21 fatos assustadores sobre Chernobyl para não ler tarde da noite

"Chernobyl não estará segura para ser habitada pelos humanos por pelo menos 20 mil anos." Aviso: este post contém imagens gráficas fortes.

Aviso: as imagens com conteúdo perturbador estão protegidas com um alerta antes, cabe a você decidir se vai vê-las ou não, ok?

1. É difícil estimar, mas o verdadeiro número de mortes de Chernobyl pode estar entre 4.000 e 90.000 pessoas.

AFP / Getty Images

Esse número incluiria as duas mortes imediatas da explosão inicial, 29 mortes por doença causada pela radiação aguda nos meses seguintes, e os milhares que podem morrer no futuro por causas relacionadas à radiação.

Publicidade

2. Vasily Ignatenko, um dos primeiros bombeiros que atenderam ao desastre (que apareceu como um personagem na série "Chernobyl", da HBO), sofreu uma morte terrivelmente lenta em duas semanas devido à exposição à radiação.

HBO

Ele excretava fezes com muco e sangue mais de 25 vezes por dia, e cuspia pedaços de seus próprios órgãos internos.

3. No funeral de Ignatenko, seu corpo ficou tão inchado e deformado que seus sapatos e roupas não cabiam.

Igor Kostin / Getty

Sua viúva, Lyudmila (foto acima na vida real), recontou no livro Voices from Chernobyl (Vozes de Chernobyl, em tradução livre): "eles não conseguiam colocar sapatos nele porque seus pés tinham inchado. Eles também tiveram que cortar o terno, porque eles não conseguiam colocá-lo nele, não havia um corpo inteiro para ser vestido."

Publicidade

4. Outros relatos de pessoas incluem seus corpos explodindo em "pontos negros", corpos ficando "gordos, como um barril", e também se tornando "negros, como carvão, e encolhendo."

Igor Kostin / Getty Images

Muitas dessas histórias de Voices from Chernobyl foram contadas por pessoas em áreas vizinhas que tiveram que fugir de suas casas.

5. Houve um número estimado de 100.000-200.000 abortos na Europa depois de Chernobyl como resultado da "radiofobia".

Igor Kostin / Getty Images

De acordo com o Live Science, "muitos médicos em toda a Europa Oriental e União Soviética aconselharam mulheres grávidas a se submeterem a abortos para evitar ter filhos com defeitos congênitos ou outros distúrbios, embora o nível real de exposição à radiação ao qual essas mulheres foram submetidas fosse muito baixo para causar qualquer problema".

Publicidade

6. A área ao redor de Chernobyl ficou conhecida como "Floresta Vermelha" por causa de todas as árvores mortas.

Knyazd / Getty Images

Elas ficaram com uma cor vermelha brilhante, e acabaram sendo amontoadas e enterradas.

7. Chernobyl, Pripyat (a cidade vizinha com muitos moradores) e muitas das áreas ao redor são conhecidas como "Zona de Alienação" ou "Zona de Exclusão".

Sean Gallup / Getty Images

E é ilegal morar lá.

Publicidade

8. E, embora seja ilegal, as pessoas ainda vivem nessa área.

Viktor Drachev / AFP / Getty Images

Estima-se que 130-150 pessoas vivam lá — muitas delas mulheres mais velhas, que ainda estão cultivando a terra de sua família.

9. E a vida na Zona de Exclusão é horrível.

Sergei Gapon / AFP / Getty Images

Não há escolas ou serviços de saúde, e definitivamente não é seguro viver lá porque a área ainda é radioativa.

Publicidade

10. Os residentes não foram autorizados a levar seus animais de estimação durante a evacuação em 1986 — há relatos perturbadores de cães "uivando" e "correndo atrás dos ônibus por muito tempo".

Igor Kostin / Getty Images

E, como na série, houve esquadrões enviados para abater os animais.

11. Mas há centenas de cães abandonados ainda sobrevivendo nas florestas de Chernobyl e na Zona de Exclusão.

Sean Gallup / Getty Images

Eles são descendentes daqueles que foram subitamente deixados para trás e sobreviveram.

Publicidade

12. Infelizmente, porém, esses cães têm uma expectativa de vida reduzida devido à radiação.

Sergei Supinsky / AFP / Getty Images

De acordo com o jornal The Guardian, "eles geralmente carregam níveis elevados de radiação em sua pelagem, e poucos vivem além dos seis anos de idade".

13. Na verdade, você pode VISITAR a Zona de Exclusão — na realidade, milhares de pessoas já fizeram isso.

Sean Gallup / Getty Images

Agências de turismo relataram um salto de até 40% em reservas de viagens diárias desde que a série da HBO foi ao ar.

Publicidade

14. As coisas que você pode ver hoje incluem uma cantina escolar cheia de máscaras de gás descartadas no chão.

Cavan Images / Getty Images

Uma das "atrações" arrepiantes que você pode ver em um passeio.

15. Ou estas bonecas misteriosas que apareceram organizadas de forma ordenada nas camas em Chernobyl.

Enolabrain / Getty Images, Temizyurek / Getty Images

Não está claro quem fez isso, mas é possível que o imaginário sirva como um "tributo" às crianças que viviam lá.

Publicidade

16. Há até mesmo estranhas pinturas de silhuetas que apareceram em várias construções.

Sopa Images / Getty Images

Uma imagem fantasmagórica.

17. E um parque de diversões abandonado em Pripyat que parece assombrado.

Scott Peterson / Getty Images, Konoplytska / Getty Images

:-/

Publicidade

18. Na Ucrânia, nos primeiros cinco anos após o desastre, os casos de câncer entre as crianças aumentaram em mais de 90%.

Ezra Shaw / Getty Images

E durante os primeiros 20 anos após o acidente, aproximadamente 5.000 casos de câncer de tireoide foram registrados na Rússia, Ucrânia e Belarus em pessoas com menos de 18 anos.

19. Demorou mais de 25 anos para construir um novo abrigo sobre o reator danificado em Chernobyl.

Sopa Images / Getty Images

Embora ainda haja algum debate sobre o quão efetivo esse contentor tem sido e será no futuro.

Publicidade

20. Na verdade, a usina nuclear de Chernobyl continuou operando até recentemente, em dezembro de 2000.

Sergey Supinski / AFP / Getty Images

Essa imagem é da cerimônia de encerramento.

21. E, por fim, a área ao redor de Chernobyl não estará segura para ser habitada pelos humanos por pelo menos 20 mil anos.

Mediaproduction / Getty Images

Especificamente, a área ao redor da antiga usina.

Publicidade

Este post foi traduzido do inglês.

Veja também:

Estas fotos perturbadoras mostram o que aconteceu com Chernobyl depois da catástrofe

Escrito por Gabriel H. Sanchez • há 2 anos

Os cãezinhos de Chernobyl vão buscar vida nova em outro continente

Escrito por Jane Lytvynenko • há 2 anos

14 pequenas tragédias que todo mundo já viveu no inferno astral

Escrito por Alexandre Orrico • há 5 anos

44 pequenas tragédias que só quem viveu nos anos 80 vai entender

Escrito por Clarissa Passos • há 7 anos

Publicidade

Veja também