Algumas pessoas não merecem criar filhos: aqui estão 35 exemplos de pais e mães tóxicos para provar

"Não é fofo brincar dizendo que sua filha só vai começar a namorar quando tiver 30 anos."

O usuário do Reddit u/afku0t perguntou quais são os piores exemplos de criação de filhos que podem ser prejudiciais às crianças, e as respostas foram reveladoras. Aqui estão algumas coisas muito nocivas que alguns pais e mães fazem com os filhos:

Aviso: Algumas respostas incluem temas como abuso verbal, violência física, transtornos alimentares e automutilação. Leia com cautela.

1. "Se fazer de vítima quando algo dá errado. A criança terá uma reação similar quando enfrentar algum problema, e isso não é nada produtivo."

u/[deleted]

"Sim, minha mãe é bem assim. Ela nunca admite que está errada e distorce tudo para parecer que a culpa é minha. E, se discuto a respeito disso, ela me considera 'infantil'. Ela é mestre em manipulação emocional e gaslighting e acaba com toda confiança que eu possa ter."

u/PeanutButter707

Publicidade

2. "Não deixar os filhos expressarem as emoções. Eu não podia chorar ou ficar visivelmente triste e, por muito tempo, isso me forçou a criar maus hábitos de enfrentamento, então comecei a coçar a pele até sangrar ou puxar meus cabelos. Ainda não consigo lidar bem com conflitos."

u/akraft96

"Isso acabou comigo por muuuuito tempo. Eu era punida constantemente por ficar chateada. Me desculpe se gritar comigo não funcionou e eu nunca consegui lidar melhor com as minhas emoções... Aos 30 anos, ainda estou tentando consertar isso. Tipo, eu fico tremendo e choro com qualquer conversa sobre conflitos. É uma merda."

u/TheLoveliestKaren

"Quando eu era criança, chorava muito. Meus pais diziam que eu chorava por qualquer coisa. Acho que eu sentia muita raiva e, quando me diziam para não ficar com raiva, eu ficava com raiva comigo mesmo por não conseguir fazer o sentimento passar. Então, engolia tudo e, quando algo me causava uma emoção forte, eu chorava. Isso me fazia sentir ainda pior, acabava com minha autoestima. Ainda não sei como lidar com essas emoções fortes, além de me isolar e proteger os outros de mim até eu melhorar."

u/walnut_rune

3. "Criar regras inconsistentes, tipo quando um dos pais diz: 'Sem X até você terminar Y', e não aplicar isso. Se você não quer dizer de verdade, não diga. Se você, como pai, não tem disciplina para fazer valer as regras que cria, como pode esperar que seu filho aprenda algo positivo sobre disciplina ou regras?"

u/DentedAnvil

"Meu pai sempre pedia para eu fazer alguma coisa e, quando eu me levantava para fazer, ele dizia que não precisava ser exatamente naquele segundo. Então, eu sentava e esperava um pouco antes de fazer o favor, mas aí ele ficava bravo comigo por não ter feito antes."

u/_svenjolly_

Publicidade

4. "Controlar cada coisinha que os filhos fazem. A minha experiência chegou a um nível de isolamento total: eu não podia ir para a escola (eles me tiraram de lá para me ensinar em casa), ir para o pátio ou visitar amigos sem um responsável presente até os 18 anos de idade."

u/10CloverfieldPain

"Aos 18 anos, meus pais não queriam que eu dirigisse depois de anoitecer. Quando fui morar no meu próprio apartamento e dirigi de volta para casa depois de um dia de Ação de Graças, eles ficaram morrendo de medo. Tenho 30 anos agora e, sempre que viajo sozinho, eles me ligam a cada 15 minutos. Tenho que explicar para eles que é mais perigoso ficar atendendo as ligações deles do que dirigir sozinho."

u/thsfghfh

"Pessoas com ansiedade são o produto de pais assim, porque precisavam ir da escola direto para casa, não podiam comparecer a festas e eram forçados a ter os hobbies dos pais, e não os próprios interesses. Os pais precisam aprender que os filhos devem viver as próprias vidas e, em vez de tentar proteger a infância a todo custo, as crianças precisam aprender com as próprias experiências, mesmo quando são dolorosas. Algumas crianças entram na vida sem nenhuma habilidade e só se fodem."

