29 animais fofos que são nativos da América Latina

Capivaras, lhamas, tucanos e outras criaturas adoráveis.

1. Preguiça-de-três-dedos

Damocean / Getty Images

Esses mamíferos são tão lentos que algas crescem neles, dando à pelagem uma tonalidade esverdeada que atua como camuflagem em árvores. Eles passam quase o tempo todo nas árvores, comendo, acasalando e dormindo. Ah, e eles dormem por aproximadamente 15 a 20 horas por dia, e sinceramente, é esse um objetivo que eu teria.

2. Anta brasileira (também conhecida como anta sul-americana)

Artush / Getty Images

As antas são uma espécie antiga que existem há milhões de anos — mas tudo bem se você nunca viu uma antes! Elas são mais próximas dos cavalos e rinocerontes. Além de detectar odores, seus focinhos podem ser utilizados como um tubo respiratório quando estiver debaixo d'água e para pegar folhas e frutas para comer. Filhotes de anta sempre têm pelagem com listras e pintas (que fofo!) que funcionam como camuflagem.

Publicidade

3. Gato-maracajá

Artush / Getty Images

O gato-maracajá, também conhecido como gato-do-mato, é um animal solitário e noturno. Não se sabe muito sobre ele além de que ele vive em florestas densas. Ele se parece muito com uma onça (também nativa da América Latina), mas tem uma cauda mais longa e um focinho mais cheio. Além disso, é preferível que você não o chame de "gatinho", já que ele é um felino selvagem de verdade.

4. Coruja-buraqueira

Stockimages_at / Getty Images

Ela é a única espécie de coruja pequena que se empoleira no solo. Ao invés de voar, ela geralmente corre ou plana bem perto do chão quando fica assustada. Diferente da maioria das corujas, a coruja-buraqueira é diurna, ou mais ativa durante o dia. Você saberá logo quando avistar esses olhos grandes que parecem ter vindo de um desenho animado.

Publicidade

5. Capivara

Elodie Gaillard / Getty Images

A capivara, também conhecida como o animal mais tranquilo do mundo, se junta com outros animais com facilidade. Com frequência você as verá dando carona para pássaros nas suas costas! Caso esteja se perguntando, a capivara é um roedor parente do preá e ao porquinho-da-índia.

6. Sagui-pigmeu

Gaschwald / Getty Images

É um dos menores macacos do mundo — ele cabe na mão do ser humano com facilidade e pesa tanto quanto uma bola de beisebol. Mas não saia e tente pegar um com a sua mão — ele tem garras muito afiadas (o que é útil para escalar árvores)! Diferente de outras espécies de primatas, ele não tem polegares opostos.

Publicidade

7. Guanaco

Encrier / Getty Images

O guanaco é um membro da família dos camelos, só que sem as corcovas. Pense nele como os primo selvagem da lhama e da alpaca. Para a sua informação, ele cospe quando se sente incomodado. Então, tente não ficar na frente de um guanaco.

8. Urso-de-óculos (também conhecido como urso-andino)

Chameleon335 / Getty Images

O urso-de-óculos é a única espécie viva de urso nativa da América do Sul. O nome deles vem do pelo de coloração clara que circula os seus olhos, o que os dá a aparência de estarem usando óculos. Por viverem em um clima tropical, eles não hibernam como os outros ursos.

Publicidade

9. Cutia

Yana_n / Getty Images

A cutia é um roedor que se parece com um porquinho-da-índia grande com uma cauda bem pequenininha. O seu pelo oleoso é penteado naturalmente para trás e ela é um dos únicos animais que conseguem quebrar e abrir a parte exterior da casca de uma castanha-do-pará.

10. Flamingo-andino

Smallcoot / Getty Images

O flamingo-andino não é como os outros flamingos; ele tem um triângulo preto nas costas que o separa das outras espécies. Infelizmente, ele também é a espécie mais rara de flamingo, o que significa que ele está ameaçado. Além do flamingo-andino, você também pode encontrar flamingos-chilenos e flamingos-da-puna na América Latina.

Publicidade

11. Tamanduá-mirim

Pablo_rodriguez_merkel / Getty Images

É assim que eu descrevo o tamanduá-mirim: parece um tamanduá muito fofo, come como um tamanduá, mas diferente de um tamanduá, ele vive em árvores. O tamanduá-mirim é superdesajeitado no solo — ele precisa andar com a parte externa das patas para evitar que se machuque com as suas próprias garras (eu imagino que todo tamanduá chore com o filme "Edward Mãos de Tesoura"). Curiosidade: a parte inferior da cauda dele não tem pelo; isso permite que eles se agarrem nos galhos das árvores com mais segurança enquanto eles se movem pelas árvores.

