18 criaturas marinhas tenebrosas que esperam por você no fundo do oceano

É lindo, mas dá medo.

1. O peixe olhos-de-barril tem uma cabeça estranha, transparente e cheia de fluido:

Monterey Bay Aquarium Research Institute / Via youtube.com

O que parece um cérebro é, na verdade, um par de olhos tubulares que podem girar em várias direções, permitindo que eles vejam acima e na frente deles.

2. O peixe-sapo usa sua haste emissora de luz, chamada illicium, para atrair as presas:

Velvetfish / Getty Images

Eles podem abrir sua mandíbula e expandir sua boca até 12 vezes seu tamanho normal. Isso permite que eles capturem presas com até o dobro do tamanho do seu próprio corpo. Eles também podem regenerar membros, como sua haste luminescente, se ela se soltar.

Publicidade

3. O tamboril macho se prende na fêmea para se alimentar. Eventualmente, eles se fundem às fêmeas e perdem todos os órgãos internos e externos, exceto os testículos:

Nat Get WILD / Via youtube.com

Existem mais de 200 tipos de tamboril, que podem crescer de 10-80 cm de comprimento e até 50 kg. Suas bocas são tão largas e flexíveis que podem facilmente engolir presas com o dobro do tamanho deles.

4. O Ogcocephalus darwini tem lábios vermelhos brilhantes, e parece que está sempre sujo de sangue:

PBS / Via youtube.com

E, embora eles sejam capazes de nadar pelo fundo do oceano, eles usam suas barbatanas como "pernas" para ir de um lugar a outro.

Publicidade

5. A moreia-verde tem essa coloração devido ao muco amarelo que reveste o exterior do seu corpo:

SeaNymphJess / Getty Images

Elas são uma das maiores espécies de moreias, crescendo até 2,5 m de comprimento.

6. A boca da aranha-do-mar é maior que seu corpo, e ela é usada para "sugar os sucos" da sua presa:

Jupiterimages / Getty Images

Existem mais de 600 espécies de aranhas-do-mar, como se as aranhas terrestres já não fossem suficientemente assustadoras.

Publicidade

7. O peixe-napoleão pode crescer até 1,8 m de comprimento e pesar até 180 kg:

Sinainina / Getty Images

Eles se alimentam de invertebrados e podem consumir sem medo animais tóxicos, como certas lebres-do-mar, peixes-caixa e estrelas-do-mar.

8. O urso-d'água, um microrganismo de oito patas, pode sobreviver até 30 anos sem comida e água:

Dottedhippo / Getty Images

Eles podem sobreviver a temperaturas extremas, exposição à radiação e até privação de oxigênio. Não é surpresa que eles sejam capazes de resistir à imensa pressão nas Fossa das Marianas.

Publicidade

9. O tubarão-cobra tem seis guelras de "aparência sangrenta" em ambos os lados da cabeça:

Discovery Channel / Via youtube.com

Quando encontram sua presa, eles atacam como uma cobra e a prendem na sua boca de 200 dentes pontiagudos como agulhas. Eles até engolem a presa inteira!

10. O tubarão-duende tem uma mandíbula que se estende para capturar sua presa a uma velocidade de 3,5 m/s:

Discovery Channel Southeast Asia / Via youtube.com

Acredita-se que eles passam a maior parte de sua vida à espreita em profundidades de cerca de 1.300 m, indo à superfície somente à noite.

Publicidade

11. A quimera, também conhecida como tubarão-fantasma, desliza pelas águas a uma profundidade de 2.500 m com sua cor prateada e sinistra:

Monterey Bay Aquarium Research Institute / Via youtube.com

Ao contrário dos tubarões de ~Hollywood~, eles na verdade moem a comida usando placas de dentes, em vez de mastigarem com um conjunto de dentes.

12. O peixe-mão manchado parece meio anfíbio, meio peixe, com quatro "mãos" na frente e uma barbatana nas costas:

Nat Geo WILD / Via youtube.com

Eles são conhecidos como os peixes mais raros do mundo devido ao fato de que até hoje só foi descoberto um total de cerca de 80 dessas criaturas vivas.

Publicidade

13. O Uranoscopidae tem um órgão atrás dos olhos que produz um choque elétrico de 50 volts para atordoar sua presa:

United News International / Via youtube.com

Este peixe usa suas barbatanas como pás para se enterrar no fundo do oceano, deixando apenas os olhos e a boca para fora para capturar a presa.

14. A água-viva-de-pente é capaz de comer outros seres da sua mesma espécie, mesmo se forem maiores do que ela: ele vai mordendo pequenos pedaços da sua presa.

Ribeirodossantos / Getty Images

Esses organismos são compostos de 95% de água, não tendo ossos ou conchas para o seu corpo mole.

Publicidade

15. O Eunice aphroditois pode crescer até 1 m de comprimento, e te uma mandíbula afiada:

Smithsonian Channel / Via youtube.com

Eles se enterram no fundo do oceano e esperam que sua presa passe nadando. Eles são conhecidos por caçar peixes grandes e arrastá-los para sua toca depois de capturados.

16. A Rhinomuraena quaesita sempre mantém sua boca aberta, como se estivesse pronta para atacar:

atese / Getty Images

Todas as enguias da espécie Rhinomuraena quaesita nascem machos e, eventualmente, desenvolvem órgãos reprodutivos femininos quando ficam mais velhas.

Publicidade

17. O Antennarius maculatus engole a sua presa inteira:

Monterey Bay Aquarium / Via youtube.com

Eles são tão pacientes e ficam tão estagnados enquanto esperam pelas presas que às vezes algas podem crescer em seu corpo. Eles então usam isso como camuflagem para que a presa não os veja antes que eles ataquem em 6 milissegundos.

18. E finalmente, a cor do Chauliodus é conhecida por ser próxima ao "preto mais preto", tornando-o virtualmente invisível nas profundezas do oceano:

Monterey Bay Aquarium Research Institute / Via youtube.com

Eles têm grandes mandíbulas e presas afiadas que se projetam da boca.

Publicidade

Veja também:

23 fotos que vão tirar toda a sua vontade de chegar perto do mar

Talassofobia é algo real, assustador e muita gente sofre com ela sem saber

Missão ao mar profundo revela criaturas parecidas com alienígenas

Este post foi traduzido do inglês.

Veja também