30 anos de axé em 30 hits clássicos

De Faraó à Rodinha, ou seja, um livro de história.

1. "Fricote" - Luiz Caldas (1985)

Porque amamos: lançou a moda do fricote, um estilo que misturava percussão baiana e ritmos caribenhos, dando origem ao que hoje todo mundo chama de axé music.

Melhores versos: "Pra passar batom. De que cor? De violeta, na boca e na... buchecha".

2. "Chame Gente" - Moraes Moreira (1986)

Porque amamos: uma verdadeira poesia composta por Moraes, membro fundador dos Novos Baianos, e com arranjo de Armandinho, filho do inventor do trio elétrico, Osmar Macedo. Ou seja, só a realeza.

Melhores versos: "De todos os santos, encantos, axé. Sagrado e profano, o baiano é carnaval".

3. "Faraó Divindade Do Egito" - Margareth Menezes (1987)

Porque amamos: foi lançada pelo Olodum como um samba-reggae e caiu no gosto popular na versão da cantora (ainda pouco conhecida) Margareth Menezes. Hoje é cantada por absolutamente todo mundo.

Melhores versos: "E nas cabeças enchei-se de liberdade. O povo negro pede igualdade, deixando de lado as separações".

4. "A Roda" - Sarajane (1987)

Porque amamos: Sarajane foi uma das primeiras musas do axé e essa canção tem tudo o que amamos - duplo sentido, refrão pegajoso e uma bela coreô.

Melhores versos: "Tá ficando apertadinha, por favor. Abre a rodinha, por favor".

5. "Protesto Olodum" - Olodum (1988)

Porque amamos: como sugere o título, é uma música de protesto pela degradação do centro histórico de Salvador nos anos 80. Além da mensagem, a batida do Olodum é de arrepiar.

Melhores versos: "Brasil Nordestópia. Na Bahia existe Etiópia. Pro Nordeste o país vira as costas".

6. "We Are the World of Carnaval" - Vários (1988)

Porque amamos: foi composta pelo marqueteiro Nizan Guanaes para uma campanha social das obras de Irmã Dulce, mas acabou virou um hino mercadológico do turismo baiano.

Melhores versos: "Vai compreender que o baiano é um povo a mais de mil. Que ele tem Deus no seu coração e o Diabo no quadril".

7. "Madasgacar Olodum" - Banda Reflexus (1988)

Porque amamos: mais uma música marcante da vertente samba-reggae, este foi o hit que levou a Banda Reflexus à TV e ao eixo Rio-São Paulo, um feito ainda raro na época.

Melhores versos: "E viva Pelô, Pelourinho, patrimônio da humanidade. É Pelourinho, Pelourinho, palco da vida e das negras verdades".

8. "Beijo na Boca" - Banda Beijo (1989)

Porque amamos: primeiro hit da banda que influenciou diversas outras bandas do axé e nos apresentou a Netinho.

Melhores versos: "Todo dia é de festa na Bahia. O trio irradia alegria e o farol ilumina Salvador".

9. "Prefixo de Verão" - Banda Mel (1990)

Porque amamos: uma verdadeira ode à melhor estação do ano, essa canção já vem com cheirinho de pôr do sol no Farol da Barra.

Melhores versos: "Quando você chegar, numa nova estação. Te espero no verão".

10. "Baianidade Nagô" - Banda Mel (1990)

Porque amamos: hino absoluto do carnaval de Salvador, esse hit da Banda Mel descreve perfeitamente o nosso sentimento quando fevereiro se aproxima.

Melhores versos: "Eu queria que essa fantasia fosse eterna. Quem sabe um dia a paz vence a guerra e viver será só festejar".

11. "Meu Bem Quero Te Amar" - Chiclete com Banana (1991)

Porque amamos: a banda já existia desde o começo dos anos 80, mas depois desse sucesso ela viu seu status ser elevado a uma verdadeira "nação chicleteira".

Melhores versos: "Eu sou camaleão sou seu amor, me joga teu feitiço que é esse meu desejo".

12. "Com Amor" - Asa de Águia (1991)

Porque amamos: influenciado pelo axé mais plugado do Chiclete, o Asa de Águia caiu no gosto popular no começo dos anos 90 com esse hit mais pop.

Melhores versos: "A cada dia que eu te encontrar, no paraíso você vai viver. Já não consigo evitar, fica comigo agora é pra valer".

13. "Swing da Cor" - Daniela Mercury (1991)

Porque amamos: primeiro single de Daniela, que já havia passado pela Banda Eva e outros grupos. Seu sucesso influenciou diversas gerações de cantoras.

Melhores versos: "Vem pro swing da cor, relaxar o calor e quem sabe me amarrar".

14. "O Canto da Cidade" - Daniela Mercury (1992)

Porque amamos: segundo e maior hit da carreira, lançou Daniela para o estrelato internacional. E daí em diante ela nunca mais parou, se tornando a rainha absoluta do ritmo.

Melhores versos: "Mil voltas que o mundo tem, mas tem um ponto final. Eu sou o primeiro que canta, eu sou o carnaval".

15. "O Bicho" - Ricardo Chaves (1992)

Porque amamos: Ricardo Chaves toca muito e é um excelente puxador de trio, então esse hit foi merecido. Fora que a gíria "é o bicho" é muito fofa.

Melhores versos: "Aquele grito que era preso na garganta se transformou".

