42 livros, filmes e séries de TV que não são gordofóbicos

Personagens gordas tratadas como seres humanos, não piada.

Pedimos às pessoas do BuzzFeed Community recomendações de filmes, séries e livros com mensagens positivas sobre pessoas acima do peso. Abaixo, as sugestões mais populares...

SÉRIES DE TV

Publicidade

1. "My Mad Fat Diary"

E4

"A Rae, de "My Mad Fat Diary", é a encarnação de tudo que já senti quando era criança. Ela está constantemente aprendendo a amar a si mesma e a acreditar que também pode ser amada. Um dos melhores aspectos da série é que o interesse amoroso está consciente do peso dela e não percebe por acaso que gosta de Rae só depois de um desafio ou de uma brincadeira. Rae é uma personagem complicada com a qual você pode se identificar totalmente, mesmo quando ela não se comporta de maneira perfeita." —Vivs4814f25d4

2. "Dietland"

AMC

"Dietland", baseada no livro de Sarai Walker, é uma sátira inteligente sobre os padrões de beleza e o patriarcado. A personagem principal, Plum, é complexa e humana. —@GrrArrgh

Publicidade

3. "The Vicar of Dibley"

BBC

"Ela pode não ser perfeita, mas a protagonista é inteligente, engraçada e bonita. O fato de ela ser gorda não é ignorado, mas também não é apresentado como uma barreira nem mesmo um fator determinante no enredo, especialmente quando se trata de sua vida amorosa. É verdade que existem algumas piadas (principalmente visuais) sobre seu tamanho, mas parece que a atriz (Dawn French) curte bastante as piadas." —caits2

4. "Sob Medida"

Lifetime

"'Sob Medida' me ajuda quando estou para baixo. Adoro a maneira como Jane/Deb descobre que seu corpo não define seu valor e que todo mundo tem o potencial para ser bonito. A série passa uma mensagem de que beleza e talento vão além das aparências." —Shelbyy43f2faeb8

Publicidade

5. "GLOW"

Netflix

"Ela apresenta diferentes tipos de corpos, mas isso não é de forma alguma o foco da série. É incrível." —HillaryJo13

6. "This Is Us"

NBC

"A personagem de Kate é demais. Seu desenvolvimento ao longo da série é incrível. Ela é uma pessoa real que ama, chora e ri — ela não é apenas gorda. Eles reconhecem a luta dela com seu peso — mental e fisicamente — durante sua vida. Honestamente é um dos únicos retratos realistas que consigo pensar de uma pessoas acima do peso em um filme ou série." —Nicojones7

Publicidade

7. "Crazy Ex-Girlfriend"

CW

"'Crazy Ex-Girlfriend' tem homens e mulheres de muitas formas, tamanhos e cores. As mulheres dão muito apoio umas às outras. 'Heavy Boobs' é uma música muito divertida. Rachel Bloom é um ícone. 'Crazy Ex-Girlfriend' é demais." —Blubberoo

8. "Steven Universo"

Cartoon Network

"Há personagens com todos os tipos de corpos e todos são tratados com respeito e amor, independentemente de sua aparência. A mãe de Steven, Rose Quartz, foi especialmente inspiradora para mim. Ela é retratada como gorda, graciosa, uma grande líder e amiga, características que eu não sabia que uma só pessoa podia ter." —Janeissnapple

Publicidade

9. "Orange is the New Black"

Netflix

"Há mais garotas gordas em 'OITNB' do que na maioria das outras séries juntas. Talvez seja também a única série onde você as vê sem roupa." —@Maevemarsden

10. "Mentes Criminosas"

CBS

"A personagem de Penelope Garcia é simplesmente 🔥😍. Ela é sexy, inteligente, competente, flerta com o macho-alfa (e ele flerta de volta) e nenhum comentário negativo é feito sobre seu peso." —@MJ_Leaver.

