58 coisas que você talvez não saiba sobre Paola Carosella

Paola assiste às séries "Grey's Anatomy" e "Black Mirror", odeia Nutella, ama sopas e já fez pelo menos 10 mil litros de leite virarem doce de leite.

BuzzShe

1. Uma das coisas que Paola mais gosta de cozinhar e comer no mundo é sopa.

2. Ela já fez pelo menos 10 mil litros de leite virarem doce de leite.

3. Como trabalha muito e fica muitas horas em pé todo dia, Paola tem alguns problemas de circulação.

4. A chef odeia Nutella e acha que tem gosto de "cola plástica com antibiótico infantil".

5. E também tem pequenos ataques do coração ao ver as pessoas comendo empanadas com garfo e faca.

6. Em 27 de agosto de 2017, Paola deixou um pão torrar na torradeira. E foi muito direta nas redes sociais, postando que chefes de cozinha também cometem esses erros básicos.

Publicidade

7. Paola nasceu em 30 de outubro de 1972, em Buenos Aires, na Argentina.

8. Ela é do signo de escorpião.

9. Atualmente namora com o fotógrafo Jason Lowe.

10. Paola passou a infância rodeada de muita natureza: "cresci na horta, no pomar, rodeada de galinhas e coelhos".

11. Um dos avôs dela era pescador e caçador e era comum na casa dela comer diversos tipos de animais, como rãs, peixes de rio e de mar, porcos e javalis.

12. O navio em que a avó italiana da Paola imigrou para a Argentina, em 1949, se chamava... Brasilis.

13. A chef é mãe da Francesca, uma menina de seis anos, que, ao que tudo indica, é muito exigente, como vemos no bilhetinho abaixo.

Publicidade

14. A chef não queria aceitar o convite da Band para apresentar o "MasterChef Brasil". Não era o tipo de programa que ela gostaria de fazer na TV, mas resolveu aceitar como uma forma de ensinar gastronomia para as pessoas.

15. Na primeira temporada, ela tinha vergonha de apresentar o programa, pois não via a cozinha como algo glamouroso como às vezes parece na TV.

16. O programa já está na quinta temporada em 2018. Já se falou muito que ela teria uma atração só dela na TV, mas isso ainda não aconteceu.

17. Quando era criança, Paola gostava de brincar de... apresentadora de um programa de culinária. E ela fazia cozinhando de verdade.

18. Um aquecedor de água era a câmera de TV e ela era a cozinheira famosa ensinando um prato. Era uma forma de se sentir menos sozinha em casa.

19. Em um boato nas redes sociais, disseram que ela iria trabalhar na Globo, mas ela desmentiu dizendo não estar sabendo nada sobre isso.

20. Teresa e Rex são os nomes de seus vira-latas.

Publicidade

21. Foi em 2001 que Paola veio ao Brasil. Ela foi convidada para fazer parte da equipe que abriu o restaurante Figueira Rubaiayt.

22. Antes ela morou e trabalhou em restaurantes de seis cidades do mundo: Buenos Aires, Paris, São Francisco, Maldonado no Uruguay, Mendoza e Nova York.

23. Em 2003, ela abriu seu próprio restaurante em São Paulo: o Julia Cocina. O nome foi uma homenagem à cozinheira e apresentadora de TV Julia Child.

24. Atualmente ela é dona do restaurante Arturito e do café La Guapa.

25. Para abrir um negócio no Brasil ela precisou tirar um registro nacional de estrangeiro, visto de investidor.

26. Para conseguir o documento ela precisou investir no país R$ 500 mil reais, o equivalente a toda e herança que a mãe dela deixou mais a grana que ela conseguiu vendendo tudo que tinha na Argentina.

Publicidade

27. O Arturito quase faliu há 6 anos, mesmo tendo sete sócios. Triste com os rumos do restaurante, Paola foi ao banco, pegou emprestado 2 milhões de reais, comprou todas as partes dos sócios e passou a fazer tudo do jeito dela.

28. Depois disso, o restaurante ganhou mais clientes e pagou todas as suas dívidas.

29. Nesta época, ela fazia tudo no restaurante menos cozinhar. Então resolveu que iria para a cozinha uma vez por semana: toda sexta-feira.