u/Boomerwell

Will Smith in his "Parents Just Don't Understand" music video
Will Smith in his "Parents Just Don't Understand" music video

Jive

Publicidade

5. "Humilhar os filhos por cometerem erros, como molhar a cama, derramar líquidos, etc. As pessoas erram o tempo todo, e as crianças devem saber que não tem nada de errado em cometer deslizes às vezes."

u/krys678

"Concordo muito. Minha mãe ficava tão brava comigo quando eu fazia xixi na cama. Comecei com 8 anos e continuei até os 12 (pelo menos três vezes por semana). Aos 9, comecei a me levantar, trocar o colchão, os lençóis e pijamas, lavar e secar, tudo sozinho. Limpava tudo sem acordar minha mãe, pois ela ficava muito chateada toda vez que acontecia. Isso se tornou muito vergonhoso para mim e acabei virando uma criança muito discreta e introvertida. Criei um desejo infinito de ser perfeito e me xingava muito (na minha cabeça) sempre que cometia algum erro, principalmente quando molhava a cama, chorando e acabando com a minha autoconfiança."

u/volcom2096

"Se eu derrubava um copo ou derramava alguma bebida, nunca era considerado acidente. Meu pai me fazia acreditar que eu estava maltratando minha mãe ao fazer isso. O som de louça quebrando faz meu coração disparar até hoje."

u/heythere30

6. "Forçar o filho mais velho a esperar um certo tempo antes de dar algum luxo a ele, e não fazer o filho mais novo esperar o mesmo tempo pela mesma coisa. Isso ensina que o mais novo é o favorito e traz muito ressentimento tanto em relação aos pais quanto ao irmão."

u/BoxofLazers

"Meu deus, essa era uma das minhas maiores reclamações na infância! Eu era o mais velho de três irmãos e sempre tinha que esperar com paciência chegar a uma idade arbitrária que meus pais inventaram, mas permitiam que os mais novos fizessem mais cedo! Eu não podia assistir a filmes com restrição para menores de 13 anos até os 13 anos, sem exceções. Era muito constrangedor não poder ver os filmes que todos meus colegas tinham visto. Aí, quando finalmente fiz 13 anos, minha irmã mais nova, aos 8 anos, pôde ir comigo assistir a um filme para maiores de 13. Fiquei furioso."

u/ivebeen_there

Publicidade

7. "Fazer os filhos comerem 'todo o prato' sempre, independentemente se estão com fome ou não. Isso acaba fazendo com que se sintam julgados por comer demais ou de menos. É uma maneira certeira de incentivar um transtorno alimentar desde cedo."

u/crsuperman34

"Meus pais faziam isso comigo. Eles repartiam as porções (todos ganhavam a mesma quantidade), e eu nunca conseguia comer tudo. Mas sempre ganhava a mesma quantidade. Eu comia e tentava esconder o fato de que estava quase passando mal por comer demais. Não diria que estou com sobrepeso, mas com certeza não estou abaixo do peso, e meus pais sempre jogam isso na minha cara."

u/Daniel_De_Bosola

8. "Achar que o filho é seu terapeuta. Em geral, a criança quer fazer os pais se sentirem melhor e pode ser um ótimo apoio emocional, então é fácil. Mas a consequência acontece depois de uma ou duas décadas. Você é quem precisa apoiar seu filho, não o contrário."

u/singularjame

"Sim. Não há nada de errado em conversar sobre as preocupações (desde que o filho tenha idade para entender), mas jogar todos os problemas nele é desgastante e causa muito estresse desnecessário à criança."

u/honeymilkteas

"O termo para isso é 'parentificação'. Quando aprendi sobre isso, alguns anos atrás, muitas coisas começaram a fazer sentido na minha vida. Fico feliz por ter consultado um psiquiatra infantil que conseguia dizer para minha mãe parar com isso. Mas, claro, só um ano depois de me transformar no terapeuta diário dela. Ele disse para ela parar, e ela até parou até certo ponto. Ela até ouvia quando eu dizia que não conseguia lidar com os problemas que ela tinha com o meu pai. Agora consegui lidar com a maior parte disso, mas estragou meu relacionamento com o meu pai mais do que imaginava."

u/vizard0

Publicidade

"Procure ajuda!"
"Procure ajuda!"

"Procure ajuda!"