Publicidade

11. "Huge"

ABC

"A série é sobre sete adolescentes que estão em um acampamento de perda de peso, mostrando suas dificuldades na vida. Infelizmente foi cancelada após uma temporada, mas as personagens pareciam ser tratadas com respeito. Tinha potencial." —Alexander Boschkov, Facebook

12. "Good Girls"

NBC

"Retta interpreta Ruby Hill, e seu peso nunca é tratado como algo que define sua personagem. Pelo contrário, vemos outras personagens comendo o tempo todo/comendo porcaria. Achei a série muito agradável." —Mandelam

Publicidade

FILMES

13. "Hairspray: Em Busca da Fama"

New Line Cinema

"'Hairspray: Em Busca da Fama' é uma das minhas histórias favoritas sobre positividade do corpo. O filme não só tem um figurino incrível e o maravilhoso Zac Efron, mas também é uma história maravilhosa sobre lutar contra o racismo e amar todos os corpos. No fim, Tracy Turnblad acaba com o lindo Link Larkin sem perder peso ou alterar drasticamente sua aparência. Tracy é uma linda heroína gorda que defende o que é certo e ela nunca perde a doçura ao fazer isso." —Bettyjomarian

Publicidade

14. "Caça-Fantasmas"

Columbia

"Achei incrível o remake de 2016 de 'Caça-Fantasmas' porque não fizeram nenhuma piada de gorda. É muito raro ver um blockbuster com uma mulher acima do peso como protagonista." —Kellydurgan

15. "Patti Cake$"

Fox Searchlight Pictures

"Um filme em que uma garota gorda que não é amada desafia todas as probabilidades e persegue seu sonho de se tornar uma rapper rica e famosa. Essa história já me inspirou (eu estou acima do peso) a seguir uma carreira de cantora." —Amandatotaldiva

Publicidade

16. "Tomates Verdes Fritos"

Universal Pictures

"O peso não é o principal da trama. É sobre uma mulher (Kathy Bates) aprendendo a se amar e que ouve conselhos de uma velhinha contadora de histórias." —Lexil45a8baa21

17. "A Espiã que Sabia de Menos"

20th Century Fox

"Adorei como Melissa McCarthy mudou as expectativas sem perder peso." —@KylieScottbooks

Publicidade

18. "Angus - O Comilão"

New Line Cinema

"Pouca gente conhece 'Angus - O Comilão', e isso é um absurdo. É um filme engraçado, sincero e CHEIO de nostalgia dos anos 90 (Green Day, roupas de flanela, James Van Der Beek!!). É sobre um jovem muito inteligente, muito gentil e muito obeso que é eleito como o Rei do Baile de Inverno como piada, e como ele decide superar os obstáculos para fazer disso a melhor noite de sua vida. Você simplesmente se apaixona por Angus, e embora existam alguns momentos difíceis, no final do filme você está de pé aplaudindo. É IMPERDÍVEL!" —HannahBeaMo

19. "Mulheres de Verdade Têm Curvas"

Newmarket Films

"Esse filme estava muito à frente de seu tempo. Ver uma cena de amor com uma garota que parecia comigo — com pneuzinhos e tudo — me chocou na época. 'Espere um pouco, você quer dizer que ainda SOU desejável mesmo com esta barriga, estas coxas e tudo mais que a cultura pop me ensinou a odiar?'. A permissão para ser bonita e confiante como uma garota acima do peso foi concedida. A personagem de America em 'Mulheres de Verdade Têm Curvas' despertou uma chama em mim que brilha até hoje." —Jane E. McNamara, Facebook

Publicidade

20. "Alma da Festa"

Warner Bros

"Melissa McCarthy tem um caso com um rapaz que está em forma. Adorei como ela nunca questionou como ele poderia estar atraído por ela. Ela nunca duvidou de como era gostosa. Isso foi incrível." —Shannah Cross Shry, Facebook

21. "Babycakes"

CBS

"Tem um filme antigo chamado "Babycakes" estrelado por Ricki Lake — é sobre um cara gostoso que mantém seu namoro com ela em segredo, mas ele acaba superando essa questão porque ela é incrível." —@LucindaLunacy