30. As receitas que criou nesta fase foram publicadas no livro dela, chamado "Todas as Sextas".

Reprodução / Via amazon.com.br

Publicidade

31. Um dia ela preparou empanadas para o almoço no Arturito. Elas fizeram muito sucesso e repetiu no jantar. Depois de muito sucesso, ela resolveu abrir um lugar só para vender empanadas. Surgiu então o La Guapa.

32. Hoje em dia o La Guapa vende milhares de empanadas todos os dias em três lojas.

33. A receita das empanadas foram publicadas no Facebook da chef.

34. Os legumes e as verduras do restaurante são plantados em uma cooperativa de agricultores chamada Cooperapas, que fica no bairro de Parelheiros, extremo sul de São Paulo.

35. Ela não se acha uma celebridade e costuma aparecer no salão de seus estabelecimentos para tirar fotos com seus clientes. "A comida tem que falar por si só. Não é bajulação que vai completar o que falta no prato", explicou nesta entrevista.

36. É impossível não salivar com a timeline do Instagram dela.

Reprodução Instagram Paola Carosella / Via Instagram: @paolacarosella

Publicidade

37. A rivalidade entre brasileiros e argentinos não faz o menor sentido pra Paola: "Na Argentina, jamais tinha ouvido falar de rivalidade com os brasileiros. A gente não tem essa coisa lá."

38. Ela participou da ocupação das escolas públicas de São Paulo em 2015: "eu passei pela Fernão Dias, que me lembrava a escola em que estudei. Um deles me convidou a entrar, eu entrei e vi a comida que eles comem". Espantada, ela resolveu cozinhar para eles.

39. Depois ela também participou de um debate em uma escola sobre tabus na educação.

40. Em junho de 2016 ela participou da Marcha das Mulheres contra o estupro.

41. A chef adora usar o Twitter e fala de muitos assuntos por lá. Inclusive já passou uma madrugada tuitando sobre machismo com seus seguidores.

Publicidade

42. Como ela disse para a youtuber Jout Jout, nunca foi convidada para ir em um baile funk.

43. Na casa dela tem toalhas brancas, creme e cinzas.

44. Ela não acha que comidas gourmet são uma boa ideia: "a massificação do 'gourmet' traz às pessoas uma mensagem de que cozinha é charme. E não é. O que importa é o sabor e o ingrediente", declarou nesta entrevista.

45. Inclusive, Paola não gosta de jornalistas que valorizam apenas a gastronomia de restaurantes que custam caro.

46. Na adolescência ela se sentia, gorda, feia, antissocial, odiava seu corpo e não sabia como andar com 1,80m.

47. Nessa época era uma jovem punk, daquelas que saía na rua com camiseta do Sex Pistols e calça surrada.

48. Por causa da altura, sempre foi a mais alta de sua classe, sendo assim, sempre foi a última de todas as filas.

Reprodução YouTube / Via youtube.com

Publicidade

49. Paola assiste às séries "Grey's Anatomy" e "Black Mirror".

50. Para cozinhar ela gosta de ouvir David Bowie e Bon Iver.

51. Ela não gosta de ficar bêbada e perder o controle da consciência.

52. Quando ela dorme à tarde, acorda com vontade de tomar leite gelado com chocolate.

53. Ela gosta de tomar banho de arruda com manjericão. "Eu fervo, coo, aí eu deixo esfriar, aí eu jogo em cima de mim", contou para a Jout Jout.

54. No mesmo vídeo ela dá o seguinte conselho: "não indicamos que você mulher seja mãe do seu namorado ou marido. Se você vê que este relacionamento está acontecendo, fuja dele".

Divulgação/Carlos Reinis/Band

Publicidade

55. Quando se mudou para São Paulo, Paola odiava morar na cidade, mas hoje gosta muito da capital paulista, principalmente do Sesc Pompeia, de passear na praça Benedito Calixto, do Ibirapuera e do bairro do Bixiga.

56. Ela já recusou um convite para sair na Playboy. "Por que uma cozinheira vai posar nua?".

57. A chef não sabe lidar com o fato de ter fãs, mas mesmo assim agradeceu a seus fãs neste tuíte: "mando beijos e muito amor a todas e todos e agradeço todas as demonstrações de amor e de apoio".

58. Ela acredita que cozinhar traz muita independência para as pessoas, mas não acha que todo mundo precisa saber fazer tudo. "Faz uma lista das 20 coisas que você gosta e aprende a cozinhar essas coisas", diz nesta entrevista.

Veja também:

Publicidade

Publicidade

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

Veja também