Fox

9. "Ter uma dinâmica em que um pai exerce rigidez, enquanto o outro exerce gentileza. Era sempre meu pai que ficava bravo quando eu fazia algo com confiança e ele achava que eu estava errado. Quando me xingavam ou eu começava a chorar, minha mãe me confortava e me pedia para perdoar meu pai em silêncio por sua atitude de merda e temperamento curto. Cresci com muito ressentimento pelo meu pai e sempre busquei minha mãe por conforto sem perceber que ela só piorava as coisas.

Agora, quando meu pai fica bravo comigo, machuca muito, pois sinto que tenho que aguentar. E quando fico bravo com minha mãe por me tratar como uma criança indefesa o tempo todo, sinto que estou sendo agressivo demais com ela e acabo pedindo desculpas."

u/Tornado_Turtle

Publicidade

10. "Fazer provocações sobre estarem apaixonados. Adolescentes já se sentem inseguros e bobos, então é como chutar um homem morto. Pode ter um efeito profundo e atrasar e estragar a confiança deles em relacionamentos românticos."

u/FalstaffsMind

"Isso me fodeu e pode ser a causa de todos os meus problemas de relacionamento. Afastei muitas mulheres queridas no ensino médio, pois tinha vergonha e medo do que meus pais (e irmãos) diriam. Meus pais e meus irmãos mais velhos costumavam se juntar contra mim e me provocar sem limites quando suspeitavam que eu gostava de alguém."

u/themanfrommars101

"Meus pais faziam isso comigo, o que não evitou que eu tivesse relacionamentos, mas sempre mantive as coisas em segredo. Eu mentia e dizia que estava na casa de um amigo quando ia visitar meu namorado da época. Não me afetou depois de adulta e, desde os vinte anos, me abri a respeito dos parceiros que tive, mas parte de mim se pergunta se é por isso que minha irmã nunca teve um namorado (ou teve, mas não contou para ninguém)."

u/ilikecocktails

11. "Achar que o único valor do filho está em suas conquistas. Quantas 'crianças prodígio' que você conheceu no ensino básico agora têm uma saúde mental péssima? Provavelmente muitas."

u/[deleted]

"Eu era uma 'criança prodígio'. Não estudava muito, mas ainda era o melhor aluno. Não aprendi a me esforçar no que fazia, e todos diziam que eu era inteligente e que seria médico ou teria alguma outra profissão que exigisse muito estudo. Comecei a faculdade ano passado, e agora não consigo mais tirar boas notas. Estou procurando um caminho mais fácil agora."

u/Great-Gardian

"Sim, eu sou assim. Tive vários maus professores no ensino fundamental que acabaram com o meu amor por aprender. Meus pais não aceitavam isso e continuavam me pressionando, não me deixavam parar para respirar. Depois, sofri de burnout no ensino fundamental e médio, e faz pouco tempo que minha mãe pediu desculpas pela forma como me tratou: 'Eu achei que se continuasse te pressionando, tudo voltaria a ser como era."

u/bobbery5

Publicidade

12. "Tratar crianças como se fossem inferiores. Todos são pessoas e, em geral, têm uma capacidade de inteligência similar. Seus filhos não são mais burros que você e não precisam atingir certa idade arbitrária para serem iguais a você. O único motivo pelo qual eles não sabem tanto quanto você é por não estarem vivos há tanto tempo e não terem as mesmas experiências de vida. Você não precisa se fazer de burro para lidar com crianças. Só precisa ter uma abordagem que faça sentido para elas no momento de vida em que estão."

u/astaten0

13. "Dizer 'porque eu mandei' ou 'porque eu sou sua mãe/seu pai' para finalizar uma conversa. Tipo, obrigado pela falta de sentido lógico."

u/User_identificationZ

"Você esqueceu dos que falam 'eu te dou um teto'."

u/3nd3rWiggins

"A pior coisa é quando você e seus irmãos aprendem a apresentar argumentos lógicos por que as coisas precisam acontecer como uma contramedida para 'porque eu mandei' e, então, a resposta vira 'mas mesmo assim não deixo'. Isso pode realmente acabar com a sua confiança nos pais. É uma resposta que faz parecer que eles não se importam com os seus sentimentos, pois não podem nem gastar um segundo para se esforçar (ou até inventar) um motivo. Quando a criação deixa de ser baseada em educação e lições de vida e passa a ser uma ditadura, as coisas dão errado."

