9 formas de parar de tocar o rosto

O CDC recomenda que as pessoas evitem tocar os olhos, o nariz e a boca para prevenir a disseminação de germes. Mas isso é mais difícil do que parece!

Depois da recente disseminação comunitária do novo coronavírus em regiões dos Estados Unidos, o Centro de Controle de Doenças de lá emitiu uma série recomendações de prevenção — inclusive de parar de tocar o rosto.

Em particular, o CDC enfatiza a importância de não tocar os olhos, o nariz e a boca, três das portas de entrada mais comuns dos vírus.

A questão é que é muito, MUITO difícil não tocar o rosto.

CBC Television

É sério, pessoal. Um pequeno estudo com 10 pessoas que foram observadas em tarefas de escritório isoladas constatou que, em média, os participantes tocaram o rosto 15,7 vezes por hora. Num estudo ainda menor, comigo mesma, toquei meu rosto umas 15,7 vezes desde que comecei a escrever esta matéria.

Se você procura maneiras de parar de tocar seu rosto — tanto para impedir a disseminação do coronavírus como a transmissão de germes em geral —, aqui vão algumas dicas para você começar.

1. Use um lenço ou uma bandana que coloque uma barreira na frente da boca.

,

Para deixar claro, o objetivo do lenço ou cachecol é treinar a si mesmo para perceber quando você está tocando o rosto, não para impedir a propagação de germes. Uma das partes do rosto que mais tocamos é a boca, e um lenço ou cachecol que a encubra parcialmente servirá como um sinal de que algo está diferente e talvez lembre você de que não deve tocar o rosto.

Se você está procurando um lenço bandana leve e casual que possa usar, aqui tem ofertas na faixa de R$69 e R$20

E sim — tecnicamente, as máscaras médicas são um jeito de fazer isso. Mas o CDC recomenda que apenas as pessoas que estão doentes ou que cuidam de doentes usem máscaras no momento e, no ritmo em que as máscaras estão se esgotando, é mais importante que essas pessoas tenham acesso a elas do que o restante da população.

2. Passe uma base com gosto amargo nas unhas.

Amazon / Via Amazon

Esse tipo de base foi criada para a pessoa não roer as unhas, mas quem a usou para esse fim diz que o gosto é tão ruim que geralmente desincentiva a colocar as mãos perto da boca em geral. Para aqueles de nós que inconscientemente colocam as mãos perto da boca ou tendem a lamber os restos de comida dos dedos, essa pode ser uma solução fácil. Você pode comprar um frasco dessa base com gosto horrível por R$10,90

3. Coloque outra coisa nas mãos para servir de lembrete.

,

Até que você consiga se treinar para não tocar o rosto, experimente um lembrete tátil que alertará sua consciência para o gesto inconsciente. Uma forma de fazer isso é usando luvas; se você trabalha num escritório, experimente um par de luvas finas e sem dedos (estas para artrite por R$38,55 na Amazon são perfeitas e podem te ajudar a evitar dor) para que ainda possa usar o computador com facilidade, mas perceba o tecido em seu rosto se tocar nele.

Se você é mais de comer as peles dos cantos das unhas, experimente uma combinação de lembrete tátil e visual ao colar pedacinhos de fita adesiva colorida nas pontas dos dedos. Você ainda vai conseguir digitar, mas com certeza sentirá a textura estranha se tocar o rosto e, com sorte, notará a cor neon brilhante antes mesmo de chegar a esse ponto. (Este conjunto de fitas adesivas coloridas por R$6,11 na Amazon, deve funcionar.)

4. Mantenha as mãos ocupadas no trabalho com algo sutil e ininterrupto.

Amazon

Muitas vezes, quando tocamos nosso rosto, é em momentos tranquilos em que nos distraímos ou precisamos pensar. Nós expressamos muitas emoções com as mãos, então faz sentido que as movimentemos ao pensar.

Se você está procurando algo sutil para manter as mãos ocupadas no trabalho, tente um fidget spinner (eu encontrei esse de dragão bem louco por R$67 na Amazon, mas tem alguns mais baratos, também), algumas Amoebas (a clássica por R$6, tem uma metalizada, por R$29, e até uma com glitter, por R$70), ou um dos nossos queridos cubitos nervositos, por R$45.

5. Mantenha as mãos ocupadas também durante o tempo livre.

Outra situação em que ficamos mais propensos a tocar a cabeça ou o rosto sem pensar é quando estamos relaxando depois do trabalho. Se quiser entrar no ~modo de relaxamento~ sem ter de se preocupar tanto em evitar tocar o rosto, tente algo mais interessante e divertido, como um quebra-cabeça (tem esse de 500 peças bem legal de "Star Wars" por R$52,70) ou um kit de bordado para iniciantes, com linha, bastidor e até um livro com instruções por R$45. Daí, você não só terá algo para ocupar os dedos, como também terá belas obras de arte para admirar quando terminar.

6. Lembre a si mesmo — e aos outros — o máximo possível.

Emma Lord/BuzzFeed

A maneira mais rápida de adquirir um novo comportamento é tendo-o sempre em mente. Peça às pessoas para alertarem você se te pegarem tocando no rosto. Se elas te pedirem para fazer o mesmo, cuide delas também.

Além disso, experimente definir alarmes no telefone ou no computador para se lembrar, ou coloque Post-Its em lugares para onde você sabe que olha com frequência — a janela da escrivaninha, que você fica encarando quando está pensando, o monitor do seu computador, seu espelho de maquiagem, a mesa da cozinha.

7. Faça uma competição disso.

Emma Lord / BuzzFeed

Monte uma pequena planilha do Excel compartilhada no Google Docs para ver quanto tempo você e seus colegas de trabalho ou seus amigos conseguem ficar sem tocar no rosto. Isso vai ajudar a todos, pois vocês poderão se responsabilizar de um jeito divertido ("Você tocou seu rosto, otário!" é bem mais legal que repreender o colega de escritório na sala de descanso) e gerar mais consciência em suas pequenas comunidades.

Mas não se esqueçam de providenciar um prêmio para o final da competição (sou pessoalmente fã de doces ou da chance de escolher o tema da próxima festa do escritório, mas vocês é que sabem).

9. Sempre lave as mãos e siga outras diretrizes do CDC.

Hans Neleman / Getty Images

Quanto mais consciente você estiver das diretrizes em geral, mais atento estará para mudar pequenos comportamentos como tocar o rosto. Outras diretrizes do CDC incluem sempre lavar as mãos por pelo menos 20 segundos , ficar em casa quando estiver doente, cobrir a tosse e os espirros com um lenço de papel e imediatamente descartá-lo e desinfetar objetos frequentemente tocados, como maçanetas, telefones celulares e utensílios de cozinha.

Mas o mais importante: cuide-se.

Certifique-se de dormir o suficiente, manter-se hidratado e cuidar de seu corpo — para fortalecer tanto o sistema imunológico como a saúde em geral.

E, embora seja importante manter-se atualizado com o que está acontecendo em relação ao coronavírus, certifique-se de se informar de uma maneira que proteja sua saúde mental — em vez de verificar se há novidades toda hora, talvez seja melhor verificar as novidades uma vez por dia num horário regular ou pedir a alguém em quem você confia que avise quando surgirem novidades importantes. Estabeleça seus limites e faça o que for melhor para você.

Este post foi traduzido do inglês.