Coisas legais para você experimentar em março

Tem gibi dos X-Men, aspirador robô e hamburguer!

Coisas que experimentamos
Coisas que experimentamos

BuzzFeed Brasil

Livro "Homens Pretos (Não) Choram"

capa do livro "Homens Pretos (não) Choram" de Stefano Volp
capa do livro "Homens Pretos (não) Choram" de Stefano Volp

Amazon Brasil

Você sente segurança ao lado de um homem que chora? Quando um homem demonstra uma emoção para você, você ri ou acolhe?

Questões como estas podem ser feitas para qualquer pessoa que ler a obra de Stefano Volp, “Homens Pretos (Não) Choram”, publicado em formato digital após crowdfunding, em dezembro de 2020.

O livro é uma série de crônicas idealizadas e escritas durante um período de isolamento social por conta de uma pandemia global, onde a intersecção entre etnia negra e gênero masculino é respeitada e fácil de ser compreendida.

Durante as crônicas são retratadas situações cotidianas da nossa geração ou da geração dos “nego véio”, como a vida sem uma referência masculina, a escolha de palavras e roupas, a - falta de - relação com a religião, a simpatia como resposta ao preconceito, o entregar sempre mais trabalho para superar a falta de capital social para se obter resultados.

A mensagem transmitida na leitura é que mesmo em meio ao mais profundo caos, é possível ser quem se é realmente. É uma boa leitura para se abrir a mente com narrativas leves e atraentes.

— Aquiles Filho

Publicidade

Aspirador de pó robô da Midea.

Gaía Passarelli/BuzzFeed Brasil, Gaía Passarelli/BuzzFeed Brasil, Gaía Passarelli/BuzzFeed Brasil

A Midea, que fabrica aparelhos de ar-condicionado, aspiradores e adegas, entre outras coisas, nos enviou para testar um aspirador de pó robô, desses com sensor automático que nos acostumamos a ver nas redes sociais.

É um aparelho e tanto. Leve porém com uma aparência bem resistente, ele ficou aqui na minha casa recolhendo pêlo de gato (eu tenho três!) do chão pelo menos uma vez por dia, e segurou bem a tarefa. Como não tenho tapetes ou carpetes, a função de passar pano úmido no chão (veja na foto: os pedaços de tecido podem ser encaixados na parte debaixo do robô) é perfeita pro meu apartamento, e eu entrei numa rotina de colocar ele pra limpar a sala enquanto eu tomava café da manhã, e começar o dia com a casa sem poeira – moro na região central de São Paulo e a poeira constante é uma realidade.

Uma das coisas mais legais é que você não precisa se preocupar com bateria: quando está perto da hora de descarregar, o robô vai até a base e encaixa sozinho para receber carga. Além disso, o aparelho tem um filtro que é super fácil de esvaziar Aqui em casa como a combinação poeira e pêlo é real, eu precisei limpar o filtro pelo menos uma vez por dia, o que é muito simples, porque o robô avisa quando está cheio: é uma questão de abrir, jogar a poeira mo lixo e colocar de volta, apenas.

Grau de dificuldade de uso: NENHUM! Eu teria um desses em casa com toda certeza. Como em outros aparelhos do tipo, o preço é meio salgado: R$1.099,99 no site da marca (lojas como Amazon, Magalu e afins também oferecem, com preços parecidos!) então é uma questão de pesar o quanto ele te ajuda na rotina da limpeza da casa.

Pra quem está pensando em investir num desses, só um toque: recolha fios e cabos antes de liberar o aspirador pra um rolê pela casa. Vai te economizar um trabalho.

Gaía Passarelli

Hamburguer de frango crocante do Giraffas.

Hamburguer do Giraffas
Hamburguer do Giraffas

BuzzLuisa Oguime/BuzzFeed Brasil

Experimentei o novo sanduíche de frango crocante do Giraffas. Ele vem SUPER recheado com o frango empanado em tiras, maionese e uma saladinha de repolho roxo, alface e cenoura. Espero não ser censurada falando que achei ele enorme e delicioso. Eu costumo comer pouco, então só comi pouco mais da metade do sanduíche, e as batatas ficaram de lanche da tarde. A salada veio fresquinha e o frango não estava duro ou passado do ponto. Só o sanduíche por R$14,90 vale muito a pena e enche bem o buchinho.

Luisa Oguime

Publicidade

Coisas que testamos
Coisas que testamos

BuzzFeed Brasil

Wattpad

Faraway Wanderers de Tian Ya Ke no WattPad
Faraway Wanderers de Tian Ya Ke no WattPad

Kettyane Silva/BuzzFeed Brasil

Uma coisa que a pandemia agravou foi a minha impaciência com leitura. Tentei comprar livros, mas acabei lendo todos mais rápido do que minha conta bancária fica vazia logo após o dia de pagamento. Buscando alternativas para diminuir gastos e continuar praticando o hábito de ler, voltei a usar o Wattpad, o site e aplicativo onde você pode escrever e ler histórias, poemas, contos e etc.

Com conteúdos em mais de 50 línguas, dá pra encontrar muitas traduções que ainda não existem em editoras nacionais, porque muitos estudantes de línguas usam o Wattpad para praticar tradução.

Pra quem é, assim como eu, muito fã de novels e fanfiqueiros, essa é uma ótima alternativa ao Kindle, porque você pode encontrar histórias originais e surpreendentes entre os mais de 90 milhões de escritores, desde iniciantes até famosos. Alguns que eu sigo/gosto: BlanchePotterMalfoy, OnlyMiss_Sw, amendoline, HENGGO, Estrela_So.

