25 coisas que você talvez não saiba sobre o chef e apresentador Anthony Bourdain

"Feijoada e mocotó são duas das minhas coisas preferidas no mundo", disse em uma entrevista em 2013.

1. Anthony Michael Bourdain se formou no novaiorquino Culinary Institute of America em 1978, especializada em ensino de artes culinárias e confeitaria.

2. O chef ficou famoso quando lançou o livro "Cozinha Confidencial: Uma Aventura nas Entranhas da Culinária", no ano 2000, onde conta os bastidores da gastronomia.

3. Entre as histórias, ele revelou lavagem de dinheiro, uso de ingredientes com validade vencida pelos restaurantes, histórias de sexo, drogas e seu envolvimento com cocaína e heroína.

4. Ele parou de fumar e usar drogas quando virou pai em 2007.

5. Em 2013 declarou que não sentia a menor falta de trabalhar em restaurantes: "trabalhei em cozinha por 30 anos, hoje tenho mais de 50 (são 56) e não posso mais passar 16 horas em pé".

Publicidade

6. Em sua carreira trabalhou em famosos restaurantes de Nova York como o Supper Club, One Fifth Avenue e Sullivan's. Em 1998 passou a ser chef do Brasserie Les Halles em Nova York, Miami, Washington e Tóquio. Em 2017 o restaurante fechou.

7. Em 2010 ele publicou o livro "Ao Ponto: Uma Carta de Amor Sangrenta ao Mundo da Culinária", como uma continuação de sua obra de estreia.

8. Bourdain publicou outros quatro livros famosos como "Em Busca do Prato Perfeito - um cozinheiro em viagem" (2003), "Bobby Gold" (2005), "Maus Bocados - cortes varietais, guarnições, sobras e ossos aproveitáveis" (2008) e "Afinal, as Receitas do les Halles - Nova York" (2017).

9. O chef era muito fã de rock. Ele dedicou o livro "Maus Bocados" para Joey, Johnny e Dee Dee, integrantes da banda Ramones. Em um episódio gravado na Suécia declarou que seu disco favorito era Fun House, dos Stooges. Também entrevistou vários músicos em outros programas, como Alice Cooper, Marky Ramone e Iggy Pop.

10. Ele tinha medo de palhaços e sapatos de enfermeira.

11. Ele não gostava nada de cafés da manhã, uma xícara de café estava bom demais.

Publicidade

12. Ele apresentou quatro programas de TV sobre gastronomia e viagem entre 2002 e 2018, "A Cook's Tour" (2002–2003) no canal Food Network, "No Reservations" (2005–2012) e "The Layover" (2011–2013) no Travel Channel e o mais recente "Parts Unknown (2013–2018)", exibido pelo canal CNN.

13. Seu programa na CNN venceu o Emmy por quatro anos seguidos, entre 2013 e 2016. Ele foi indicado mais 17 vezes para o prêmio.

14. Foi no "Parts Unknown" que Bourdain entrevistou o presidente Barack Obama no Vietnã em 2016. Eles comeram macarrão de arroz, bun cha (um prato local de carne de porco grelhada), verduras e uma cerveja local. A refeição custou apenas seis dólares e aconteceu em um restaurante simples, com cadeiras e mesa de plástico.

15. Em 2006, enquanto gravava na cidade de Beirute, começou um conflito entre Israel e o Líbano na cidade. A equipe do programa não esperava passar por isso, mas não deixaram de registrar tudo que passaram e o programa de gastronomia acabou virando uma edição sobre guerra. O episódio chegou a ser indicado ao prêmio Emmy.

16. O chef também foi jurado das três temporadas do reality show de gastronomia "The Taste".

Publicidade

17. Em suas visitas ao Brasil comeu, entre outras coisas, pastel de bacalhau, sanduíche de mortadela e paçoca no Mercado Municipal de São Paulo.

18. O chef também virou fã de dois pratos típicos da cozinha brasileira: "Feijoada e mocotó são duas das minhas coisas preferidas no mundo".

19. Ele descreveu a cidade de São Paulo assim: “Definir São Paulo? Alguém já disse que é como se Los Angeles tivesse vomitado Nova York.”

20. Em uma das aventuras pela cidade ele se recusou a entrar na escola de samba Rosas de Ouro: “estranhos perto de mim suando? Nah!".

Publicidade

21. Ele foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (8) em Estrasburgo, na França, por seu amigo e também chef-celebridade Eric Ripert.

22. A morte foi confirmada pela emissora CNN, que exibia o programa do chef, com um comunicado triste: "É com extrema tristeza que nós confirmamos a morte de nosso amigo e colega Anthony Bourdain. O amor dele por grandes aventuras, novos amigos, boa comida e bebida e por histórias marcantes do mundo fizeram dele um contador de histórias único. Os talentos dele nunca deixaram de nos surpreender, e vamos sentir sua falta. Nossas orações estão com a filha e a família neste momento de incrível dificuldade."

23. Anthony Bourdain tinha 61 anos, ele nasceu em 25 de junho de 1956 na cidade de Nova York, nos EUA.

24. Dias antes de morrer ele comprou o quadro "O céu está desabando e eu esou aprendendo a viver com isso", de John Lurie.

25. Seu último post no Instagram foi essa foto de uma refeição na Alsace, na França.

Publicidade

Veja também:

Publicidade

Publicidade

Veja também