17 coisas que já mudaram após os protestos antirracismo

Muita coisa aconteceu em duas semanas.

1. Em primeiro lugar, todos os quatro policiais envolvidos no assassinato de George Floyd foram presos e incriminados.

Kerem Yucel / Getty Images

2. O Departamento de Direitos Humanos de Minnesota (EUA) registrou uma queixa contra o Departamento de Polícia de Mineápolis em relação ao assassinato de George Floyd.

Stephen Maturen / Getty Images

Publicidade

3. Os policiais de Mineápolis concordaram em proibir as técnicas de estrangulamento. Outras cidades estão seguindo o exemplo.

Apu Gomes / Getty Images

4. O Prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, prometeu redirecionar cerca de 150 milhões de dólares do orçamento do Departamento de Polícia de Los Angeles para empregos, iniciativas de saúde e "centros de paz" para jovens, de acordo com o "Los Angeles Times".

Frederic J. Brown / Getty Images

Publicidade

5. O Prefeito Bill de Blasio prometeu reduzir o orçamento da polícia da cidade de Nova York.

Scott Heins / Getty Images

6. Mineápolis se comprometeu a desmantelar seu departamento de polícia.

Stephen Maturen / Getty Images

Publicidade

7. Estátuas de confederados foram derrubadas em todo o país.

Alexa Welch Edlund / AP

8. Cidades, incluindo Mineápolis, Denver e Portland estão retirando policiais de escolas públicas.

Juanmonino / Getty Images

Publicidade

9. Nova Jersey anunciou várias reformas na polícia, incluindo expandir seu banco de dados de uso da força e lançar um programa piloto para expandir o treinamento para intervenção de crises.

Elsa / Getty Images

10. A "Lei Breonna" está sendo discutida em Louisville. O decreto regularia os mandados sem aviso prévio.

Jason Connolly / Getty Images

Publicidade

11. O Departamento de Polícia de Dallas anunciou várias políticas novas, incluindo o dever de intervir "quando a força estiver sendo aplicada indevidamente ou não for mais necessária".

Cooper Neill / Getty Images

12. A polícia de Denver introduziu várias mudanças ao departamento de polícia. Essas incluem uma exigência de que os policiais notifiquem seus supervisores sempre que apontarem uma arma para outra pessoa.

Jason Connolly / Getty Images

Publicidade

13. Tulsa não renovará seu contrato com o programa de TV "Live PD".

A&E

14. Deputados Democratas propuseram um projeto de lei de reforma policial.

Chip Somodevilla / Getty Images

Publicidade

15. A IBM interromperá a venda de seus programas de reconhecimento facial de "monitoramento de massa ou análise de perfil racial".

Tim Boyle / Getty Images

16. O chefe de polícia branco de Portland renunciou e foi substituído por Chuck Lovell.

Beth Nakamura / AP

Publicidade

17. Por último, milhões de dólares foram doados para o movimento "Black Lives Matter" (Vidas Negras Importam).

Seth Herald / Getty Images

Observação: esta não é uma lista exaustiva de todo o progresso realizado pelos manifestantes.

Publicidade

Este post foi traduzido do inglês.

Leia mais

O que move os protestos antirracistas nos EUA é a indignação de jovens contra a injustiça e a desigualdade

Escrito por Lam Thuy Vo • há um ano

Estas fotos mostram a força das marchas "Black Lives Matter" ao redor do mundo

Escrito por Gabriel H. Sanchez • há um ano

Pai de luto recoloca cruzes que bolsonarista derrubou em protesto no Rio

Escrito por Tatiana Farah • há um ano

Publicidade

Veja também