Eu não consigo parar de rir deste leão sueco empalhado

Hoje eu tô só o leão de Gripsholm.

Em algum momento aleatório desta quarentena estava eu conversando com um amigo sueco, e ele me contou a incrível história do leão do Castelo de Gripsholm.

Antigamente a monarquia curtia se presentear com ~mimos~ excêntricos como demonstração de requinte e poder, além de ser uma forma de diferenciação de nós, meros mortais. Teve um dia lá no Século 18 que o rei Frederico I da Suécia recebeu de presente do regente da Argélia três hienas e um leão.

Depois de alguns anos de luxo e muita tiração de onda, o leão faleceu e o nosso rei, em um momento Tiger King, enviou a pele e os ossos do animal para que um taxidermista o empalhasse. O problema é que o taxidermista nunca havia visto um leão em sua vida e para criar a obra teve que se basear em relatos de pessoas que supostamente já haviam visto o bicho.

O resultado fala por si:

Kungl. Hovstaterna/The Royal Court, Sweden / Via kungligaslotten.se

Publicidade

Não, eu não estou brincando. Este é realmente o resultado final e está em exibição até hoje no castelo de Gripsholm.

Kungl. Hovstaterna/The Royal Court, Sweden / Via kungligaslotten.se

Parece comigo depois de tomar do sexto drink.

Publicidade

Mas o leão empalhado tem fãs, tanto que existe uma página no facebook com mais de sete mil apreciadores. Lá você encontra homenagens como essas:

Não tem a menor condição.

Isso nos lembra desta outra obra de arte aqui e da importância de sempre contratar um especialista:

wikipedia / Via getty images

Publicidade


Então se um dia você estiver de bobeira pela Suécia, já sabe: visite este charmoso animal.

Publicidade

Veja também

Você daria conta de morar com um taurino?

Escrito por Gabriel Sukita • há um ano

Quantas perguntas sobre o Dia do Trabalhador você consegue acertar?

Escrito por Gaia Passarelli • há um ano

Você eliminaria o mesmo meme que todo mundo?

Escrito por Luiz Guilherme Moura • há um ano

Você consegue diferenciar estas 10 variedades de plantas?

Escrito por Matheus Saad • há um ano


Publicidade

Veja também