Se não sabe por onde começar, existe um ranking diário feito pelos leitores. Depois da primeira leitura você recebe indicações de histórias que possa gostar e opções de categorias novas. Outra coisa legal é poder comentar as histórias e assim criar diálogos com outros leitores.

Kettyane Silva

Publicidade

Coisas que compramos
Coisas que compramos

BuzzFeed Brasil

Sérum Retinol-Like da Simple Organic.

Guta Batalha/BuzzFeed Brasil

Como qualquer mulher que enfrenta acne adulta, o ácido retinóico virou meu melhor amigo. O problema é que minha pele é bem sensível e tive que ir criando certa resistência a ele para poder usar.

O ácido retinóico tem origem animal, coisa que eu nunca tinha parado para pensar. Mas essa versão da Simple Organic tem uma fórmula vegetal que imita a ação do ácido retinóico, que é mais gentil que o ácido e, claro, é vegana.

Ele custa R$145,00, que não é barato mas ainda assim é mais em conta do que outras marcas, e como você usa apenas algumas gotas, dura meses. Eu adorei o resultado, tem me ajudado muito a manter a pele sem cravos e ainda é um baita antioxidante que ajuda nas linhas de expressão que já estão por aqui. Mulheres de pele acneica 25+, vale o investimento!

— Guta Batalha

Publicidade

Quadrinhos "House of X / Powers of X".

Matheus Saad/BuzzFeed Brasil, Matheus Saad/BuzzFeed Brasil, Matheus Saad/BuzzFeed Brasil

Eu adoro os filmes da saga "X-Men", porém nunca tinha lido um quadrinho sobre as histórias dos mutantes. Aliás, eu nunca tinha lido nenhum quadrinho de herói em toda minha vida! Isso acabou quando eu resolvi comprar o volume único de "House of X / Powers of X", que são duas minisséries lançadas pela Marvel em 2019. Eu não sabia direito por onde começar porque já são infinitos gibis que abordam o mundo dos mutantes, mas após pesquisar na internet, vi que essa saga mais recente era uma bom ponto de partida para quem ainda não conhecia nada da história.

Sobre a experiência de ler quadrinhos pela primeira vez, posso dizer que adorei. Para mim, é um jeito totalmente novo de consumir narrativas. Confesso que em alguns momentos fiquei um pouco confuso e tive que buscar informações extras na internet, mas nada que atrapalhasse a experiência. A trama presente em "House of X / Powers of X" me prendeu desde o começo, porque além da história ser muito legal as ilustrações são simplesmente belíssimas. Como era minha primeira vez lendo quadrinho, resolvi fazer a estreia em grande estilo e comprei essa edição bonitona de capa dura.

Ela é importada e custou R$223,99 na Amazon. Sim, é cara, mas foi um presente que me dei de aniversário (e devemos considerar que essa edição traz vários gibis em um volume só). Porém, se você não quiser gastar tanto ou quiser adquirir apenas o primeiro pra saber se vai gostar, é possível comprar tudo separadamente (e em português) diretamente no site da Panini, que é quem publica os quadrinhos aqui no Brasil. Lá, cada volume custa em torno de R$25.

Em resumo, eu gostei tanto que eu e meu namorado já compramos o volume seguinte, "Dawn of X", mas vou deixar pra falar dele em um próximo "Testamos".

Matheus Saad

Caneta para cutícula UB Beauty.

Renata Vargas/BuzzFeed Brasil, Renata Vargas/BuzzFeed Brasil

Tenho cutículas muito grossas, então, desde muito novinha, criei o hábito de cuidar delas. Acontece que desde março do ano passado, quando começou a pandemia, eu não vou à manicure, e esse pequeno prazer que era fazer as unhas acabou sendo suspenso. Então, a gente se vira com o que pode, né? Venho tentando me adaptar a uma vida sem retirar as cutículas, o que de acordo com muitos dermatologistas é o mais saudável a se fazer, visto que as cutículas existem para proteger as unhas da entrada de bactérias e sujeira que podem atingir a matriz ungeal, bem onde se formam as unhas.

Antes mesmo dessa nova rotina, eu já usava um produto que, até então, servia para a manutenção entre uma sessão de manicure e outra, daquelas peles fininhas que levantam dos lados das unhas. E agora esse produto tem sido minha religião! É uma canetinha que tem na composição óleos vegetais ricos em ômega 6, 9 e vitaminas A, B e E e óleo de Argan, que hidratam e, com o uso contínuo, afinam as danadas das cutículas.

Existem três tipos das canetas: a Prime Cuticule Intensive, a Prime Cuticule Premium e a Prime Cuticule Restauration. A minha preferida é a Intensive (de tampinha azul), que é a mais hidratante e ajuda muuuito a regenerar as pelinhas ásperas. Elas foram criadas pela Dani Honorato (do Instagram @unhabonita), que dá muitas dicas de cuidados com as mãos e unhas.

Já testei muitos produtos (muitos mesmos) para hidratar e cuidar das cutículas, e esse é, de longe, o mais prático e funcional de todos. Parece mesmo uma canetinha, dessas de escrever. Só que quando você aperta a ponta, sai um líquido (bem pouco oleoso, mas muito hidratante) que dá uma aparência de unhas recém feitas.

Verdade seja dita; barata ela não é: cerca de R$70. Mas rende muuuito (cerca de quatro meses), e olha que eu uso umas duas vezes por dia, todos os dias. Hoje, eu vivo pra passar a palavra dessas canetinhas pras amigas!

— Renata Vargas

Publicidade