Emily em Paris deveria se chamar Madeline em Paris e aqui está a prova

Assistir à chefe de Emily conquistar Paris daria uma série muito mais divertida na segunda temporada.

Primeiro: Kate Walsh é uma deusa.

Sempre serei apaixonada por Lily Collins, mas até mesmo ela parece uma mera mortal perto da beleza de Kate, que tem um ar hollywoodiano, desafiador e ao mesmo tempo doce.

Kate Walsh / Via instagram.com

E é uma atriz incomparável.

Você já deve ter visto sua atuação em “The Umbrella Academy” e“Fargo”. A sua performance como Addison Montgomery em “Grey’s Anatomy” foi tão incrível que rendeu 6 temporadas de “Private Practice".

Kate Walsh / Via instagram.com

Publicidade

Madeline teria que enfrentar situações REALMENTE desafiadoras.

Ser uma mulher no mercado de trabalho é sempre desafiador. Ainda mais depois de ter filhos! Gostaria muito de assistir Madeline desconstruir vários estereótipos e mostrar que, apesar dos obstáculos, é possível ser mãe e profissional.

Kate Walsh / Via instagram.com

E alguns clichês poderiam ser explorados.

Netflix

Darren Star (o criador da série) teria a oportunidade de se reinventar para descontruir o clichê da mulher de sucesso que consegue equilibrar todos os aspectos da sua vida. Também seria incrível ver uma mulher no auge da maternidade experimentar também a sua sexualidade. Imagine só ver Madeline falhar, se decepcionar com o sonho de morar em Paris e ainda assim, aprender com isso.

Publicidade

O antagonismo de Sylvie ganharia um novo significado.

Netflix

Ao invés da história batida de juventude x experiência, teríamos duas mulheres maduras se enfrentando em uma batalha de egos e intelecto. Não sei você, mas acho isso muito mais interessante do que ver uma mulher mais velha disputar a atenção de um homem com alguém mais nova.

Sim, Madeline ainda poderia interagir com os outros personagens.

Netflix

Ao tirar o protagonismo de Emily, não vamos desaparecer os favoritos dos fãs. Gabriel poderia ser mais do que um interessante romântico e se tornar um porto seguro para Madeline durante a gravidez. Camille poderia ser seus olhos e ouvidos em Paris! E algo me diz que Mindy, com sua experiência de vida, teria muito mais o que conversar com Madeline.

E Emily ainda poderia ser parte da narrativa como a assistente jovem e divertida. Todos ganham!

Publicidade

Os looks da série seriam ainda melhores!

Nos poucos minutos em que Madeline está em cena, podemos ver que ela é uma mulher prática e elegante. E alguém com o seu cargo tem a capacidade de se vestir como uma modelo da Vogue.

Kate Walsh poderia estar ao lado de Sarah Jessica Parker no hall das maiores fashionistas da TV. Afinal de contas, ninguém sai de moda apenas porque passou dos 20.

Kate Walsh / Via instagram.com

Enfim, o anúncio da segunda temporada de "Emily em Paris" me dá esperanças de que um dia poderemos ver um spin-off de Madeline.

Netflix

Afinal de contas, não seria a primeira vez que Kate ganha a sua própria série por ser extremamente talentosa.

Publicidade

E você, o que acha?

Deixe a sua opinião nos comentários!

Leia mais:

Quem é você na série Emily em Paris?

Escrito por Camila Sa • há 10 meses

Classifiquei os looks de Emily em Paris do mais brega ao mais chique

Escrito por amandatavares • há 9 meses

O criador de Emily em Paris revelou seus momentos favoritos da série

Escrito por Shyla Watson • há 9 meses

10 Perfis no Instagram para quem amou Emily em Paris

Escrito por amandatavares • há 10 meses

Publicidade

Veja também