Estas marcas sabem a importância da diversidade e se opõem à LGBTfobia e ao PL 504

Empresas protestam contra projeto de lei que tenta barrar a presença de LGBTs na publicidade e terá votação retomada nesta quarta-feira (28)

Dois homens se beijam atrás de uma bandeira do arco-íris
Dois homens se beijam atrás de uma bandeira do arco-íris

Paulo Pinto/Fotos Públicas

Nesta quarta-feira (28), a Assembleia Legislativa de São Paulo retoma a votação do PL 504, projeto de lei que tenta barrar a presença de LGBTs na publicidade.

Para a deputada Marta Costa (PSD), membros da comunidade LGBTQIA+ são má influência e promovem sexualização precoce. Não precisamos nem dizer que isso é um grande absurdo, né?

Aqui tem algumas razões ÓBVIAS para esse projeto terrível não ser aprovado.

Mais do que normalizar a LGBTfobia em dos países em que mais se mata LGBTs em todo o mundo, o PL 504 dá uma bela demonstração da preocupação de certos políticos. Em plena pandemia, com quase 400 mil mortos, faltando vacina, há quem se preocupe em perseguir gays, lésbicas, bissexuais, transgêneros, interssexuais e vários membros da comunidade.

Para nossa sorte, várias empresas decidiram se manifestar contra esse absurdo. Afinal, elas sabem que má influência é ser preconceituoso. Vamos aproveitar e celebrar algumas das marcas que deram um belo exemplo de respeito à diversidade? Partiu.

Publicidade

A Coca-Cola entendeu que LGBTs também amam refrigerantes.

E a gente há de celebrar a derrota desse projeto terrível bebendo uma Coca geladinha.

O Burger King sabe que LGBTs têm fome de respeito.

E adoram um bom lanche também, vamos combinar? Dividir um pacotinho de fritas com o mozão <3

Publicidade

Parceiro de várias Paradas do Orgulho LGBTQIA+, Doritos fortaleceu a causa.

Saudades daquela versão arco-íris de Doritos, né minha filha?

O Boticário veicula publicidade com a presença de LGBTs desde 2015.

Linda essa campanha de Dia dos Namorados, né? “O Boticário entende que sua comunicação precisa ser plural e abrangente para retratar toda a diversidade de um povo igualmente diverso como o brasileiro”, disse o diretor de comunicação e marca, Gustavo Fruges, em entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo".

Publicidade

A Glambox sabe que o mundo fica mais bonito quando está colorido.

Afinal, quem não gosta de um creminho, um bom perfume e uma maquiagem, hein?

A Natura acredita que a diversidade deixa o mundo mais bonito.

A diversidade é linda!

Publicidade

Já a Avon tá on na luta contra o preconceito!

Ela já garantiu muita make para curtir momentos felizes juntos, né?

A Uber quer seguir dando carona para o amor.

Quantas histórias, amizades e paixões começaram numa chamada de aplicativo, hein?

Publicidade

A Unilever sabe que está presente nos lares de muitos LGBTs.

E a gente vai consumir produtos de higiene e limpeza ainda mais felizes!

E o Mercado Livre quer um futuro de mais tolerância.

E liberdade para fazer nossas comprinhas sem medo de julgamentos!

Publicidade

A Mastercard não faz distinção e acredita numa sociedade igualitária.

Uma certeza: a vergonha de apoiar o PL 504 não será passada no crédito ou no débito. Arrasou, Mastercard!

A LATAM sabe que já uniu muitos amigos e casais da comunidade com seus voos.

Relacionamentos à distância agradecem. <3

Publicidade

E a Max Milhas garante passagens para os próximos destinos - depois da pandemia!

Viajar com o mozão e os amigos para celebrar o orgulho e a delícia de ser quem é.

O pessoal do Quinto Andar já deu um lar para muitos casais da comunidade LGBTQIA+.

Imaginando a quantidade de samambaias e bandeiras de arco-íris nas salas da galera.

Publicidade

A galera da NBA sabe que o esporte é um espaço importante de inclusão.

Depois dessa, vamos marcar uma partidinha de basquete?

A Lu da Magalu segue uma fada sensata.

Zero defeitos.

Publicidade

A Claro vai continuar ajudando todo mundo a se comunicar com os crushs.

Nosso pacote de dados tá garantido!

E a Nestlé sabe que não há nada mais gostoso que o amor.

Manda foods!

Publicidade

A CNN Brasil acredita que o jornalismo ajuda a construir um mundo mais justo.

A comunidade LGBTQIA+ também é notícia. E denunciar os abusos contra ela é um grande serviço.

A gente também não podia ficar de fora.

O Buzzfeed Brasil é contra qualquer topo de preconceito e a-do-ra celebrar o amor.

Publicidade

Quer argumentar contra esse projeto absurdo com aquele parente chato?

Esse time de influenciadores te ajuda. ;)

Portanto, vamos prestigiar as marcas que acreditam em um mundo mais justo?

E abaixo a LGBTfobia!

Publicidade