u/Caitsyth

Publicidade

"Porque eu mandei"

HBO

14. "Dar atividades demais para os filhos. Existe uma pressão para que seus filhos façam muitas atividades em casa ou na escola, tarefas extras e esportes, etc. Algumas delas são ótimas, é claro, e é sempre bom dar acesso à criança para que se desenvolva ou encontre um interesse. Mas, muitas vezes, isso vai longe demais. Algumas pessoas não deixam a criança descansar ou relaxar sem que esteja fazendo algo educativo ou produtivo. Acho que isso cria adultos estressados que nunca sentem que o que fazem é bom o suficiente. Suspeito que esse também seja um dos fatores por trás de colapsos mentais. Aprender a relaxar também é uma habilidade de vida."

u/Waitingforadragon

Publicidade

15. "Punir a criança sem conversar sobre a situação. A criação de um filho leva tempo e, se você não conversar com ele, não vai fazer um bom trabalho. 'Você fez isso: o que estava pensando quando fez isso? Qual é a sua perspectiva? Ok, agora entendi o que aconteceu. Como você poderia ter lidado com isso de outra maneira?'. Perguntas assim (converse, não dê um sermão unilateral) ajudam a encontrar uma maneira melhor. Certifique-se de que seu filho saiba que você o ama e que você está do lado dele. Fazer coisas certas é coisa de adulto."

u/Suuperdad

16. "Ficar colado no telefone em vez de estar presente quando seu filho está empolgado com algo. Crianças exploram o mundo e fazem descobertas o tempo todo, e esses momentos são perfeitos para aumentar a autoestima, encorajá-los e dizer como são inteligentes e maravilhosos. Não há nada mais frustrante do que descobrir algo novo e entrar em encrenca por isso."

u/pplslamp420

"Eu também diria 'menosprezar os seus interesses'. Minha mãe reclama que sente como se não me conhecesse mais, pois nunca ligo ou compartilho o que acontece na minha vida. Não compartilho mais nada com ela, pois ela zomba do que eu gosto e me chama de 'estranha'. Quando criança, ela era cética em relação aos meus interesses e me causava medo, dizendo que ia tirá-los de mim. Eu escondia meus livros e desenhos dela por medo do que diria.

Meu pai era o oposto, sempre teve interesse nos meus hobbies quando era criança. Ele me levava para ver os filmes que eu queria e sabia mais sobre Pokémon do que qualquer cara de 50 anos deveria saber. Meu relacionamento com meu pai é ótimo, e eu amo compartilhar coisas com ele, pois podemos rir juntos."

u/TheRedMaiden

Publicidade

17. "Tratar a criança como se ela nunca fosse crescer e se tornar um adulto e experienciar coisas de adultos. Você deve ensiná-la sobre sexo seguro, proteção e consentimento, e não agir como se eles nunca fossem transar. Não é fofo brincar dizendo que sua filha só vai começar a namorar com 30 anos. Tipo, como você fez filhos?"

u/dontwantanaccount

"A conversa sobre sexo que tive com a minha mãe consistiu em ler um livro sobre menstruação que ela me deu na 4ª série. Meus pais surtavam e cobriam a televisão quando algo vagamente sexual estava passando. Agora tenho 27 anos, nunca transei e não sei como entrar em um relacionamento de forma saudável. Ano passado, me dei conta de que eu deveria conseguir fazer coisas adultas sem me sentir 'suja'."

u/surelyunsure3

"Minha mãe sempre me humilhava por gostar de meninas e ficar perto delas. Ela tentou me fazer parar de sair com uma amiga aos 14 anos, porque 'ela parecia uma menina que tentaria fazer sexo só por diversão'. A ideia de sexo me interessava, mas eu sabia que era jovem demais para isso. O comentário dela me fez sentir nojo. Ela não me deixava comparecem a aulas de educação sexual na escola, mas eu falsifiquei a assinatura dela no ensino médio e, por sorte, aprendi sobre isso."

u/MormonBikeRiding

treinador Carr de "meninas malvadas" dando aula de educação sexual
treinador Carr de "meninas malvadas" dando aula de educação sexual

"Não faça sexo, porque você vai engravidar e morrer."

