Autocuidado não é só skincare

Conheça ações de cuidado que vão muito além das rotinas de beleza e da positividade tóxica da internet.

BuzzShe

Durante a pandemia da Covid-19 estamos lidando com muitos dilemas pessoais, com as nossas inseguranças, com uma conjuntura política complicada e com as incertezas sobre o amanhã. Todo esse processo de isolamento social acabou nos forçando a refletir mais sobre autocuidado, e o aumento nas buscas do Google pelo termo "skincare" nos últimos 12 meses demonstra como os cuidados com a pele vêm se tornando cada vez mais popular entre os brasileiros.

A indústria de cosméticos e beleza está em constante desenvolvimento. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria e da Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), houve um aumento de 92,8% no volume de vendas de máscaras faciais de janeiro a maio de 2020, em comparação com o mesmo período em 2019. Toda essa busca por produtos e por conhecimento sobre o assunto nos faz refletir sobre o que realmente é o autocuidado.

Publicidade

Vários frascos de produtos para skincare.
Vários frascos de produtos para skincare.

Getty Images

Precisamos compreender que o autocuidado está além da comercialização de produtos cosméticos, da rotina de skincare e da positividade tóxica presente nas redes sociais. Como a própria palavra diz, "autocuidado" pode ser definido como um conjunto de ações que as pessoas praticam para cuidar de si e promover uma melhor qualidade de vida. Sendo assim, as formas de praticar o autocuidado são diversas e o que é cuidado para mim, pode não ser o mesmo para você.

Publicidade

Eu compreendo os momentos de autocuidado como todos os minutos que eu dedico somente a mim mesma. Desde aquela sessão de terapia, o momento que assisto a série que amo ou o meu banho diário, estou promovendo ações de cuidado com meu corpo e mente, afinal o autocuidado está além das aparências.

Mulher tomando um banho de banheira.
Mulher tomando um banho de banheira.

Getty Images

Publicidade

Ter uma pele sem espinhas, acnes, marcas de envelhecimento ou olheiras, com um corpo magro e todo malhado, não é sinônimo de autocuidado na maioria das vezes. A nossa saúde não pode ser expressada unicamente na aparência física que apresentamos aos outros, pois ainda que nosso corpo esteja visivelmente bem, podemos estar mal por outro lado e com a saúde mental extremamente debilitada.

O universo do autocuidado é múltiplo, repleto de possibilidades e não se resume a quem possui uma rotina de skincare. Enxergar outras formas de se cuidar no seu dia pode ser um caminho difícil, por isso finalizo este breve texto te apresentando rituais acessíveis de autocuidado.

Publicidade

Menina sentada em uma janela lendo um livro.
Menina sentada em uma janela lendo um livro.

Getty Images

Dedique sua atenção ao momento presente.

Seja durante o trabalho, enquanto você come algo ou escova os dentes, busque se atentar mais às práticas do seu cotidiano, pois essa simples ação de observar e analisar seu dia a dia ajuda a cuidar da gente.

Publicidade

Escreva sobre o que você sente.

A escrita é uma ferramenta capaz de nos ajudar a repensar nossas emoções e sentimentos. Busque se conectar com você colocando no papel o que está vivendo hoje ou sonha viver algum dia, escreva palavras soltas, frases, e explore novas possibilidades de se expressar.

Ilustração de uma mulher escrevendo em um notebook. Ela está em um sofá acompanhada de um gatinho.
Ilustração de uma mulher escrevendo em um notebook. Ela está em um sofá acompanhada de um gatinho.

Getty Images

Publicidade

Escute o seu corpo.

Para muitos, a ação de criar um canal de escuta consigo mesmo é uma tarefa difícil, mas confesso que não é algo impossível. Busque reservar uns minutinhos para ouvir o que seu corpo diz e entender o que você precisa para estar bem ou para assumir suas dores.

Tem dias que não tá tudo bem, e tá tudo bem.

A sensação de tristeza é tão importante e necessária quanto os momentos de alegria, pois nos ajuda a manter o equilíbrio do corpo e mente. Então, se não estiver se sentindo bem, assuma esse sentimento e não se force a “ficar bem”.

Publicidade

Imagem de uma mulher abraçando a si mesma.
Imagem de uma mulher abraçando a si mesma.

Getty Images

Tome um banho mais relaxante.

Durante o momento do banho, a nossa mente é invadida por pensamentos, lembranças e diversas informações. Busque tornar essa prática diária mais relaxante ouvindo uma música, experimentando óleos essenciais e até novas formas de enxugar o seu corpo após o banho.

Publicidade

Cuide da sua saúde mental.

O CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) oferece atendimentos psicológicos totalmente gratuitos através do SUS. Nesse centro você vai ver que os tratamentos podem ser específicos para a sua necessidade, sendo você adolescente ou adulto. Centros universitários espalhados pelo Brasil também oferecem atendimento gratuito.

Ilustração de uma pessoa em uma sessão de terapia.
Ilustração de uma pessoa em uma sessão de terapia.

Getty Images

Publicidade

Veja mais:

13 de maio: o dia da falsa abolição

O que esperar da última temporada de 'Pose'?

Veja também