Este fotógrafo mostrou os bastidores dos videoclipes de rap

Brian Finke visitou os bastidores de produções de artistas como Busta Rhymes, Kanye West e Jay-Z, voltando sua câmera não para os músicos, mas sim para as mulheres empregadas como figurantes nos sets.

Brian Finke / Powerhouse Books

O fotógrafo Brian Finke tem a reputação de mergulhar em nichos da cultura norte-americana. Seus temas — tão variados quanto líderes de torcida, comissários de bordo e trabalhadores da construção civil — fazem parte do cotidiano dos EUA, mas, quando capturados pela câmera de Finke, revelam toda sua complexidade.

Seu novo livro, "Hip Honey Honeys", aborda um marco da cultura contemporânea — os videoclipes de rap. Durante três anos, Brian Finke visitou os bastidores de produções de artistas como Busta Rhymes, Kanye West e Jay-Z, voltando sua câmera não para os músicos, mas, sim, para as mulheres empregadas como figurantes nos sets.

Aqui, Brian Finke compartilha com o BuzzFeed News uma seleção de fotos do livro e suas palavras sobre o que acontece nos bastidores desses vídeos.

Gosto de contar histórias com a fotografia, então queria que essas imagens tocassem diferentes emoções. Há fotos onde as mulheres estão incríveis, poderosas e orgulhosas — e outras que capturam os momentos sutis e desconfortáveis de trabalhar no set de um vídeo de rap.

Toda produção de um vídeo é voltada à criação de um cenário, um visual – mas muito disso é falso, com a utilização de armas falsas e carros alugados.

É tudo fumaça e espelhos.

Publicidade

Brian Finke / Courtesy of ClampArt, New York City

Brian Finke / powerHouse Books

Publicidade

Esse livro surgiu a partir do meu trabalho editorial — a "W Magazine" me enviou ao Coachella para fotografar uma festa na piscina oferecida pela Rihanna, e eu imediatamente me apaixonei por esse universo. Para mim, a ideia de fotografar os bastidores desses vídeos era incrível.

Trabalhei com um diretor de elenco aqui em Nova York e tive acesso aos sets onde suas modelos trabalhavam. As fotos desse livro documentam os bastidores de quando esses clipes estão sendo filmados.

Trata-se de artistas de nível A, B e C — desde produções de altíssima qualidade até as mais simples. Ambas as extremidades do espectro proporcionaram imagens diferentes e únicas.

Brian Finke / Powerhouse Books

Publicidade

Brian Finke / Courtesy of ClampArt, New York City

Brian Finke / Powerhouse Books

Como fotógrafo, sou sempre muito direto e me apresento. Eu sempre digo às pessoas o que estou fazendo. Ainda assim, encontrei vários obstáculos ao longo desse projeto, que é a natureza do mundo dos vídeos de rap.

Tudo sempre acontece de última hora, e você nunca tem certeza do que esperar até aparecer no set.

Brian Finke / Powerhouse Books

Brian Finke / Powerhouse Books

Eu não descreveria minhas fotos como voyeurísticas. Para mim, é importante estar entrosado com o momento, para fazer com que você, como espectador, sinta-se como se estivesse realmente presente. Sou bastante discreto na minha abordagem física. Deixar as coisas se desdobrarem e acontecerem é importante para o meu trabalho.

Brian Finke / Powerhouse Books

Você pode comprar uma cópia do livro "Hip Hop Honeys" no site powerhousebooks.com.

A tradução deste post (original em inglês) foi editada por Luísa Pessoa.