquanto todos seus amigos estão se divertindo (mesmo que eles estejam em casa sentindo a mesma coisa). Isso é FOMO.

Um celular mostrando uma foto de um grupo de amigos.
Um celular mostrando uma foto de um grupo de amigos.

Kindel Media / Pexels

Publicidade

Se marcar encontros com estranhos no Tinder nunca foi fácil, agora a coisa fica ainda mais complicada. Seu par tomou vacina? Nos últimos dias ele teve mais encontros? Será que tudo bem entrarmos nesse restaurante fechado?…

Homem e mulher de máscara, mas tomando um milkshake - casa um com seu canudo
Homem e mulher de máscara, mas tomando um milkshake - casa um com seu canudo

Foto de cottonbro / Pexels

Publicidade

Preocupações essas que fazem sentido: vale lembrar que mesmo vacinados continuam pegando corona - o vírus só deixa de ser fatal. E isso para quem já tomou as duas doses, o que não é o caso de várias pessoas.

Homem jovem sendo vacinado em São Paulo
Homem jovem sendo vacinado em São Paulo

Divulgação / Govesp

A FODA não é uma exclusividade tupiniquim. Gringos também passaram por isso há uns meses, quando a vacinação se popularizou mundo a fora (e a gente sofria por ter ignorado os e-mails da Pfizer).

Andrew M. Cuomo, governador de Nova York, autografando um poster de vacinação.
Andrew M. Cuomo, governador de Nova York, autografando um poster de vacinação.

Don Pollard/Office of Governor Andrew M. Cuomo

Publicidade

A real é que mesmo quem não está com mil neuras em relação a se contaminar com o vírus, ainda pode ter outras preocupações: durante a pandemia é normal que você tenha ganho alguns quilinhos - e não esteja confortável com eles - ou simplesmente esteja sentindo que esqueceu como flertar direito.

Mulher de maio, com expressão de incômodo
Mulher de maio, com expressão de incômodo

Jacob Prose / Pexels

Publicidade

Como ultrapassar isso? "Por causa do isolamento, todos estamos nos sentindo um pouco desconfortáveis quando o assunto é ir à encontros", afirmou ao Metro Logan Ury, diretora de ciências do relacionamento do Hinge. "Então fale sobre isso no encontro, e você se surpreenderá em como isso vai te relaxar", completa.

Homem e mulher, cada um de um lado do plástico - indo em para lados opostos.
Homem e mulher, cada um de um lado do plástico - indo em para lados opostos.

cottonbro / Pexels

Publicidade

Ninguém vai sair dessa pandemia igual entrou. Não teria como a forma de nos relacionarmos permanecer igual. Então não zero problemas se você sentir o FODA. Mas não deixe isso te paralisar. Procure ajuda se necessário e lembre-se, se você sobreviveu a pandemia, você vai dar conta desse medo foda.

Mulher de máscara fazendo o sinal de paz e amor
Mulher de máscara fazendo o sinal de paz e amor

cottonbro / Pexels

Publicidade

Veja também