Paramount Pictures

Publicidade

18. "Não deixar seu filho ficar com raiva. Vejo isso acontecer com filhos de amigos ou parentes. As crianças ficam com raiva, reagem, e o adulto logo diz algo como: 'Comporte-se'. Crianças também ficam bravas, e é necessário ensiná-las a expressar e lidar com isso para que façam parte da sociedade civilizada."

u/emilita29

"Meu pai via os filhos fazendo coisas mínimas tipo revirar os olhos para os pais e dizia que se eu fizesse isso, ele me levaria para fora e me bateria até eu entender que aquilo era errado. Então, eu só olhava para baixo, ficava quieto e evitava tudo por ter medo. Ele se perguntava por que eu sempre parecia estar pronto para apanhar quando ele gritava comigo."

u/Bread_the_TrashPanda

"Sim! Meu pai tinha uma regra de que tudo que você passou durante o dia deveria ficar fora de casa. Então passei a vida toda reprimindo as coisas até acumular e explodir. Precisei de muita terapia para chegar aonde cheguei, e não estou nem perto de onde poderia estar por controlar minhas emoções. Eles foderam comigo."

u/vampirecacti

19. "Ficar em um relacionamento sem amor 'por causa das crianças'. Em primeiro lugar, seus filhos sabem que você está infeliz e, em segundo lugar, você quer que eles aprendam sobre relacionamentos com você. Você quer que eles tenham um relacionamento como o seu ou que sejam felizes e saudáveis?"

u/hytone

Publicidade

20. "Se gabar pelas conquistas do seu filho o tempo inteiro para outras pessoas, mesmo se a criança não sentir orgulho delas. Isso estraga a experiência, e as outras pessoas podem fazê-lo sentir medo de ficar no centro das atenções. A conexão com os pais também pode parecer mais superficial."

u/dzyrider

21. "Demonstrar desinteresse nos hobbies e só apoiar o que acham que 'vale a pena'. Eu fazia muitas coisas diferentes quando era criança e estava me conhecendo, assim como a maioria delas. Meus pais pararam de ir aos meus shows, porque 'a banda não era muito boa' e aos jogos de futebol, porque só perdíamos. Me lembro de me xingarem por perder tempo com esportes por não ganhar. Também me disseram que fazer teatro na faculdade não valia a pena, pois não era uma carreira 'estável'. O único incentivo que recebi foi para estudar.

Quase uma década depois que saí da universidade, sem uma carreira de verdade, após tentar fazer duas faculdades, penso que gostaria de ter buscado algo que eu gostasse de verdade. Em vez disso, larguei duas faculdades, porque achei que não 'valiam a pena'."

u/PirateGoesYar

Publicidade

22. "Não dar senso de responsabilidade aos filhos. Minha mãe (com quem morei a maior parte da infância) não fez nada para nos preparar para o mundo real. Não pedia para a gente cozinhar, limpar, fazer o dever de casa ou escovar os dentes. Só comecei a aprender a fazer essas coisas sozinha aos 13 anos, porque meu pai decidiu me mostrar. Essas coisas parecem simples, mas quando você cresce sem aprender a ter responsabilidade, alguns hábitos, como limpar a casa ou escovar os dentes, podem se tornar desafiadores."

u/Generous_lions

Beverly Goldberg de "The Goldbergs" ajudando o filho em provador
Beverly Goldberg de "The Goldbergs" ajudando o filho em provador

"Preciso dessa calça em um tamanho maior para meu garotinho."

ABC

Publicidade

23. "Ignorar totalmente o que a criança tem a dizer. Se meus pais e eu discutíssemos sobre algo e, no final das contas, eu estivesse certo, a resposta deles era: 'Você está sendo desrespeitoso, está de castigo'. Isso faz você se sentir como se impor não valesse a pena, quando, na verdade, as crianças devem aprender a confiar em si e nos próprios pensamentos."

u/Buttscopecopilot

"Isso é muito minha mãe. Ela ama manipular. Ou ela muda de assunto para algo aleatório ou vai para o extremo oposto e diz que tudo que ela faz é errado."

u/alblaster

"Uma vez, quando minha mãe brigou com meu irmão, minha avó disse a ela: 'Nunca peça desculpas a crianças!', o que é tão errado. Crianças são tão humanas quanto adultos."