12. Mico-leão-dourado

Enjoylife2 / Getty Images

Também chamado de mico-leão, esse macaco pequeno, porém majestoso se parece com leões de miniatura, com suas jubas densas. O mico-leão-dourado é muito voltado para a família — os machos ajudam a criar a sua prole e geralmente levam os bebês nas suas costas entre as refeições. Curiosidade: os micos-leões-dourados jovens são gêmeos, geralmente. Curiosidade não tão boa assim: os micos-leões-dourados estiveram seriamente ameaçados — nos anos 1970, havia poucos 200 micos-leões-dourados na natureza. Graças a esforços de conservação, eles subiram de nível, de seriamente ameaçados para ameaçados, em 2003.

Publicidade

13. Tucano-toco

Kynny / Getty Images

Quando você pensa em um pássaro bem conhecido, o tucano-toco fica no topo da lista. Mesmo se você nunca tiver visto um tucano na vida real, você já viu um em uma caixa de cereais matinais. As pessoas ainda não sabem por que os tucanos têm bicos grandes e coloridos, mas com certeza eles são úteis para pegar comida. Esses pássaros são inteligentes, brincalhões e muito divertidos de se ver.

14. Tatu-bola

Ivan Kuzmin / Getty Images

Essa é uma das únicas espécies de tatu que podem se curvar até assumir a forma de uma bola completa (que a protege de predadores e da vegetação espinhosa). Eu não ficaria surpresa se esse cara fosse a inspiração para o Sandshrew.

Publicidade

15. Leão-marinho-da-patagônia

Makingsauce / Getty Images

Só há uma palavra para descrever o leão-marinho-da-patagônia: curvas. Ele tem pescoço e cabeça grandes, além de um nariz virado para cima. Os machos têm aproximadamente 2,75 metros de altura e pesam aproximadamente 300 quilos. Eles são especialmente fofos quando tiram uma soneca para relaxar.

16. Mara-patagônica

Foto4440 / Getty Images

À primeira vista, dá para confundir um desses herbívoros com um coelho. Mas esse amigo de quatro patas atende pelo nome de mara-patagônica, preá-da-patagônia ou lebre-patagônica. As maras-patagônicas viajam em pares de acasalamento. Assim, dá para dizer que elas nunca estão sozinhas.

Publicidade

17. Arara

redchanka / Getty Images

As araras são membros gigantes e coloridos da família do papagaio (a imagem acima mostra a arara-azul, o maior de todos os papagaios, com uma envergadura de mais de 1,20 metro). Elas são incrivelmente espertas, e certas espécies podem imitar a fala humana. Esses pássaros românticos ficam juntos a vida inteira. Eles não só acasalam, como também dividem comida com os seus parceiros e gostam de catação mútua. E isso é tudo que se pode pedir de um ente querido!

18. Tapiti (também conhecido como coelho-de-cauda-de-algodão)

Leomercon / Getty Images

O tapiti é um coelho de tamanho pequeno a médio que vive em qualquer lugar entre o sul do México e o norte da Argentina. Não há muito a dizer sobre ele além de ele ser incrivelmente adorável.

Publicidade

19. Lhama

Uwe-bergwitz / Getty Images

Se está apaixonado por lhamas desde "A Nova Onda do Imperador", você não está sozinho. Esse camelídeo domesticado não tem corcovas, mas tem muita atitude (conforme dá para ver na imagem acima). Enquanto é normalmente tranquilo em ser um animal de carga, ajudando a mover cargas pesadas por longas distâncias, se você sobrecarregar uma lhama, ela simplesmente se recusará a se mover. Ela se deitará no chão e pode cuspir, fazer um zumbido ou até chutar o seu dono até que o fardo seja diminuído. 😂

20. Jupará

Kevin Wells / Getty Images

O jupará tem o apelido de urso-de-mel porque — adivinha? — ele adora mel. Essa gracinha não é parente dos ursos nem dos macacos — na verdade, ele é parente do guaxinim. No Belize, o jupará é chamado de "noturno" por ser um animal noturno.

Publicidade

21. Veado-mateiro

Flavio Vallenari / Getty Images

"Bambi, é você?" — Você, quando vê um veado-mateiro. Na verdade, o veado-mateiro vive na América do Sul, variando entre o sul do México e o norte da Argentina (enquanto que o Bambi de verdade provavelmente é do Canadá). Ele é um animal muito enganoso, então não temos muita informação sobre ele, mas uma coisa é certa: ele é extremamente fofo!

