A oitava temporada de "Game of Thrones" finalmente colocou as mulheres no lugar delas

🚨 🚨 AVISO: ESTE POST CONTÉM SPOILERS! 🚨 🚨

Sansa Stark, por exemplo, começou como uma jovem menina que sonhava em se casar com um príncipe e, hoje, é a Lady de Winterfell.

Isadora Manzaro / HBO

Ela foi refém dos Lannisters, casada com homens contra a sua vontade, violentada, manipulada, dentre outras atrocidades. Então, chegamos na oitava temporada e a encontramos lutando para manter sua posição e independência de seu povo, além de atuar como responsável pela administração do Norte todo de Westeros.

Publicidade

Já Brienne de Tarth nos mostrou desde o começo que era uma das melhores guerreiras de Westeros, mas nunca tinha sido levada a sério por ser mulher.

Isadora Manzaro / HBO

Brienne DERROTOU o Cão de Caça, lutou contra dezenas de homens, protegeu Jaime quando ele precisava e ainda cuidou de Sansa nas últimas temporadas, protegendo-a a todo custo. Agora, ela finalmente foi nomeada como a primeira Cavaleira dos Sete Reinos - um título mais que merecido e algumas temporadas atrasado -, quebrando uma tradição machista de séculos!

Gilly começou como uma selvagem presa em uma vida familiar horrorosa e agora é uma guia e inspiração para outras mulheres nos tempos de guerra!

Isadora Manzaro / HBO

Vamos começar com o fato de que Gilly foi obrigada a casar com seu próprio pai, o líder selvagem Craster, para reproduzir filhos que seriam sacrificados ao Rei da Noite. Depois de encontrar Sam, ela fugiu dessa vida, aprendeu a ler, escrever e se comunicar melhor, e AINDA POR CIMA FOI RESPONSÁVEL PELA DESCOBERTA DA ANULAÇÃO DO CASAMENTO DE RHAEGAR TARGARYEN E ELIA MARTELL - QUE FAZ DE JON SNOW HERDEIRO LEGÍTIMO DO TRONO DE FERRO. Se esta mulher não é um exemplo, quem mais pode ser?

Publicidade

A nosssa querida Arya Stark sempre soube que não queria ser uma Lady, desafiou todos os padrões que tentavam encaixá-la, e se tornou provavelmente a maior assassina que já existiu em Westeros.

Isadora Manzaro / HBO

Diferentemente de sua irmã Sansa, Arya nunca quis lidar com as lutas de poder de Westeros. Seu objetivo era simples: aprender a lutar. E ela conseguiu! Ela enfrentou diversos desafios ao longo dos anos, a maioria deles sozinha, e conseguiu voltar para casa e reencontrar sua família depois de tudo isso. Agora, com cerca de 18 anos, Arya explorou sua sexualidade dentro de seus termos, mostrando ainda mais quão independente e dona das próprias decisões que ela é.

Lyanna Mormont comandou sua casa desde pequena e, como a boa líder que é, decidiu lutar ao lado de seus homens contra os Caminhantes Brancos nessa reta final.

Isadora Manzaro / HBO

Lyanna deixou claro desde o começo que era capaz de liderar sua casa, e não nos decepcionou ao confrontar Jon nos últimos episódios. Lyanna sabe mais que muito velho nortenho e capenga, nossa jovem fada sensata.

Publicidade

Nós também temos Cersei Lannister, que cresceu presa ao papel de "esposa querida e mãe dedicada" até decidir mostrar para todos qual era o seu verdadeiro objetivo: governar os Sete Reinos.

HBO

Cersei pode ter feito muitas coisas questionáveis nessa série, mas ela também lidou com homens horríveis durante toda a sua vida e foi obrigada a existir como apenas "mulher/mãe do rei" por muitos anos. Cersei é uma das melhores negociadoras de Westeros, sabe lidar com qualquer tipo de pessoa e manipula todos os seus inimigos de acordo com seus planos secretos. Ela sempre está um passo na frente dos outros e é super reconhecida por isso. Cersei está no comando dos Sete Reinos há anos, mesmo que através de seus filhos, e não perdeu seu poder até agora. Ela sabe MUITO BEM o que está fazendo.

E Daenerys, por onde começar?

Isadora Manzaro / HBO

A Mãe dos Dragões foi vendida, acorrentada, estuprada, traída, desonrada e ameaçada por inúmeros homens. Mas ela sempre conseguiu dar a volta por cima, tudo com um objetivo em mente: reconquistar o trono de ferro que foi tirado de sua família. Mas ela sabe que não terá trono para governar se não lutar contra os caminhantes brancos, então, ainda vai lutar contra o Rei da Noite antes de lidar com Cersei em Porto Real.

"Game of Thrones" chega aos seus últimos episódios com uma mensagem bem clara de que as mulheres da série podem conquistar o que quiserem e que não precisam mais ser salvas por nenhum homem montado em um cavalo branco.

E sabe, é como diz aquele ditado...

Reprodução HBO

"Valar morghulis": todos os homens devem morrer.

Reprodução HBO

DRACARYS NELES!!!!

HBO