Alguns remédios podem diminuir SIM o efeito da pílula anticoncepcional

Antibióticos, por exemplo.

O que acontece é que os antibióticos afetam a capacidade do corpo absorver os hormônios do anticoncepcional, cortando sua eficácia.

Prettyvectors / Getty Images

O antibiótico age sobre a flora intestinal, e isso mexe com o aproveitamento dos remédios que forem tomados junto com eles.

Publicidade

O Ministério da Saúde também recomenda tomar cuidado com outros remédios.

1. Os antiretrovirais, como os que se tomam para HIV, diminuem a eficácia da pílula.

Thomas Faull / Getty Images

E nesse casos também é importante usar junto outro método para prevenir a gravidez. Camisinha é sempre uma boa ideia, pois é fundamental para prevenir DSTs.

Publicidade

2. Os anticonvulsivantes, entre os quais alguns remédios receitados para alterações de humor e bipolaridade.

handymartian / giphy / Via media.giphy.com

Snao eles a carbomazepina, a primidona, a difenil-hidantoina e os barbitúricos.

3. Os antifúngicos, por exemplo para micose ou pé-de-atleta, também estão na lista.

Evgeny Sergeev / Getty Images

O Ministério da Saúde lista em especial a grisofulvina, vendida também com o nome de Fulvin.

Publicidade

Ah, e quem fez cirurgia bariátrica também precisa prestar atenção: seu corpo tem menos capacidade de absorver medicamentos.

Gabriella Sanchez / Giphy / Via media.giphy.com

Por isso, para quem fez a cirurgia é sempre melhor evitar tomar dois tipos de medicação ao mesmo tempo.

Então já sabe: é bom ter aquela camisinha amiga com você!

Lightfieldstudios / Getty Images

E não custa dizer que é bom ter ela à mão de qualquer forma, né? Assim você deixa as DSTs bem longe da sua vida.

Publicidade

Veja também:

12 coisas que você precisa saber sobre a pílula do dia seguinte

Risco de trombose por pílula em mulheres sem histórico familiar é menor que 1%

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

Veja também