Algumas coisas básicas sobre o feminismo que faz bem saber em 2019

Para ser feminista você não precisa "chocar a sociedade", mas a sociedade ainda se choca bastante quando uma mulher simplesmente escolhe ser livre para fazer o que quiser.

1. Feminismo não é o oposto de machismo.

Feminismo não significa querer a superioridade das mulheres sobre os homens, e sim direitos iguais. Mas, como historicamente a sociedade é patriarcal, para chegar nessa igualdade é preciso lutar pelos direitos das mulheres. Por isso, não faz sentido alguém dizer que não é feminista nem machista porque é a favor "do ser humano", já que feminismo defende exatamente isso.

2. Para ser feminista você não precisa odiar homens.

via GIPHY

Mas se quiser pode! Hahaha. Agora falando sério, ser feminista não significa que você não pode amar homens, ou simpatizar, admirar, ser amiga. O machismo sim, esse é detestável.

Publicidade

3. Ser feminista não é o contrário de ser feminina.

Algumas pessoas usam essas palavras como se fossem opostas, mas isso seria como comparar pêras com laranjas: são duas coisas diferentes que não se excluem. Talvez a confusão aconteça porque o feminismo luta contra a OBRIGAÇÃO de corresponder a algumas exigências, estéticas e de comportamento, para que cada uma possa escolher como quer ser, parecer e agir.

4. O feminismo não quer obrigar ninguém a ficar peluda.

Porém o feminismo quer te dar uma opção. Se não existisse a noção de que mulher PRECISA se depilar para ser socialmente aceitável, você ainda se depilaria? Sim? Show, vai fundo! Mas saiba que com ou sem pelos você continua sendo a mesma pessoa.

Publicidade

5. Você pode ser feminista e ter uma fé religiosa.

A fé está no coração de cada um e, ainda que o feminismo possa fazer você questionar alguns preceitos de algumas religiões, as duas coisas não são incompatíveis.

6. Para ser feminista você não precisa "chocar a sociedade".

Bem, na verdade a sociedade ainda se choca bastante quando uma mulher simplesmente escolhe ser livre para fazer o que quiser. Mas lutar por igualdade de gênero não significa obrigatoriamente tirar a roupa em público nem nada disso, se não for sua vibe.

Publicidade

7. O feminismo não é contra a maternidade.

Muito pelo contrário, o feminismo também luta pelos direitos das mães, sejam elas solo, casadas, parte de uma família tradicional ou não.

8. O feminismo defende que mulheres se apoiem umas às outras (mas você não precisa gostar de todas as mulheres do planeta).

via GIPHY

Uma frase famosa diz que o feminismo é "a noção radical de que mulheres são gente". E bom, gente pode ser boa ou ruim. Mas é importante que, entre mulheres, a gente aprenda a deixar de lado aquels pré-julgamentos machistas como "mulher não é amiga de verdade", "mulher é invejosa", e assim por diante.

9. Você pode ser feminista e usar rosa à vontade.

E azul, e roxo, e tudo o que você quiser.

10. O feminismo não é uma modinha.

Wikipedia / Reprodução

O movimento pela igualdade de direitos existe há séculos. O foco da luta foi mudando ao longo do tempo, e também a forma de se manifestar. Só não mudou a reação dos incomodados e a tendência a tentar desacreditar o movimento chamando as feministas de "loucas", "histéricas", bla bla. Já ouvimos tudo isso antes, queridos.