Brasil fechará fronteiras a 6 países da África por causa de nova variante

Medida visa prevenção contra cepa ômicron, detectada na África do Sul.

Edilson Rodrigues/Agência Senado

A partir da próxima segunda-feira (29), o Brasil estará de fronteiras fechadas para passageiros oriundos da África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue. A medida, anunciada ontem pelo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, visa proteger o País da entrada da nova variante da covid, identificada no país sul-africano.

Nova variante foi batizada de "ômicron".

PhonlamaiPhoto/Getty Images

Ontem, a OMS classificou a variante ômicron como "preocupante" por causa do grande número de mutações que ela carrega, o que torna, até o momento, impossível afirmar se as vacinas desenvolvidas contra a cepa original da covid vão funcionar tão bem contra a nova variante.

Publicidade

Medida contraria fala de Bolsonaro.

Reprodução/Youtube

Na sexta-feira, pela manhã, o presidente Jair Bolsonaro disse a apoiadores que fechar fronteiras aéreas por conta da nova variante do coronavírus seria ineficaz. "Que loucura é essa? Você não vai vedar [a entrada do vírus], rapaz. Quer dizer, fechou o aeroporto, o vírus não entra? O vírus já está aqui dentro. [...] O Brasil não aguenta mais um lockdown. Vamos tomar medidas racionais", afirmou.

Publicidade

Veja também