23 fatos sobre o Studio Ghibli que mudarão a maneira como você assiste aos filmes

Amor e magia: desejos e espíritos.

1. Isao Takahata (diretor de "O Conto da Princesa Kaguya", "Túmulo dos Vagalumes" e "Meus Vizinhos, Os Yamadas") e Hayao Miyazaki (diretor de "A Viagem de Chihiro", "Princesa Mononoke" e "Meu Amigo Totoro") fundaram juntos o Studio Ghibli. Foi Takahata quem descobriu Miyazaki e Joe Hisaishi, o compositor de muitos filmes do Studio Ghibli.

Studio Ghibli

2. Foi pedido que Hisaishi regravasse algumas das músicas para o lançamento em inglês de "O Castelo no Céu". Segundo a Disney, distribuidora norte-americana do Ghibli, os mercados fora do Japão não se sentiam confortáveis com grandes intervalos sem música. Em "O Castelo no Céu" original, há apenas uma hora de música no filme de 124 minutos.

Studio Ghibli

Publicidade

3. Os filmes que Miyazaki dirige são inteiramente em sua visão. Ele mesmo faz o esboço sequencial de tudo e usa essas imagens como roteiro. A produção começa antes que o final seja roteirizado, então ninguém, incluindo Miyazaki, sabe como o filme terminará.

Studio Ghibli

4. Embora muitos considerem "Nausicaä do Vale do Vento" como o primeiro filme do Studio Ghibli, seu lançamento aconteceu antes da fundação do estúdio. O primeiro filme do Ghibli, de fato, foi "O Castelo no Céu".

Studio Ghibli

Publicidade

5. Se você olhar com atenção, os mesmos esquilos-raposas de "Nausicaä do Vale do Vento" reaparecem em "O Castelo no Céu".

Studio Ghibli

6. Testemunhar a greve dos mineiros de 1984 no País de Gales afetou Miyazaki e, posteriormente, influenciou "O Castelo no Céu", já que a história se passa parcialmente em uma cidade mineradora.

Studio Ghibli

Publicidade

7. Neil Gaiman cuidou do roteiro da versão em inglês de "Princesa Mononoke". Ele disse que o que a Miramax (distribuidora norte-americana) e o Studio Ghibli queriam eram coisas tão diferentes que ele escreveu um esboço para cada um e depois falou para eles se entenderem.

Studio Ghibli

8. "Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar", um filme sobre um peixe dourado que quer se tornar humano, é vagamente baseado em "A Pequena Sereia".

Studio Ghibli / Via pinterest.com

Publicidade

9. O próprio Miyazaki desenhou as ondas de "Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar".

Studio Ghibli

10. "O Castelo Animado" e "O Serviço de Entregas da Kiki" são baseados em livros com o mesmo nome. "Contos de Terramar" é baseado em uma série, e "Túmulo dos Vagalumes" é baseado em um livro semiautobiográfico.

Studio Ghibli

Publicidade

11. O Studio Ghibli usa um pouco de CGI, mas isso nunca representa mais de 10% do filme finalizado.

Studio Ghibli

12. O primeiro filme totalmente digital do Studio Ghibli foi "Meus Vizinhos, Os Yamadas", dirigido por Takahata. O primeiro filme digital dirigido por Miyazaki foi "A Viagem de Chihiro".

Isao Takahata

Publicidade

13. Para fazer a cena em que Chihiro coloca a mão na boca de Haku, os animadores gravaram um veterinário abrindo a boca de um cachorro como referência.

Studio Ghibli / Via ffxiv-roleplayers.com

14. A dubladora em inglês de Chihiro, em "A Viagem de Chihiro, também dublou Lilo, de "Lilo & Stitch". Ela também interpretou Samara Morgan, conhecida como "a garota", em "O Chamado".

Studio Ghibli

Publicidade

15. "A Viagem de Chihiro" é o filme de maior bilheteria na história do cinema japonês. Também é o único filme em língua não inglesa a ganhar o Oscar de Melhor Animação.

Studio Ghibli

16. Miyazaki baseou Chihiro, a personagem principal de "A Viagem de Chihiro", em suas observações da filha de 10 anos de um de seus amigos durante um retiro em sua cabana nas montanhas.

Studio Ghibli

Publicidade

17. A cidade principal em "O Serviço de Entregas da Kiki" foi modelada com base em Estocolmo, São Francisco, Paris e lugares na Irlanda e Itália. O cenário foi criado imaginando uma década de 1950 sem guerra.

Studio Ghibli

18. "Porco Rosso: O Último Herói Romântico" era para ser um filme de 45 minutos para ser assistido durantes viagens de avião. Ele ficou muito maior do que isso, levando o estúdio a transformá-lo em um longa-metragem lançado nos cinemas.

Studio Ghibli

Publicidade

19. Ghibli é o nome de um avião de reconhecimento italiano usado durante a Segunda Guerra Mundial. Também é o nome de um vento quente do Saara.

Studio Ghibli

20. "Vidas ao Vento" começou como um mangá que Miyazaki desenhou após o lançamento de "Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar". Foi seu produtor que o convenceu a transformá-lo em um longa-metragem.

Studio Ghibli

Publicidade

21. Durante o trabalho no Studio Ghibli, Miyazaki mantém sua agenda pontualmente. Ele chega ao estúdio às 11h em ponto e sai às 21h. Ele também trabalha seis dias por semana e, em seu dia de folga, costuma limpar o rio de sua rua.

Fox Ad HD

22. No Museu Ghibli, você pode ver curtas-metragens originais que não pode ver em nenhum outro lugar. Eles são exibidos em um cinema que se parece com o quarto do bebê em "A Viagem de Chihiro".

Studio Ghibli

Publicidade

23. Não existem rotas definidas para andar pelo museu. Adequadamente, o slogan do museu é "Vamos Perder Nosso Caminho, Juntos".

Studio Ghibli

Salvo indicação em contrário, todos os fatos são do livro "The Anime Art of Hayao Miyazaki", de Dani Cavallaro.

Publicidade

Este post foi traduzido do inglês.

Veja tambem

Escolha uma animação brasileira e te indicaremos um filme do Studio Ghibli

Escrito por Luiz Guilherme Moura • há 2 anos

A verdade é que "Monstros S.A." é uma propaganda comunista disfarçada de animação

Escrito por Davi Rocha • há 3 anos

11 crimes brasileiros que inspiraram séries e filmes

Escrito por Luiz Guilherme Moura • há 2 anos

Publicidade

Veja também