A verdade é que "Monstros S.A." é uma propaganda comunista disfarçada de animação

Se você ainda não tinha percebido, é só prestar atenção nos detalhes.

Um dos filmes mais lindos da Pixar é o "Monstros S.A.", com toda a fofura da Boo e a graciosidade disfarça de malvadeza na alma dos monstros.

via GIPHY

Caso você não se lembre, "Monstros S.A." conta a história dos monstros Mike e Sullivan, empregados da empresa de energia elétrica para a cidade de Monstrópolis. Eles entram nos quartos das crianças humanas através das portas dos armários dos quartos e usam seus sustos como fonte de energia. Um dia, Sullivan se descuida e Boo, uma humana, passa para o mundo dos monstros por acidente. O filme foi lançado em 2001 e sua continuação, "Universidade Monstros" saiu em 2013.

O que muita gente não percebe é que esta história aparentemente infantil na verdade é uma propaganda comunista disfarçada para mostrar a todos a importância de valorizar o trabalhador.

Disney Pixar/ Reprodução Twitter / Via Twitter: @historianopaint

O alerta foi feito pelo Twitter @HistoriaNoPaint. Nossa equipe de reportagem encontrou discussão idêntica neste post do Reddit.

Publicidade

Pra começo de conversa, os protagonistas são operários e não tem coisa mais comunista que fazer um filme sobre operários mostrando que eles são fofos, gente boa, sorriem o tempo todo e só querem o bem de toda a sociedade.

Reprodução Disney Pixar

Nem tudo é alegria na vida deles, eles têm um chefe, que é nada mais, nada menos, que um burguês insuportável. Waternoose é o CEO da empresa Monsters Inc.

Reprodução Disney Pixar

Olha a cara de quem quer controlar os seres humanos com seu poder de chefe para abusar da boa vontade deles o tempo todo.

Publicidade

Em meio a uma crise de energia em Monstrópolis, o plano maléfico dele é automatizar a produção para ter mais lucro a custo de muita pressão em cima dos empregados, sem pensar no bem-estar deles.

Reprodução Disney Pixar

Inclusive, é por culpa deste burguês que os operários começam a brigar entre si.

via GIPHY

Assim como você e seus parceiros brigando na firma, na escola ou na faculdade. Repare: no fundo é tudo um bando de fudido brigado por causa do chefe.

Publicidade

E o mesmo chefe burguês que expulsa Sullivan e Mike do mundo dos monstros quando o maléfico ser Boo sai da porta do mundo dos humanos.

Reprodução Disney Pixar

Mas eles descobrem que tudo não passava de um plano maléfico arquitetado pelo Waternoose e quem salva a história do filme é o órgão estatal de Monstrópolis. Não tem coisa mais marxista que valorizar o poder do estado sobre a burguesia.

Reprodução Disney Pixar

Publicidade

Por fim, os operários assumem os meios de produção e assim temos uma história genuinamente marxista em um filme da Disney que milhões de pessoas já viram dezenas de milhares de vezes.

Reprodução Disney Pixar

Filme este, ora vejam só, que ganhou um Oscar e rendeu pelo menos 500 milhões de dólares de bilheteria no mundo, de acordo com o IMDB.

Veja também:

A verdade por trás de "Procurando Nemo" vai desgraçar toda sua cabeça

Quantos destes filmes de animação da Disney você já viu?

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

Veja também