11 famosos que resolveram investir no mercado de bebidas

E dá-lhe birita.

As celebridades são comumente chamadas para estrelar campanhas publicitárias. Sinônimo de faturamento, eles sempre emprestam seus rostos para vender produtos.

Mas a coisa muda quando eles são donos dos seus próprios produtos e resolvem investir por conta própria.

Selecionamos 11 artistas que se aventuraram no mercado de bebidas alcóolicas e estão fazendo muita grana.

Publicidade

Kylie Minogue

A cantora pop investiu forte em sua linha de vinhos e espumantes. O resultado foi bem rápido. De acordo com o The Guardian, o Prosecco Rosé da Kylie Minogue Wines lucrou mais de R$ 42 milhões em 2021 e foi descrito como o "prosecco rosé de marca mais vendido do Reino Unido".

Simone Mendes

Celebrando nova fase na vida, Simone, além de começar sua carreira solo, alçou novos voos no ramo empresarial. Ela adquiriu uma participação na Bullhof, uma destilaria boutique e lançará duas versões do GIN Minna Marie.

Publicidade

Goerge Clooney

O galã se associou a um amigo e eles criaram sua própria tequila. A ideia inicial era para ser de uso pessoal e acabou se tornando a marca de destilados que mais cresceu em 2022.

Rainha Elizabeth II

A falecida monarca lançou seu próprio Gin através do Palácio de Buckingham. A garrafa é infundida com 12 botânicos, alguns dos quais, incluindo verbena de limão, bagas de espinheiro, folhas de louro e folhas de amoreira, foram colhidos nos jardins do palácio.

Publicidade

Drew Barrymore

reprodução

Antes de investir pesado na indústria dos cosméticos e ítens para cozinha, a atriz e apresentadora comprou uma vinícola na região de Monterey, na Califórnia (EUA), perto do do Vale do Salinas. Ela assinou três vinhos junto da renomada vinícola californiana Carmel Road.

Blake Shelton

O artista country americano investiu pesado em sua própria marca de Vodka. Em 2020 ele lançou a Smithworks, feita de de milho de Kansas, Missouri e Oklahoma e finalizada e engarrafada em Fort Smith, Arkansas.

Publicidade

Leonardo

O sertanejo se uniu ao cantor Eduardo Costa e ao Engenho Tápparo para a produção e comercialização do produto. Hoje, ela é uma das mais vendidas do Brasil.

Ryan Reynolds

Ryan Reynolds foi co-proprietário da Aviation American. A marca foi vendida recentemente num acordo de mais de R$ 3 bilhões. Mesmo não sendo mais o chefe da empresa, ele segue como garoto propaganda e tem o controle criativo do marketing da bebida pelos próximos 8 anos.

Publicidade

Gusttavo Lima

O Vermelhão, um amaro, foi lançado agora em 2022 e a meta é atingir um milhão de ponto de vendas em cinco anos.

Jay Z

Reprodução

Apelidado de "Ás de Espadas" em relação ao seu logotipo, o champanhe Armand de Brignac, de propriedade do marido de Beyoncé, é vendido a um preço muito alto por unidade. 500 mil garrafas foram comercializadas em 2019.

Publicidade

Sarah Jessica Parker

Em colaboração com a empresa de vinhos da Nova Zelândia Invivo & Co, a atriz lançou um Sauvignon Blanc e um Rosé. O produto foi incluído na seleta lista dos 100 melhores vinhos da Wine Spectator.

Claudia Leitte

Divulgação

No final de 2022, Claudia Leitte se tornou sócia da Artse Vinhos, parceira da Ball Corporation. Para o retorno do Carnaval de 2023, ela lançou o primeiro prosecco em lata e a novidade estará disponível de forma limitada no Largadinho, bloco de Claudia Leitte em Salvador que se apresentará nos dias 19 e 21 de fevereiro.

“Com o vinho na latinha vem a praticidade, sem o ritual da taça e do saca rolhas. É a embalagem perfeita para quem quer beber um prosecco geladinho nas festas e blocos de carnaval”, disse a cantora e empreendedora.

Publicidade

Veja também