10 celebridades brasileiras que se assumiram bissexuais

E vamos celebrar o orgulho!

Essa é a bandeira do movimento e para mostrar que existem pessoas bissexuais, a gente lista algumas celebridades brasileiras assumidas.

Publicidade

1. Anitta

"Quando fiquei com uma menina pela primeira vez, aos 13 anos, contei para minha mãe, e ela agiu como se fosse um grande nada, e teve a mesma reação ao descobrir dos meninos. Na minha casa, não ligam se estou com homem ou mulher. Não faz diferença" , disse ao jornal O Globo.

2. Richarlyson

"Cara, eu sou normal, eu tenho vontades e desejos. Já namorei homem, já namorei mulher, mas e aí? Vai fazer o quê? Nada. Vai pintar uma manchete que o Richarlyson falou em um podcast que é bissexual. Legal. E aí vai chover de reportagens, e o mais importante, que é pauta, não vai mudar, que é a questão da homofobia. Infelizmente, o mundo não está preparado para ter essa discussão e lidar com naturalidade com isso", em entrevista ao Podcast "Nos Armários dos Vestiários".

Publicidade

3. Fernanda Souza

"Se conhecer e acolher cada descoberta sobre si, é um processo enriquecedor e transformador. É ser quem se é. É viver o que se quer. Somos muito gratas por termos

nos encontrado nesse caminho lindo que se revelou pra nós…", escreveu, ao postar foto com sua namorada, Eduarda.

4. Jão

"Todo mundo sabe que eu já namorei meninos. Todo mundo sabe que já namorei meninas. Talvez as pessoas não saibam porque não me acompanham o suficiente", falou no programa "Prazer, Luísa".



Publicidade

5. Camila Pitanga

"Agora, mais do que nunca, fomos convocados a não abrir mão da liberdade, seja a minha, a de quem me cerca, seja a de quem pensa diferente de mim. Quando pessoas acham que têm autoridade para serem preconceituosas, sem pudor, a gente não pode recuar. Não dá para abrir espaço para o obscurantismo e o julgamento dos outros. Nada como ter a idade que tenho para entender que a minha vida ou quem eu amo não tem a ver com o outro. Não se trata de um panfleto ou lição de moral para ninguém. É só o meu modo de viver, de amar e existir. Se respeitarmos um ao outro, teremos uma vida mais interessante, mais plural", disse para a revista Claudia.

6. Daniel Lenhardt

"A minha ideia é que um dia eu posso sentir atração por mulher e, outro dia, eu posso sentir muito bem atração por homem. Não vou me privar dessas minhas atrações, do que o meu coração sente, porque a gente não sente o que tem aqui embaixo, mas sim no coração da pessoa".

Publicidade

7. Alanis Guillen

"Sou muito sincera comigo e com as pessoas com quem me relaciono. Eu me interesso pela troca, pelos diálogos. O corpo é uma matéria: eu vou para alma. Entendo minha sexualidade como fluida".

8. Eric Surita

"Eu vou relatar uma experiência pessoal que realmente eu pensei muito antes de falar isso. Pai, você se lembra quando eu assumi a minha bissexualidade, você me mandou embora de casa, eu tive que passar dois anos fora de casa, que ele não aceitou", revelou em 2020.

Publicidade

9. Ana Hikari

"Acho que não descobri que eu era bi, porque não é sobre descoberta. A gente sente, né? Sabe o que é. Não sei explicar direito, eu sou isso. A descoberta que tive foi muito menos sobre quem eu sou e muito mais sobre entender que o mundo tem que aceitar. Apesar de falar muitas vezes que não é OK ser o que sou, ele está errado. Sou o que sou, e é super normal", contou ao GShow.

10. Aline Wirley

"Sou bissexual. Me descobri. Um dia olhei para uma mulher e fiquei: 'ué?'. Na verdade, foi um amor por aquela pessoa que brotou. Vivi uma história de amor muito linda com ela. Foi há muitos anos", disse no podcast de Kelly Key.

Publicidade

Veja também