A #porramaridos mostrou quão longe estamos de entender e discutir carga mental

A hashtag trouxe histórias de maridos folgados, homens dizendo que nem todo homem e uma problematização que ainda é superficial.

BuzzShe

Na busca por relacionamentos mais igualitários e satisfatórios entre homens e mulheres está começando uma discussão sobre um fenômeno chamado "carga mental".

Rassco / Getty Images

A carga mental seria o trabalho cerebral invisível, constante e inevitável que uma pessoa faz de gestão, organização e de planejamento para as diversas áreas da vida funcionarem.

O problema é que em algumas áreas, como no cuidado com a casa e da criação dos filhos, muitas vezes a carga mental acaba ficando totalmente com as mulheres.

Cada vez menos mulheres trabalham só na casa, assim, a carga mental de uma casa e dos filhos somadas às outras responsabilidades da vida pessoal (sim, ela tem uma!) e profissional acaba deixando essa mulher totalmente sobrecarregada.

Uma vez que a carga mental é invisível e a vida precisa continuar acontecendo, não é incomum que uma mulher sofrendo com falta de reconhecimento, colaboração e pró-atividade de seus companheiros acabe ficando muito, mas MUITO pistola - e muitas vezes nem entenda exatamente o porquê.

Ontem começou a aparecer nos assuntos mais comentados do Twitter a hashtag #porramaridos. Nela mulheres estão expondo comportamentos que beiram o inacreditável de seus atuais e ex-companheiros.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Organizar minimamente a vida escolar dos filhos.

Publicidade

Outras mostraram pouca tolerância a companheiros como os dos relatos.

E culpabilizaram de leve outras mulheres por escolherem parceiros assim.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

A Katarina Holanda cita as tirinhas sobre carga mental da ilustradora francesa Emma.

      

Publicidade

Veja também:

Publicidade

Publicidade

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.