Conheça as meninas por trás do meme "ai misericórdia"

Ela acabou pendurada no suporte de TV.

Há 5 anos

O vídeo foi publicado pela Lilyanna, e mostra sua filha Yasmin e sua prima Ketilly brincando em uma cama, até que algo parece ter dado meio errado.

Um pouco antes, a pequena Yasmin, de sete anos, contou no Instagram da sua mãe que em breve ia postar um vídeo muito engraçado e que "parecia uma pegadinha, mas aconteceu de verdade".

Publicidade

Em entrevista ao BuzzFeed Brasil, Lilyanna nos contou que Yasmin é doida por fazer vídeos, especialmente em um aplicativo chamado musical.ly. Naquele dia combinou com a prima de gravar um vídeo fazendo uma mágica.

"Ela gosta de fazer musica.ly, de dançar, e adora ver vídeos no YouTube. E elas gostam de brincar de fazer vídeos para colocar no musica.ly ou no YouTube", diz.

O Musica.ly é uma plataforma de vídeos rápidos, como era o Vine. As pessoas postam vídeos de brincadeiras, dublando músicas, etc. E é ali que Yasmin e sua prima adoram mostrar suas artes.

Reprodução

Inclusive está ali a obra prima delas, em destaque.

Publicidade

Lilyanna conta que o que Ketilly tenta falar no começo do vídeo "olha a mágica dela", mas acaba falando "marshmallow".

"A Ketilly queria falar 'olha a mágica dela!' porque a Yasmin disse que ia fazer uma mágica, mas na hora de falar ela falou 'olha o marshmallow dela'", diz.

Mas a "mágica" não deu muito certo e Yasmin ficou PENDURADA em um suporte de TV.

"A Yasmin tem uma mania de brincar de cabeça pra baixo, se pendurando ou pulando na cama igual cama elástica", conta.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Segundo Lilyanna, as meninas são muito novinhas para entenderem a dimensão do vídeo, mas já sabem que ele está por toda parte.

"Eu não sei explicar o que está acontecendo, eu não imaginaria que isso estaria acontecendo, eu postei normal, era uma publicação normal, eu nunca imaginar que ia ter essa repercussão toda", fala a tia sobre seu vídeo.

Publicidade

Veja também:

Nada supera a sinceridade desta criança que não fez a tarefa da escola

13 crianças brasileiras que merecem o troféu de mais vida loka

Veja também