Algumas das homenagens mais bonitas e dolorosas para Marielle Franco

São três anos sem respostas.

BuzzShe

No domingo (14), completaram-se três anos da morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. E muitas perguntas continuam sem respostas.

Nurphoto / Getty Images

Quem mandou matar Marielle e Anderson? Onde está a arma do crime? Por que o caso mudou de delegado três vezes? Por que desligaram as câmeras no trajeto do crime? Por que a Câmara do Rio apagou os registros de visitantes no dia do crime?

Entre a dor e a revolta, muitas homenagens foram prestadas no fim de semana. Abaixo, você vê algumas delas.

Beth Santos/Prefeitura do Rio

Publicidade

A deputada federal Talíria Petrone (PSOL), que era amiga de Marielle, revirou fotos antigas e falou sobre a saudade que sente.

"Tô aqui revirando fotos. Em cada uma, rememorei o que fizemos e conversamos. Que droga de saudade."

Publicidade

A prefeitura do Rio inaugurou uma placa de homenagem nova, já que a última foi destruída por dois deputados do PSL, Daniel Silveira e Rodrigo Amorim.

Beth Santos/Prefeitura do Rio

A nova placa foi inaugurada no último domingo (14) e, para evitar vandalismo, está sendo monitorada por câmeras do COR (Centro de Operações Rio). - Prefeitura do Rio

O metrô de Buenos Aires também prestou homenagem.

Divulgação

A estação Rio de Janeiro do metrô na capital Argentina inaugurou uma placa em memória da vereadora no último domingo (14). A homenagem será permanente e ainda contará com um QR Code para que os transeuntes possam conhecer melhor a história de Marielle. - G1

Publicidade

Mônica Benício, ex-eposa de Marielle, falou sobre o que foi deixado pela vereadora: o legado, a inspiração e a saudade.

"Seguimos com o coração desmontado, mas inspirados pela energia de amor e alegria que ela nos deixou. Seguimos para que ninguém esqueça, para que não se silencie, para que nunca se repita! Ela foi porque nós somos. E nós somos porque ela sempre será. Sempre. Gigante."

Publicidade

Publicidade

Depois de três anos, um crime continua sem resposta. E todos querem saber: quem mandou matar Marielle e Anderson?

Publicidade