22 protagonistas que eram, na verdade, a pior parte da série

Justiça para Taystee, Pennsatucky e Suzanne!

Publicado por Josie Ayre e Sam Cleal

Há 2 anos

1. Ted Mosby, de "How I Met Your Mother".

20th Century Fox Television

Sinceramente, quem diabos era Ted Mosby e por que o ouvimos falar e falar por nove temporadas?! Seus filhos realmente precisavam saber tantos detalhes sobre sua vida amorosa? Ele passou a maior parte do tempo falando sobre a TIA de seus filhos, e não sobre a mãe verdadeira deles. Eu usaria mais a Lily e o Marshall do que esse cara de longe.

2. Jack Shephard, de "Lost".

ABC

Desde o começo Jack era irritante, e embora tivesse alguns momentos redentores, era simplesmente arrogante. Sawyer era a verdadeira estrela, certo?

Publicidade

3. Holden Ford, de "Caçador de Mentes".

Netflix

Sim, Holden pode ter um ar misterioso e sexy e, obviamente, é muito bom no que faz, mas isso não é desculpa para o fato de que ele é um péssimo colega de trabalho. Imagine tentar controlá-lo! Ele é um completo falso que nunca se interessa por ninguém além de si mesmo e, obviamente, um psicopata. Tire o cara!

4. Kimmy Schmidt, de "The Unbreakable Kimmy Schmidt".

Netflix

A atitude positiva de Kimmy em relação a quase tudo na vida pode ter sido inspiradora no começo, mas simplesmente começou a irritar depois de um tempo. Dê a Titus Andromedon sua própria série!

Publicidade

5. Zoey Johnson, de "Grown-ish".

ABC

Zoey simplesmente não tem o bastante para garantir ser a personagem principal de uma série spin-off. Por que não nos dar uma que seja capaz então?

6. Rachel Berry, de "Glee: Em Busca da Fama".

20th Century Fox Television

Embora eu admirasse sua confiança, Rachel nunca realmente aprendeu a lidar com a ideia de que alguém poderia ser tão bom, se não melhor, do que ela em cantar, o que era irritante para todos.

Publicidade

7. Zack Morris, de "Galera do Barulho".

NBC Productions

Seu lema era literalmente "onde quer que haja problemas, é onde eu estarei"?! Vamos simplesmente dizer que o velhinho Zack Morris era narcisista e que Kelly e sua turma mereciam algo melhor.

8. Arthur, de "Arthur".

PBS

Eu sei que ele é uma criança e tudo, mas Arthur era choramingão e irritante. Além disso, e aquele suéter amarelo? Enfim, já chega. Eu preferiria ter os macacões rosa icônicos da D.W.

Publicidade

9. Michael Scott, de "The Office".

NBC

Michael Scott era um ser humano terrível, mas esse era meio que o ponto, certo? Mas a pior parte sobre ele era que deveríamos nos simpatizar e rir junto com o cara, mesmo quando ele estava fazendo algumas coisas terríveis.

10. Hannah Horvath, de "Girls".

Warner Bros. Television Distribution

O melhor momento da Hannah? Quando ela estava pulando na cama dançando ao som de "Dancing On My Own", de Robyn, e esse foi o terceiro episódio da 1ª Temporada! O resto do tempo? Simplesmente irritante.

Publicidade

11. Carrie Bradshaw, de "Sex and the City".

HBO

Esta opinião não é exatamente inédita, mas Carrie era sinceramente a pior de todas. Sim, ela tinha ótimas roupas, mas era só isso. Pelo amor de Deus, ela traiu o Aiden! Se eu tivesse que escolher quem seria a protagonista em uma nova geração de "SATC"? Charlotte.

12. Dawson Leery, de Dawson's Creek.

Sony Pictures Television

Essa foto diz tudo, não é?

Publicidade

13. Sabrina Spellman, de "O Mundo Sombrio de Sabrina".

Netflix

A Sabrina é presunçosa e realmente entediante. Por que alguém se importaria com os problemas fúteis dela quando a perfeita Prudence está por perto?

14. Piper Chapman, de "Orange Is the New Black".

Netflx

Piper pode ter sido a âncora superprivilegiada de sorriso amarelo dessa série, mas eu não consigo nem contar quantos personagens de "OITNB" marcaram muito mais do que ela.

Publicidade

15. Tori Vega, de "Victorious".

Nickelodeon

Não há nada de errado com a Tori em si, ela simplesmente não é tão envolvente quanto seus colegas de elenco e, no entanto, recebe todo o crédito por tudo... obrigado, próximo!

16. Otis Milburn, de "Sex Education".

Netflx

Protagonista masculino branco genérico e despretensioso precisava distrair a atenção de personagens femininas e minoritárias mais interessantes, certo?

Publicidade

17. Lorelai e Rory Gilmore, de "Gilmore Girls: Tal Mãe, Tal Filha".

The WB

Eu AMO essa série, mas essas duas não poderiam ser trocadas? Com suas mentiras e mesquinhez constantes, sou muito mais a Paris e a Emily.

18. Elena Gilbert, de "Diários de um Vampiro".

The CW

Digamos que essa série era notavelmente melhor quando Elena estava presa em um caixão.

Publicidade

19. Jerry Seinfeld, de "Seinfeld".

NBC

Vamos ser sinceros, Jerry era um cara muito egoísta e superficial — George era muito mais legal! O episódio em que ele começa a ignorar seus instintos e a fazer o oposto foi melhor do que qualquer coisa que o Jerry já fez!

20. Eleanor Shellstrop, de "The Good Place".

NBC

Eleanor não brilha por duas razões principais — sua personagem é muito contraditória e ela simplesmente não se compara com Janet, Jason ou Tahani Al-Jamil. Desculpe!

Publicidade

21. J.D., de "Scrubs".

NBC

Certamente J.D. tinha algumas características redentoras, mas seu senso de humor idiota era irritante demais para torná-lo um protagonista realmente agradável.

22. Jon Snow, de "Game of Thrones".

HBO

Você poderia argumentar que Jon era o protagonista de GOT, mas, meu Deus, ele era um estraga-prazeres! Prefiro Gimme Brienne, Margaery, até mesmo Sam do que Jon!

Publicidade

Você concorda com as nossas escolhas? Diga nos comentários!

Este post foi traduzido do inglês.

Publicidade

Leia mais

Os personagens secundários de "Friends" revelaram alguns segredos da série e eles são fascinantes

Escrito por Ellie Woodward • há 3 anos

19 curiosidades dos bastidores da série "Você", da Netflix

Escrito por Nora Dominick • há 3 anos

O criador de "The Good Place" explica a grande mensagem por trás da série

Escrito por Krystie Lee Yandoli • há 2 anos

24 ideias de como a série "Game of Thrones" deveria terminar

Escrito por Delia Cai • há 3 anos

Veja também