Beyoncé incomoda muita gente

Por que ninguém comenta da fortuna bilionária de Jeff Bezos?

Durante essa semana Beyoncé se juntou com Jay-Z para uma sessão de fotos luxuosa, onde o casal posou com uma das joias mais exclusivas do mundo, o diamante amarelo de 128 quilates que se chama Tiffany.

Foto: Divulgação/ @mason.poole | Beyoncé e Jay-Z 

Tal jóia nunca foi usada pela marca Tiffany & Co para campanhas publicitárias e a diva pop acabou entrando para a história como uma das 4 mulheres e inclusive a única mulher negra a posar com o colar. 

Diante a divulgação dessa campanha chamada “About Love”, Tiffany & Co afirmou em parceria com Beyoncé e Jay-Z que doará US$ 2 milhões (R$ 10,7 milhões na atual cotação) aos programas de bolsas e estágios de Faculdades e Universidades Historicamente Negras (HBCUs). No entanto, quando se trata de personalidades negras como protagonistas, sempre surgem as problematizações ou os comentários desnecessários.

Publicidade

Esse questionamento nos faz entender que tal fala do dramaturgo chega ser ainda mais contraditória, sendo que na maioria das telenovelas a qual ele foi autor nunca tivemos atores negros como protagonistas.

Aparentemente Aguinaldo Silva deve desconhecer o que de fato é a elite branca e as múltiplas ações ou projetos sociais que Beyoncé e Jay-Z financiam. Inclusive em Setembro de 2020 o casal foi responsável por doar aproximadamente R$ 5,3 milhões para empresários negros que possuem pequenos negócios nos Estados Unidos.

As conquistas individuais de Beyoncé e Jay-Z não são diretamente responsáveis pelas maiores mazelas e problemas sociais que enfrentamos no mundo hoje e nem tão pouco é deles a responsabilidade de subverter a lógica do racismo estrutural. O ideal não é que tenhamos “PRETOS NO TOPO”, pois sabemos que se existe um topo, significa que deve existir abaixo outras pessoas pretas e minorias sociais para servir quem ascendeu na sociedade. 

Porém cabe a nós, entendermos toda a complexidade do capitalismo e analisar a lista dos maiores bilionários do mundo: quantos deles são negros e como conquistaram suas fortunas? Não pretendo de forma alguma romantizar a existência de pessoas bilionárias enquanto outras pessoas no mundo afora vivem com fome, de fato não deveria existir bilionários, mas é importante compreendermos como o racismo age em meio esse contexto. 

Aguinaldo Silva e tantas outras pessoas brancas não estão acostumadas a verem negros ascenderem socialmente e se incomodam com isso, mas sequer problematizam as fortunas de Jeff Bezos ou Elon Musk. Bem como, busca também promover a mudança efetiva de representatividade negra nas telenovelas brasileiras.

Publicidade

Poder ver um casal negro como Beyonce e Jay-Z a frente de uma campanha de joias rompe com o conceito de representatividade e nos faz enxergar enquanto indivíduos e protagonistas de nossas próprias histórias.

Foto: Divulgação/ @mason.poole | Beyoncé e Jay-Z 

Contudo, a ascensão dessas personalidades é um símbolo da autonomia que nos fois roubada por décadas e décadas de escravidão e é mais do que legitimo podermos posar com uma das joias mais exclusivas do mundo. E sim, a elite branca vai ter de aprender a lidar com isso. 

Veja também