Como planejar um cardápio semanal e cozinhar bem a semana inteira

Com planejamento, sem preguiça.

Há um ano

Apesar de saber cozinhar, eu sou preguiçosa até quando é para cozinhar só para mim. Nunca fui adepta de marmitas congeladas, sempre que posso faço uma receita mais elaborada, e nesses dias de confinamento entendi que é preciso programar melhor minhas refeições. Isso tem três razões:

1 - Não dá para ficar saindo para ir ao mercado/feira o tempo todo.

2 - É preciso se programar para ter e usar alimentos frescos.

3 - Não quero acabar o meu suado dinheirinho com comida de delivery.

Fiz uma pesquisa para me ajudar a organizar melhor as minhas compras, receitas e refeições. E essas são as dicas que mais tem me ajudado nessa missão:

Publicidade

1. Definir a quantidade de comida que preciso preparar.

Tbralnina / Getty Images

Meu foco são nas refeições maiores (almoço e jantar) e por isso tento programar três receitas que vão me render pelo menos quatro porções cada uma, assim consigo variar almoço e jantar sem repetir exatamente a mesma coisa no dia seguinte!

2. Antecipar qual será o cardápio da semana.

Caymia / Getty Images

Por exemplo:

Estrogonofe de frango com arroz integral e brócolis

Nhoque de batata com molho a bolonhesa

Kibe assado de abóbora e ricota

+ alguma verdura que já deixo lavada e guardada num saquinho.

Publicidade

3. Determinar quanto tempo quero/posso passar cozinhando.

Monkeybusinessimages / Getty Images

Por exemplo:

1h: Estrogonofe de frango com arroz integral e brócolis: enquanto preparo o estrogonofe, cozinho o arroz e já deixo o brócolis refogado.

40 min: Nhoque de batata com molho a bolonhesa: enquanto preparo o molho, coloco as batatas pra cozinharem. Depois, enquanto o molho vai cozinhando, termino a massa do nhoque, cozinho e os dois terminam o preparo juntos.

50 min: Kibe assado de abóbora e ricota: hidrato o trigo, separo os ingredientes, monto e levo pra assar.

4. Escolher as receitas que quero preparar, prestando atenção na quantidade de porções que ela rende.

Semenovp / Getty Images

Geralmente eu escolho receitas que incluam uma boa variedade de legumes e verduras. Incluir elementos frescos nas suas refeições é bom para sua saúde e também para o bolso: evita que você esqueça comida na geladeira!

Publicidade

5. Considerar o armazenamento.

Jamesmcq24 / Getty Images

O ideal é que você tenha potes que possam ir direto ao microondas. Se não, invista em saquinhos com fecho próprio para alimentos e que possam ser lavados e reutilizado. Também é importante anotar quando foi preparado antes de congelar, assim você não corre o risco de perder comida.

6. Estabelecer uma rotina para o preparo de refeições.

Ridofranz / Getty Images

Durante a semana vou sempre anotando as coisas que sinto vontade de fazer. Separo as receitas, anoto as quantidades de tudo que eu preciso e sigo pro mercado focada.

Publicidade

7. Varie os temperos para descobrir novos sabores!

Threeart / Getty Images

A dica mais importante nessa história toda: variar os temperos! Cebola e alho são sempre lembrados e com razão, mas eles dois podem estar sendo os responsáveis pela monotonia na sua cozinha. O que pode estar faltando pra dar um toque de comida de restaurante pode ser um salsão, um alho-poró ou uma cebolinha fresca pra servir no prato. Alecrim no arroz, manjericão no feijão, sálvia no frango... praticamente todas as feiras tem a banquinha das ervas e te aconselho demais passar aí pra conhecer: um maço fresco (que você pode deixar secando para guardar se não usar tudo de uma vez) costuma custar menos de R$3 e vai abrilhantar seus pratos! Na falta de feira, procure pelos temperos secos nos supermercado, eles funcionam bem, duram mais e também custam pouco.

Aqui vai uma receita do Tasty Demais para te inspirar:

Publicidade

Leia mais

11 livros de receitas fáceis para você cozinhar horrores

Escrito por Gaia Passarelli • há um ano

Se você chegar até o final desse teste, você entende mesmo de cozinha

Escrito por Luisa Oguime • há um ano

12 receitas fáceis para quem tem preguiça de cozinhar

Escrito por Luisa Oguime • há 2 anos

Revele seus hábitos na cozinha e diremos quantos % pistola o Jacquin ficaria com você

Escrito por Matheus Saad • há 2 anos

Veja também