Estão chamando a Britney Spears de "Rainha Comunista" depois que ela convocou greves e redistribuição de riqueza

"Quem precisa de forquilhas quando se tem LANÇAS ("spears" em inglês)?!"

Enquanto pessoas célebres continuam fazendo declarações irresponsáveis e TikToks irritantes ostentando suas riquezas e privilégios, Britney Spears continua sendo um grande raio de esperança.

"Britney Spears oferece ajuda para fãs com dificuldades por conta do coronavirus"

Publicidade

Mas a Britney foi além.

Jive

A Britney repostou uma imagem no Instagram pedindo explicitamente a redistribuição de riqueza e greves de trabalhadores.

"Durante esse período de isolamento nós precisamos de conexão mais do que nunca. Escrevam cartas de amor virtual. Tecnologias como comunicação virtual, streaming e transmissão são parte da nossa colaboração à comunidade. Vamos aprender a beijar e segurar uns aos outros por essas ondas da web. Vamos alimentar uns aos outros, redistribuir riquezas, protestar."

A imagem foi originalmente criada por Mimi Zhu.

Publicidade

Ela até a legendou com rosas vermelhas, que são um símbolo do movimento social-democrata.

"Participação atravessa paredes"

De Mashable:

A rosa vermelha "sempre foi um símbolo importante com associações antiautoritárias", bem visível nas primeiras celebrações de Primeiro de Maio no século 19 e mais tarde adotada por partidos social-democratas nos Estados Unidos e em outros países.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Alguém até fez uma versão "Britney" do Hino Nacional da União Soviética.

Publicidade

Este post foi traduzido do inglês.

Publicidade

Leia mais

Na França, Britney Spears vai inaugurar sua primeira exposição de arte

Escrito por Matt Stopera • há 2 anos

Coronavírus: qual a diferença entre isolamento e quarentena?

Escrito por Gaia Passarelli • há 2 anos

24 fotos que mostram as pessoas falhando miseravelmente no distanciamento social contra o coronavírus

Escrito por Gabriel H. Sanchez • há 2 anos

Veja também