Você não precisa se doar o tempo todo

E isso não quer dizer que você seja insensível.

BuzzShe
A colunista Stella Yeshua deitada em um tecido vermelho
A colunista Stella Yeshua deitada em um tecido vermelho

É um saco entender esse momento de tédio mundial com todas as problemáticas que temos enfrentado durante a pandemia. Imagina ter que provar, competir ou justificar coisas para pessoas próximas que desdenham de toda a nossa entrega e desvalorizam qualquer atitude? Pois é. Acontece muito. Talvez você também viva uma situação parecida.

Teoricamente, o óbvio seria descartar essa galera e com muito carinho arremessar todos no mar do esquecimento. Mas e quando essa pessoa é um parente, um boy ou um amigo de anos? É justo poupar quem fala sobre os nossos defeitos na lata só pra manter uma boa relação? Talvez não seja.

Publicidade

Portanto, aqui vão 5 dicas pra você largar de ser besta e saber como agir nessas situações:

Publicidade

1.Tirar um tempo pra você sem incluir o outro não significa que você o ame menos. A pessoa que não entende que você precisa do seu espaço não deve ser considerada fofa ou super cuidadosa. Isso é tóxico. Não se doar não quer dizer que você seja insensível.

2. Terceirizar opiniões é uma forma de depender do que o outro pensa. Sorrir para tudo pode te fazer chorar uma hora.  

Publicidade

3. Não sinta culpa por escolher você. Seja protagonista dos seus planos sem o peso de incluir o outro. Tá tudo bem em ficar só às vezes.

Publicidade

4. Parar a vida para ser a amiga terapeuta nem sempre é o ideal, principalmente quando não estamos disponíveis para entender o problema alheio. Sensibilidade para ouvir é necessário, porém, não é uma obrigação. Respeite seu silêncio.

5. Aprenda a dizer NÃO.

Publicidade