u/[deleted]

24. "TRATAR OS FILHOS COMO MOEDA DE TROCA EM UM DIVÓRCIO. NÃO ensine seus filhos a odiar o pai ou a mãe! Meus pais passaram por um divórcio tão complicado que saiu no jornal. Minha mãe tratava eu e minha irmã como propriedade, não como crianças. Ela tentava nos ensinar a odiar nosso pai, e eu passei anos influenciada por isso. Quando morei sozinha, já adulta, percebi como tudo isso foi errado. Por sorte, meu pai é a melhor pessoa do mundo. Infelizmente, demorei mil anos para perceber isso. Isso estraga as crianças por anos, dá problemas de autoestima, afeta o crescimento emocional e dá a elas uma perspectiva cínica da vida. Não faça isso."

u/vasaryo

Publicidade

25. "Fazer piadas sobre a criança não tirar 10 nas tarefas da escola. Apesar de ser bom você querer que ela seja bem sucedida e aprenda facilmente, não significa que elas realmente estejam aprendendo. Além disso, faz parecer que nada do que fazem é bom o suficiente e causa um desejo constante de validação em tudo que fazem."

u/loiwhat

26. "Comprar coisas para deixar seu filho feliz. Cara, não quero que seus presentes ou que você use isso contra mim. Só quero poder conversar com alguém e ser honesto."

u/zuuuuuuuz

Publicidade

27. "Dizer para a criança que ela pode ser honesta e falar a verdade, mas surtar quando isso acontece."

u/dc5trbo

"Uma vez, quando eu tinha uns 8 anos, minha mãe acusou meu irmão e eu de roubarmos uma fatia de pizza que era dela. Nós não roubamos, então, é claro que negamos. Aí ela ameaçou pegar o cinto. Nós continuamos negando, então ela começou a bater com o cinto cinco vezes até que eu 'confessei' ter roubado a pizza. Recebi mais algumas chicotadas e fiquei de castigo no quarto por uma hora.

Mais tarde, quando meu pai voltou do trabalho, ela me fez confessar a ele que havia roubado a pizza dela e mentido a respeito. Aí ele disse que não era possível, porque ele levou a pizza para o trabalho. Minha mãe não pediu desculpas e meu pai não concordou em como aquela situação se desenrolou, mas esse tipo de coisa aconteceu muitas vezes."

u/The_cogwheel

"Por que você não me contou?"

Netflix / Pop

Publicidade

28. "Ficar obcecado demais em dinheiro, e não aproveitar os filhos. Nós éramos de classe média baixa, mas minha mãe sempre ficava tão obcecada pelo preço de tudo que isso fodeu com a minha cabeça (e com tudo). Apesar de agora eu ser de classe média e estar confortável, ainda me pego focando no preço de tudo. Não consigo comprar nada sem promoção, embora possa comprar. Tenho dificuldade em jogar coisas fora porque gastei dinheiro com elas ou porque elas poderiam ser reutilizadas de alguma forma."

u/usehernamechexout

29. "Não dar privacidade para os filhos. Só por serem crianças, não significa que sejam uma extensão de você e que não possam ter segredos e uma vida pessoal."

u/marshroom7

Publicidade

30. "Usar os filhos para fazer piadas, tipo dizer ou fazer algo para que eles reajam e entretenham pessoas."

u/Redbronze1019

"Meu pai sempre fazia isso comigo quando estávamos com a família dele. Agora, todos ficam se perguntando por que não vou mais às reuniões de família."

u/JWALKER843

31. "Estabelecer um limite de tempo nos eletrônicos e, quando o tempo acabar, verificar o que a criança fez no dispositivo. Ganhei um tablet aos 12 anos, e meus pais ficavam bisbilhotando sem me contar e ficavam bravos e me castigavam sem falar o que eu tinha feito 'de errado'. Acabava deletando, escondendo e fazendo coisas escondido."

u/neekqueenash

Publicidade

32. "Proteger os filhos até que eles fiquem desconectados do mundo."

u/hansindediino

"Isso é muito importante. Tenho uma amiga de 25 anos que tem medo de TUDO, porque os pais dela nunca deixavam ela sair de vista. Eu a convidei para ir a um bar a cerca de 5km de onde moramos, e ela disse que a mãe não a deixaria ir, porque era longe demais. Ela nunca saiu sozinha, foi a uma faculdade perto de casa e não pode namorar. É comovente testemunhar isso, pois, embaixo de toda essa desconexão do mundo real, ela é uma boa pessoa."

u/dragkingbaby

"Conheço um cara de 25 anos que cobre os braços há três anos para que a mãe não veja suas tatuagens. Ele quase fechou os braços com tattoos e ainda esconde."

u/Vapenayshion

"Tá bom. Pode trazê-lo."