Publicidade

22. "Jogada Certa"

Fox Searchlight Pictures

"A Queen Latifah é incrível!" —@Yesimhotinthis

23. "Embrace"

Transmission

"É incrível e mostra como as mulheres são pressionadas a ter determinada aparência na sociedade. Há várias entrevistas com pessoas que não se encaixam nos padrões de 'beleza' da sociedade, mas que ainda são pessoas muito bonitas e maravilhosas, obviamente." —Sydneyjrw

Publicidade

LIVROS

24. "Eleanor & Park", de Rainbow Rowell

@elislibrary / Via instagram.com

"Apesar da história não ser centrada em torno do corpo de Eleanor, ela se vê como 'gordinha' e 'acima do peso'. Ela demonstra ser uma adolescente completamente normal. Quando li, estava tendo problemas com minha imagem corporal e isso me mostrou que, embora eu fosse considerada acima do peso, ainda podia ser amada.” —Madelynann

Publicidade

25. "Bet Me", de Jennifer Crusie (sem edição em português)

@booksforkeeps / Via instagram.com

"Um romance contemporâneo, engraçado, SENSUAL, de amigos que se tornam namorados. A garota gorda continua gorda, ainda fica com o cara gostoso, e a história não termina com eles tendo bebês." —@Frocksnfroufrou

26. "Os 27 Crushes de Molly", de Becky Albertalli

@nightowlreading / Via instagram.com

"As dificuldades de Molly com seu peso não são o foco do romance, mas são abordadas com frequência. Sua jornada rumo ao amor-próprio ressoou em mim — muitas das questões e inseguranças com que ela lidou eu também já tive que lidar. Já faz um tempo que li esse livro, mas me lembro de me sentir como se alguém finalmente entendesse o que eu pensava sobre mim mesma. Foi um grande alívio não me sentir tão sozinha." —Ashtonb4848a5771

Publicidade

27. "Juntando os Pedaços", de Jennifer Niven

@poutyreader / Via instagram.com

"É um livro incrível, e você se identifica com a forma inspiradora com que a protagonista aprende a aceitar o corpo e a amar a si mesma." —Alliec41a11a1d8

28. "Dumplin'", de Julie Murphy

@thebookcollectordk / Via instagram.com

"Ele mostra que ser bonita e confiante depende da sua perspectiva. Você ainda pode ficar com o cara gostoso mesmo não sendo magra. Willowdean percebeu que ela tinha que ser feliz consigo mesma e não depender de um garoto para fazê-la feliz." —Maureenr4311f2759

Publicidade

29. "Tamanho 42 Não é Gorda", de Meg Cabot

@bookstacksamber / Via instagram.com

"Adorei a série 'Tamanho 42 Não é Gorda', de Meg Cabot. A protagonista, Heather, é insegura sobre seu peso, e isso é algo que começou a ser discutido na série, mas não é sua única característica. Ela ainda é retratada como uma pessoa inteligente, espirituosa e engraçada. Adorei porque ela foi apresentada como insegura, mas também confiante. Sinto que, mesmo quando nos amamos, ainda temos momentos de insegurança, mas isso é normal. Amar a si mesmo é um trabalho contínuo e foi revigorante ver uma personagem oscilar. Foi realista." —Tanyat1994

30. "Bom de Cama", de Jennifer Weiner

"O mais incrível sobre esse romance é que a heroína, Cannie Shapiro, aborda todas as questões emocionais relacionadas ao seu peso. Desde sua carreira, seus relacionamentos com homens e sua mãe até sua própria atitude. Cannie é envolvente, uma personagem com quem você pode se identificar e, acima de tudo, é fiel a ela mesma, sem se arrepender. Não consigo nem dizer o quanto recomendo esse livro para todas as mulheres." —Krystenm4c95e128d