22. Sapo-dourado

Poetrygirl128 / Getty Images

A sua coloração dourada inconfundível diz aos predadores: "Não venha, eu sou MUITO venenoso!!!". Ele é a espécie do gênero Atelopus mais tóxica — a pele de um único indivíduo contém toxinas o suficiente para matar 1.200 ratos. Esse sapo atraente (porém mortal) obtém as suas toxinas dos insetos que come na natureza. Portanto, por mais que seja tentador ter um como animal de estimação, não faça isso. Infelizmente, ele é seriamente ameaçado, então as chances de encontrar um na natureza é muito baixa.

Publicidade

23. Pecari

Juan_algar / Getty Images

Se você chamar um pecari de porco, ficarei muito nervosa com você. É porque ele é de uma espécie totalmente diferente. O pecari também gostaria que você soubesse que ele é bem inteligente. Os especialistas dizem que a inteligência dele pode ser comparada à de um cachorro, golfinho ou elefante.

24. Patola-de-pés-azuis

USO / Getty Images

Eu acredito fielmente que "Happy Feet: O Pinguim" deveria ter patolas-de-pés-azuis ao invés de pinguins. Suas patas impressionantemente azuis são usadas até em rituais de acasalamento, onde pássaros machos exibem as suas patas em uma dança. Quanto mais azuis forem as patas, mas atraente é o parceiro.

Publicidade

25. Alpaca

Guenterguni / Getty Images

Esse parente domesticado da vicunha selvagem é coberto com uma lã suave incrível que é virtualmente livre de uma camada superior de pelos de várias cores. É por isso que o pelo da alpaca é um material popular para fazer roupas de alto padrão — é extremamente fino e luxuoso. Alpacas são almas gentis — é muito menos provável que elas cuspam na sua cara, comparado a guanacos ou lhamas.

26. Quati

Filippo Carlot / Getty Images

O quati se parece com um guaxinim e, na verdade, é parente do guaxinim. Diferente do seu parente noturno, o quati gosta de se divertir no sol. Ele adora comer, então você o encontrará comendo alguns insetos, frutas, roedores, lagartos ou pequenas cobras.

Publicidade

27. Chinchila-de-cauda-longa

Janugio / Getty Images

A chinchila-de-cauda-longa é a bolinha de pelos mais fofa que você verá. Na verdade, o pelo dela é tão denso que até 60 pelos podem nascer de um folículo. Esse pelo grosso a mantém aquecida nas altitudes elevadas dos Andes. Infelizmente, as chinchilas selvagens estão ameaçadas agora devido à caça — elas são perseguidas por causa da sua pelagem. Elas também sofrem de uma perda extrema de habitat e redução de qualidade de habitat.

28. Axolote (também conhecido como peixe mexicano que anda)

Argument / Getty Images

O axolote é uma salamandra muito especial que retém o seu estágio larval durante a sua vida adulta (assim, mantendo a aparência de um girino). Dá para dizer que ele tem uma carinha de bebê! Diferente de outras salamandras, ele vive permanentemente dentro d'água. Em instâncias muito raras, um axolote alcançará a maturidade e irá para a terra. Infelizmente, o axolote está seriamente ameaçado e só pode ser encontrado no Lago Xochimilco, próximo à Cidade do México.

Publicidade

29. Macaco-aranha

Webguzs / Getty Images

Esse macaco magricela e ágil não tem polegares, mas tem braços, dedos e caudas longos para ajudá-lo a dar impulsos facilmente de árvore em árvore. Geralmente, você o encontrará pendurado em galhos, se segurando só com a cauda (o que dá a eles uma aparência de aranha).

Este post foi traduzido do inglês.

Publicidade

Veja também

20 das melhores experiências do Airbnb na América Latina

Escrito por Emmy Favilla • há 2 anos

Qual animalzinho rebaixado você é?

Escrito por Matheus Saad • há 2 anos

Existem 20 países na America Latina e vou ficar feliz se você conhecer pelo menos 7 capitais

Escrito por Suria Rocha • há 2 anos

22 mulheres latino-americanas fodas que fizeram história

Escrito por Daniela Cadena • há 4 anos

Estes pais são a prova de que os bichos são os verdadeiros filhos deles

Escrito por Victor Nascimento • há 3 anos

Veja também