A atriz Evanna Lynch disse que os comentários transfóbicos de J.K. Rowling são "nocivos" e "irresponsáveis"

"Eu acho ela está no lado errado deste debate. Mas isso não significa que ela perdeu completamente sua humanidade".

A autora J.K. Rowling gerou polêmica no fim de semana após postar uma série de tuítes que muitos consideraram ofensivos e nocivos a mulheres transgênero.

Dia Dipasupil / Getty Images

Publicidade

Muitas pessoas criticaram as palavras de Rowling, e diversos astros da franquia "Harry Potter" se manifestaram sobre o assunto, incluindo Daniel Radcliffe, que disse "lamentar muito pela dor que esses comentários causaram".

John Sciulli / Getty Images

Em uma declaração postada no site da ONG Trevor Project, Radcliffe disse que "nós precisamos fazer mais para apoiar pessoas transgênero e não-binárias em vez de invalidar suas identidades ou causar mais danos".

"Se esses livros ensinaram a vocês que o amor é a maior força do universo, capaz de superar tudo; se eles ensinaram a vocês que a força é encontrada na diversidade, e que ideias dogmáticas de pureza levam à opressão de grupos vulneráveis; se vocês acreditam que determinado personagem é trans, não-binário, gênero-fluido, gay ou bissexual; se vocês encontraram qualquer coisa nessas histórias com a qual se identificaram e que os ajudaram em qualquer momento das suas vidas – isso é entre vocês e o livro que leram, e isso é sagrado", ele escreveu. "E, na minha opinião, ninguém poderá mudar isso."

Publicidade

E na terça-feira, Evanna Lynch – que interpretou Luna Lovegood nos cinemas – postou uma longa declaração no Twitter, afirmando que os comentários da autora são "irresponsáveis" e "nocivos".

Paul Archuleta / Getty Images

Na declaração, ela afirmou que o Twitter não é o lugar apropriado para debater tópicos tão delicados, mas apesar de não concordar com os comentários de Rowling e reconhecer que eles foram nocivos às pessoas trans, a atriz disse que "não dá para esquecer que [Rowling] é uma pessoa generosa e amável".

"Eu discordo da opinião dela de que mulheres cis são a minoria mais vulnerável nesta situação", escreveu Lynch, "e acho que ela está no lado errado deste debate. Mas isso não significa que ela perdeu completamente sua humanidade."

Publicidade

"Eu não creio que a 'cultura do cancelamento' é benéfica para nenhum de nós", prosseguiu. "Na verdade, eu acho que é uma maneira muito superficial, dolorosa e irreal de enfrentar os problemas da humanidade."

Contudo, ela prosseguiu dizendo que, como mulher cisgênero, não consegue compreender completamente a dor causada pelos comentários de Rowling e que é "mais fácil para alguém assim [como ela] pedir às pessoas que sejam complacentes".

"Eu sei muito bem como é encontrar conforto e uma sensação de pertencimento em 'Harry Potter'", escreveu Lynch. "Peço perdão a todas as pessoas trans que acham que isso foi tirado delas ou que essa comunidade não é mais um ambiente seguro."

Warner Bros.

Publicidade

Este post foi traduzido do inglês.

Publicidade

Leia mais

JK Rowling foi criticada após seus comentários sobre "pessoas que conseguem menstruar"

Escrito por Ryan Schocket • há um ano

A J.K. Rowling saiu em apoio a uma mulher demitida por seus tuítes sobre mulheres trans

Escrito por Ellie Hall • há 2 anos

14 momentos TENSOS de uma festa que muitas mulheres trans vão reconhecer

Escrito por Meredith Talusan • há 3 anos

Primeira modelo trans da Victoria's Secret, a brasileira Valentina já foi barrada por marcas

Escrito por Tatiana Farah • há 2 anos

Veja também