Publicidade

31. "Rainhas Geek", de Jen Wilde

@aisha_reads / Via instagram.com

"'Rainhas Geek', de Jen Wilde, explora não apenas a positividade do corpo, mas também a sexualidade, neurodiversidade, fandons e amizades. —@AGeekwithaHat

32. "The World, My Butt, and Other Big Round Things", de Carolyn Mackler (sem edição em português)

@nikkireads / Via instagram.com

"O livro me ajudou a aceitar o fato de que você não pode simplesmente abordar o peso como um problema único. Há muitas outras coisas na sua vida que merecem mais atenção." —Claired18

Publicidade

33. "Big Jo", de Jungle Julia (sem edição em português)

"'Big Jo' é uma história em quadrinhos incrível sobre positividade do corpo que você pode conferir no Webtoons! A protagonista é incrível e a história

engraçada, fofa e solidária." —Hungrycochon

34. "Everything Beautiful", de Simmone Howell (sem edição em português)

@booksinparadise_ / Via instagram.com

Em 'Everything Beautiful', de Simmone Howell, duas pessoas desajustadas se conhecem no Spirit Ranch, um acampamento cristão. A protagonista, Riley, é gorda, mas se recusa a ser definida pelo seu tamanho. Ela é espirituosa, brilhante e incrível. —@Postteen

Publicidade

35. "Faith" — revista em quadrinhos da Valiant

@blisscomics / Via instagram.com

Faith é uma personagem de quadrinhos que é gorda, tem superpoderes e atende por um codinome (Zephyr). —@garflyf

36. "The Incredible Adventures of Cinnamon Girl", de Melissa Keil (sem edição em português)

@sundrenchedpage / Via instagram.com

"Foi o primeiro livro que li que fez com que me sentisse notada." —@Amybythewindow

Publicidade

37. "Dirty", de Kylie Scott (sem edição em português)

'Dirty', de Kylie Scott, apresenta uma heroína que é inicialmente insegura sobre seu peso. Ela se apaixona por um cara que gosta de tudo nela, incluindo seu corpo. Eles fazem muito sexo ardente. —@rudi_bee

38. "The Summer of Jordi Perez", de Amy Spalding (sem edição em português)

@immersed_in_books / Via instagram.com

"A personagem principal está acima do peso e é lésbica. Ela é minha rainha." —Madelynf487f41e0c

Publicidade

39. "The Heiress Effect", de Courtney Milan (sem edição em português)

@feminist_romance / Via instagram.com

"'The Heiress Effect', de Courtney Milan, começa dando as medidas da heroína e depois nunca mais fala sobre isso, já que há outras coisas acontecendo com ela." —@Callapilla

40. "Plus", de Veronica Chambers (sem edição em português)

@tashalikesbooks / Via instagram.com

"'Plus', de Veronica Chambers. Com ele, aprendi que as mulheres não deveriam se desculpar por estarem acima do peso e que todas as mulheres deveriam aceitar os corpos que têm. Foi bom ver a protagonista se exercitando — não para perder peso, mas para manter alguns hábitos saudáveis e ganhar músculos. Ela fez mais por si mesma e escolheu o que era bom para ela." —Kendallraer

Publicidade

41. "It Will Be Hard", de Hien Pham e Amos Wolfe (sem edição em português)

"O livro traz mensagens super positivas sobre ser gordo, ser gay e sexo, e ele arrasa em tudo isso, então... é a melhor história em quadrinhos de todos os tempos." —@HeyAmyRolfe

42. "Things No One Will Tell Fat Girls", de Jes Baker (sem edição em português)

@helexingtonbookie / Via instagram.com

"'Things No One Will Tell Fat Girls', de Jes Baker, mudou a minha vida! Ele me fez pensar e mudou completamente a forma como me vejo."

Kayleighp482a60bbd

Publicidade

E você? Gostaria de indicar algum filme, série ou livro? Conte para nós nos comentários!

Veja também:

Publicidade

Publicidade

A tradução deste post (original em inglês) foi editada por Luísa Pessoa.

Publicidade