Summit Entertainment

Publicidade

33. "Assustar os filhos para que façam algo. Meus pais costumavam fazer isso o tempo todo, principalmente com provas. Se eu dissesse à minha mãe que não estava muito confiante, ela ficava brava e dizia: 'Não é minha culpa se você não estudou o suficiente. Você vai ser um fracasso e nunca vai conseguir um bom emprego'. Isso me assustava e, assim, fui mal na escola até o último ano do ensino médio. Ela deveria ter me dito que falhar é a melhor maneira de crescer e que mesmo se não passasse em uma prova, tudo bem. Por sorte, meu pai me ensinou isso. Meus pais tinham maneiras de criação muito diferentes, o que acabou estragando a minha cabeça."

u/Starfall44

34. "Expulsar o filho de casa. Não apenas minha mãe me expulsou aos 15 anos, mas também mentiu para o conselho tutelar e disse que eu não queria voltar. Toda vez que eu tentava, ela não me deixava entrar ou me machucava sem deixar marcas até eu ficar assustado e ir embora. Faz 23 anos, eu me mudo todo ano sem falta e não consigo ficar em só um lugar, pois ainda estou procurando um lar. Toda vez que meu marido e eu discutimos nos primeiros três anos de casamento, eu começava a fazer as malas antes dele me expulsar de casa (o que ele nunca fez). Fico achando que todos querem se livrar de mim quando não sou perfeito e não consigo manter um emprego, porque saio antes de enfrentar alguma rejeição. Quando as coisas não estão 100% na minha vida, fico assustado e fujo."

u/[deleted]

Publicidade

35. E, por último: "Censurar os filhos quando têm opiniões diferentes das suas. Isso em geral faz com que eles não compartilhem seus pensamentos."

u/deria_martell

"Toda vez que meu irmão brigava com a minha mãe (ela que começava), mesmo se ela tivesse errada, dizia algo como: 'Nós te sustentamos, então sua opinião não importa!'. Agora ela se pergunta por que ele não liga para ela ou visita quando não é feriado."

u/niarem22

"Minha mãe sempre me anulava e, depois, ficava se perguntando por que eu nunca me dava ao trabalho de me impor. Tudo que ela fazia era me perguntar sobre trabalho e, se eu falasse que tive uma semana estressante ou algo menos do que perfeito, ela foca nisso e diz que o estresse faz bem para mim. Então, parei de falar sobre trabalho, daí ela passou a reclamar que 'eu não contava nada para ela'.

Eu até perguntei sobre isso para alguns amigos, contei o contexto e as respostas da minha mãe, e eles disseram que seria melhor não contar detalhes super importantes para ela, pois ela não seria uma boa confidente. Às vezes, tento falar sobre séries que assisti, mas ela não assiste às mesmas coisas, então não temos muito assunto. Eu até perguntava se ele já viu alguns programas de televisão, mas ela ficava tão focada na minha escolha de palavras que a conversa se transformava em como eu poderia ter me expressado melhor."

u/SilverNightingale

Robin Williams em "Uma Babá Quase Perfeita" dizendo: "Não faça escândalo"
Robin Williams em "Uma Babá Quase Perfeita" dizendo: "Não faça escândalo"

"Não faça escândalo"

20th Century Fox

Publicidade

Nota: Algumas respostas foram editadas por questões de tamanho e/ou clareza do texto.

Crianças e adolescentes que se sintam incomodados com alguém em suas casas, que estejam sofrendo qualquer tipo violência, se sentindo em risco, ou se testemunharem uma violência: devem pedir ajuda! Isso inclui falar com um adulto em que confia, procurar o Conselho Tutelar mais perto ou ligar no Disque 100, que recebe denúncias anônimas sobre violência contra crianças e adolescentes.

Publicidade

Este post foi traduzido do inglês.

Veja também