7 referências LOUCAS da segunda temporada de "Atlanta"

Você reparou nisso enquanto Paper Boi tentava cortar o cabelo?

1. Michael Vick disputando corrida com Earn.

No terceiro episódio, “Money Bag Shawty”, Earn quer dar uma ostentada com o dinheiro que vem ganhando, depois de passar uma cota na pindaíba. Porém, ele passa por algumas situações de racismo e decide ir com a namorada e os amigos num lugar onde o seu dinheiro será aceito sem maiores problemas: um prostíbulo. Na saída do local de entretenimento adulto, tem um cara apostando corrida com estranhos por dinheiro.

Esse cara é ninguém mais, ninguém menos que Michael Vick, um ex-atleta de futebol americano conhecido por seu atleticismo e que há um tempo foi preso por promover apostas de luta de cachorros. Como miséria pouca é bobagem, Earn decidiu tirar uma corrida com o cara… e perdeu.

Publicidade

3. O carro invisível.

Reprodução / FX

Se lembra do último episódio da primeira temporada, quando um carro invisível (???) atropelou uma galera num estacionamento? Então, agora temos uma referência dentro da própria série. No quinto episódio da temporada, Paper Boi está numa saga para cortar o cabelo e Bibby, seu barbeiro, decide mostrar um vídeo que está bombando no YouTube: um cara atropelando uma galera num estacionamento. Paper Boi parece não estar curtindo o momento, até porque ele ESTAVA LÁ e só quer cortar o seu cabelo o quanto antes.

Publicidade

6. Michael Jackson EM TODO LUGAR.

Reprodução / FX

Se tem um episódio com referências, esse episódio é o sexto da segunda temporada, "Teddy Perkins". Pelo amor de Deus, são tantas referências que nem dá pra juntar tudo num lugar só. Mas vamos destacar a principal: Michael Jackson. Eles vão da “rara condição da pele” (Michael tinha vitiligo) até a construção de um museu na própria mansão (como o Neverland Ranch).

Publicidade

7. Por que "Robbin' Season" (ou "Temporada de Roubos")?

Em janeiro de 2018, Stephen Glover, irmão de Donald e produtor executivo da série, explicou o porquê do nome da segunda temporada: “As pessoas têm presentes, mais coisas e dinheiro. Você, provavelmente, pode ser roubado em frente sua porta de casa. Enquanto nós estávamos lá [em Atlanta], meu vizinho teve seu carro roubado na própria garagem. É um período bem tenso e desesperador. Nossos personagens estão numa transição desesperada entre suas vidas antigas para onde eles estão caminhando agora. E “temporada de roubos” é uma metáfora para onde estamos agora”.

Veja também

14 detalhes que talvez você tenha perdido no clipe do Childish Gambino

Escrito por Aline Ramos • há 4 anos

20 detalhes e referências que talvez você tenha perdido no filme "Corra!"

Escrito por Erin Chack • há 5 anos

Publicidade

Veja também