A Regina Duarte pode estar 100% errada, mas criticá-la com machismo também está

A atriz apoia o Bolsonaro, mas algumas das críticas que recebeu foram tão machistas quanto alguns discursos dele.

Na semana passada, a Regina Duarte postou esta foto abraçada no Bolsonaro.

Isso não é surpresa para ninguém, ela apoia o candidato faz tempo.

Há dias ela vinha postando imagens que rodam bastante no WhatsApp, como esta comparação simplificada e distorcida entre programas de governo.

O programa de governo de Fernando Haddad diz: "O país precisa olhar atentamente para as experiências internacionais que já colhem resultado

positivos com a descriminalização e a regulação do comércio. É urgente promover políticas consistentes de prevenção da violência, evitando o recrutamento de jovens vulneráveis pelo crime".

Na página 26 do plano de governo de Jair Bolsonaro, citada na imagem, não fala sobre combater a ideologia de liberação irrestrita das drogas e sim sobre países e estados que mais sofrem com a violência ligada ao tráfico, relacionado-os com governos de esquerda e leis sobre posse de armas.

Publicidade

E esta comparação entre salário mínimo e auxílio reclusão, que não faz sentido pois o salário é para um indivíduo e a "bolsa presidiário" vai para a família do preso.

Além disso ele existe desde 1999, ou seja, não foi criado pelo PT.

Por seu posicionamento ela recebeu apoio e também muitas críticas, que infelizmente apelaram para estereótipos manjados, como insinuar que ela tem prazo de validade para se expressar.

Instagram

Publicidade

Além do preconceito com idade, sugerir que uma mulher tem mais é que fazer pornô é um clássico xingamento machista.

Instagram

Também não é legal perpetuar a ideia que uma mulher é louca por fazer algo que não aprovamos.

Instagram

Publicidade

Expor hipocrisia é uma coisa, mas um comentário machista e moralista como este não leva a discussão pra frente.

Instagram

Publicidade

E a página Dilma Bolada criticou a atriz com estas duas imagens lado a lado, dela com Bolsonaro e com Fidel Castro, e uma legenda chamando ela de "apaixonada por coturnos".

Aí, no domingo (14) a Regina Duarte postou um vídeo do Roger Waters, que mandou um #elenão no telão do show em São Paulo, talvez para mostrar que separa trabalho artístico de posição política.

Ela ainda botou vários emojis de gotinhas por causa do sobrenome Waters, águas.

Publicidade

E, aproveitando os comentários sobre o Roger Waters, logo depois fez mais um post chamando de fascistas aqueles que "não toleram quem pensa diferente".

A legenda diz: "Olha que fofo este comentário de uma pessoa que tem uma mente evoluída . Só fascistas não toleram quem pensa diferente deles ".

Veja também:

Você é capaz de identificar fake news?

A surpresa dos fãs do Bolsonaro com o #elenão do Roger Waters divertiu bastante gente

Veja também