9 momentos LGBTQIA+ do cinema que são tão sutis que podem ter passado batido pelo seu gaydar

Representatividade ≠ 5 segundos de um filme de uma hora e meia 🙄

Quando se trata de representação LGBTQIA+ no cinema, tá na hora de começarem a nos dar mais do que migalhas de alegorias e indícios sutis de que as pessoas são gays. Esses personagens merecem mais do que meras aparições nos filmes.

@netflixlat / Via giphy.com

Eu tô brava pelo seguinte: foi especulado que "Luca", a versão infantil de "Me Chame Pelo Seu Nome", seria a representação de uma história sobre dois meninos saindo do armário, mas a animação é tão ambígua que poderia ser sobre qualquer pessoa que é diferente.

Luca and Alberto embracing at the train station as Luca prepares to leave for human school
Luca and Alberto embracing at the train station as Luca prepares to leave for human school

Disney/Pixar

Sim, o filme mostra dois meninos se abraçando e segurando a mão um do outro num adeus choroso, mas a ligação entre eles pode ser só uma forte amizade. Não é exatamente uma grande evolução sobre o tema.

Publicidade

Então, pra provar que tenho razão, aí vão 9 momentos de filmes que são TÃO pequenos e sutis que não deveriam ganhar nem alguns pontinhos pela representatividade.

"Veneno."

@tkyle / Via giphy.com

Vamos começar:

1. "A Bela e a Fera" (2017)

LeFou and Stanley dance together in Beauty and the Beast
LeFou and Stanley dance together in Beauty and the Beast

Disney

Ok, essa cena é melhor do que a maioria. Era óbvio que LeFou estava suspirando por Gastão, mas só dá pra ver que ele é "abertamente gay" na última cena do baile, quando o vemos dançando com outro homem. Talvez eles coloquem os momentos gays que tanto pedimos na série que será lançada em breve.

Publicidade

2. "Procurando Dory" (2016)

Two moms in Pixar's Finding Dory
Two moms in Pixar's Finding Dory

Disney/Pixar

Um casal lésbico aparece no aquário bem rápido, e não é nem em segundo plano! Tipo, a gente consegue ver os rostos delas por um segundo. Esse é o tipo de representação que a gente recebe num filme em que a voz da protagonista é dublada por uma das lésbicas mais famosas do mundo? Alguns segundos de tela? Legal.

3. "Moxie: Quando as Garotas Vão à Luta" (2021)

Lucy and Amaya kissing at a concert in the crowd
Lucy and Amaya kissing at a concert in the crowd

Netflix

Se o feminismo branco fosse um filme, seria "Moxie: Quando as Garotas Vão à Luta". Duas personagens gays, Lucy e Amaya, se beijam num show e... Nunca mais interagem de maneira romântica. Pra onde foi a história de amor delas? Precisamos saber! Sinceramente, elas deviam ter sido as protagonistas...

Publicidade

4. "Esquadrão Trovão" (2021)

uma garotinha dizendo pros seus pais gays que uma super-heroína arremessou um ônibus inteiro
uma garotinha dizendo pros seus pais gays que uma super-heroína arremessou um ônibus inteiro

"Pais... Aquela mulher acabou de arremessar um ônibus."

Netflix

Tirando as altas expectativas da avó de que as protagonistas fossem um casal, fica claro que o momento em que a menina com dois pais foi colocado para ganhar pontos com uma pequena dose de ~diversidade~. É tão óbvio, ainda mais pelo jeito que a menina os chama de "pais".

5. "Como Treinar o Seu Dragão 2" (2010)

Gobber the Belch from How to Train Your Dragon 2
Gobber the Belch from How to Train Your Dragon 2

DreamWorks

Parece que o Gobber dá indícios de que é gay quando explica porque nunca se casou. Como diria Edward Cullen: "Diga isso em voz alta, diga!".

Publicidade

6. "Vingadores: Ultimato" (2019)

Grieving gay man in Avengers: Endgame who's talking to steve
Grieving gay man in Avengers: Endgame who's talking to steve

Disney/Marvel Studios

Um homem de luto chamado Bobby (interpretado por um dos diretores do filme, Joe Russo) fala sobre o encontro que teve com outro homem num grupo de apoio com Steve Rogers. É impressionante, ele tem até nome! Esse é o nível da coisa.

7. "Star Wars: Episódio IX" (2019)

Two women share a passionate kiss in Star Wars: The Rise of Skywalker
Two women share a passionate kiss in Star Wars: The Rise of Skywalker

Disney/Lucasfilm, Ltd.

Se você piscar, vai perder o beijo entre duas mulheres, que foi até cortado na edição em alguns países. Mas, mesmo assim, se você não estiver procurando pelo momento, talvez nem veja. Quando assisti no cinema, não sabia se comemorava pela inclusão ou se ria, porque o momento foi minúsculo.

Publicidade

8. "Zootopia - Essa Cidade é o Bicho" (2016)

Judy Hopps saying hi to her new gay neighbors
Judy Hopps saying hi to her new gay neighbors

"Eles não ficam juntos nem no mesmo frame."

Disney

Os vizinhos da Judy Hopps, Bucky e Pronk, podem ser dois irmãos que moram juntos, mas também pode ser que eles sejam casados... Nada no filme diz que eles são gays, mas as evidências apontam que sim, pois nos créditos eles aparecem com o mesmo sobrenome.

9. E, por último, "Toy Story 4" (2019)

two lesbian moms talking with their song at school
two lesbian moms talking with their song at school

Disney/Pixar

Essas duas mães em segundo plano foram visíveis o suficiente para enfurecer a organização "One Million Moms" (grupo dos EUA que protesta contra a "indecência" e "influências negativas"). No filme, elas só aparecem buscando e deixando o filho na escola, mas o "dano" causado nas crianças que podem perguntar "por que ele tem duas mães?" já foi feito. Se eu mal tinha percebido o casal, me desculpe, mas duvido que seu filho tenha acuidade visual para enxergar essa "atrocidade".

Publicidade

Este post foi traduzido do inglês.

Veja também