16. "Adrenalina" - Cheiro de Amor (1993)

Porque amamos: marcou o auge da banda, que já existia desde os anos 80 sob o comando da loira Marcia Freire.

Melhores versos: "Pula, dança, treme as cadeiras, que beleza! Solte a adrenalina que se tem, não deixe presa".

17. "Requebra" - Olodum (1993)

Porque amamos: inaugura uma fase mais pop do Olodum, sob o comando do vocalista Pierre Onassis e a obsessão brasileira com mexer o bumbum.

Melhores versos: "Pois o homem não vive se o seu sentimento não admitir. Pode requebrar, pode requebrar".

18. "Toque de Timbaleiro" - Timbalada (1993)

Porque amamos: na carona do sucesso do Olodum, nasce uma banda idealizada por Carlinhos Brown chamada Timbalada, fruto de um projeto social no gueto de Salvador. Nesta música de estreia já dá pra sentir a revolução que seria causada pelo grupo.

Melhores versos: "Saudando os orixás, com a força ijexá, candomblé, reggae, magia".

19. "Beija Flor" - Timbalada (1993)

Porque amamos: após o lançamento da banda não deu outra, a Timbalada emplacou um hit atrás do outro e este até hoje é o melhor deles.

Melhores versos: "Timbalada é a semente de um novo dia. Nordeste sofrimento, povo lutador".

20. "Bom Demais" - Araketu (1994)

Porque amamos: o sucesso das bandas de percussão foi tamanho que o bloco afro Ara Ketu, que já tinha anos de história, resolveu se lançar como banda. Para isso, eles escolheram um vocalista até então desconhecido chamado Tatau.

Melhores versos: "Só sei que o corpo estremece, as pernas desobedecem. Inconscientemente a gente dança".

21. "Alô Paixão" - Banda Eva (1994)

Porque amamos: primeiro grande hit que nos apresentou a essa paixão nacional que é Ivete Sangalo. Desde então ela virou a dona do mundo inteiro, cantando até no Madison Square Garden.

Melhores versos: "Não vou deixar, vou me rebelar pra esse amor".

22. "Pau Que Nasce Torto" - Gera Samba (1995)

Porque amamos: misturou o axé com samba de roda, causando enorme impacto. E ainda nos apresentou a Compadre Washington, Beto Jamaica, Jacaré, Débora Brasil e a eterna Cinderela baiana, Carla Perez.

Melhores versos: "Tudo que é perfeito a gente pega pelo braço".

23. "Dança do Bumbum" - Gera Samba (1996)

Porque amamos: responsável pela obsessão do brasileiro pela bunda e fez todo mundo botar a mão no joelho e dar aquela abaixadinha. Com tanto sucesso, a banda mudou de nome para É O Tchan por questões legais.

Melhores versos: "Cheguei, hein! Estou no Paraíso, que abundância, meu irmão".

24. "A Luz de Tieta" - Caetano Veloso e Gal Costa (1996)

Porque amamos: Caê na verdade é pai de diversos ritmos vindos da Bahia, mas foi nessa parceria com Gal que ele mergulhou mesmo na onda do axé. A gente agradece.

Melhores versos: "Todo mundo quer saber com quem você se deita. Nada pode prosperar".

25. "Milla" - Netinho (1996)

Porque amamos: um dos primeiros CDs a serem gravados em show ao vivo no Brasil, Netinho bombou sua carreira solo com essa gravação de Milla e virou um enorme sucesso de vendas.

Melhor letra: "No coração ficou lembranças de nós dois. Como ferida aberta, como tatuagem".

26. "Vai Sacudir, Vai Abalar" - Cheiro de Amor (1997)

Porque amamos: a onda de CDs ao vivo trouxe novos sucessos, como este single que consolidou a novata Carla Visi à frente da Banda Cheiro de Amor.

Melhores versos: "Não há quem resista a essa sinfonia, tambores e repiques a soar na magia desse dia de festa".

27. "Eva" - Banda Eva (1997)

Porque amamos: uma regravação, Eva aproveitou a moda do ao vivo para voltar a fazer sucesso. É a época áurea de Ivete na banda, com tantos hits que dariam uma lista só dela.

Melhores versos: "O nosso amor na última astronave. Além do infinito eu vou voar, sozinho com você".

28. "Liberar Geral" - Terra Samba (1998)

Porque amamos: na onda do axé com o samba surgiu esse hit mais pop que ajudou a levar os grupos de pagode da Bahia para a TV nacional.

Melhores versos: "Excita no corpo a razão de existir. No samba e no Samba

eu quero ficar."

29. "Vem Neném" - Harmonia do Samba (1999).

Porque amamos: tirou o Harmonia da periferia de Salvador e jogou pro mundo. Além de lançar o cantor Xanddy que mostrou que homem também rebola, e muito.

Melhores versos: "Agora deixa de besteira bobeira. Pois de qualquer maneira, a vida é tão passageira. Por isso vem".

30. "Tô na Rua" - Ivete Sangalo (1999)

Porque amamos: clássico instantâneo, esta música estourou no primeiro CD solo da carreira de Ivete Sangalo. E o resto é história.

Melhores versos: "Vem cá bacana, sinto que você me ama. Meu coração não se engana. Não dá prá disfarçar".

Ouça tudinho aqui:

Veja também: