Parece que os cachorros do Fiuk continuam em um abrigo

O cantor se explicou, mas a história não acabou.

No último sábado (26), o Metrópoles divulgou que os cachorros do Fiuk estão em um abrigo para animais abandonados. A assessoria do cantor se prontificou a explicar o motivo, dizendo que os cachorros estão lá porque o Fiuk está passando por uma mudança e que pretende buscá-los o quanto antes.

As informações foram publicadas na coluna do Leo Dias.

Acontece que a história não parece ser bem essa. Ainda de acordo com a coluna, os cachorros estão no abrigo Anjinhos da Rua há pelo menos dois anos. A informação partiu de um ex-funcionário da ONG que preferiu se manter no anonimato.

Fiuk chegou a dizer que deixou os cachorros no abrigo quando foi entrar no "BBB 21". Porém, segundo esse ex-funcionário, os animais foram colocados lá muito antes do início do programa.

“Trabalhei lá de junho de 2020 a dezembro de 2020 e os cachorros já estavam lá, bem antes de começar o 'BBB'. E o pessoal fala que os animais já estão lá há muito mais tempo. Inclusive, tenho conversa aqui com um rapaz que trabalhou lá um ano antes de eu entrar e falou que os cachorros já estavam lá. Então, podemos contar no mínimo dois anos", disse o ex-funcionário à coluna de Leo Dias.

Publicidade

Os dois cachorros deixados no abrigo são da raça Border collie. Na imagem, registrada em 2013, Fiuk aparece com um deles. Na época, o cantor e a cadelinha Gaia participaram do quadro "Cachorrada" no "Domingão do Faustão".

Reprodução

As informações divulgadas pelo Metrópoles vão contra as justificativas apresentadas pelo cantor. Nas redes sociais, Fiuk disse que deixou os cachorros no abrigo um pouco antes de entrar no BBB porque "não conseguia dar assistência, os cachorros precisam de carinho e atenção".

Porém, o ex-funcionário afirmou ao veículo que os cãezinhos do Fiuk não recebem a atenção necessária. De acordo com ele, os cachorros ficam juntos mas em canis separados dos outros animais abrigados pelo projeto. "Eles têm os tratadores que limpam os canis e dão comida e água, mas não tem passeio, não tem interação. Bem diferente do que ele [Fiuk] falou", completou.

Publicidade

Veja também