16 histórias inacreditáveis de mansplaining no trabalho

"Um colega passou 45 minutos me explicando uma planilha do Excel. Uma planilha que eu criei."

Recentemente, pedimos às mulheres do BuzzFeed Community que nos contassem os piores casos de mansplaining que já tinham sofrido no ambiente de trabalho. Abaixo, o que elas nos contaram.

1. O papagaio:

"Quando eu tinha 19 anos, no meu primeiro emprego, eu e meu chefe estávamos discutindo um projeto. Havia surgido um problema que ele não tinha ideia de como resolver, mas então eu consegui encontrar uma solução viável. Mais tarde, em uma reunião, ele explicou como o problema seria tratado, me olhou nos olhos e perguntou: 'Entendeu?' Minha resposta? 'A ideia foi minha, então, sim, acho que entendi'."

vickitessla

Publicidade

2. O especialista em nomes:

"Um dos meus colegas de trabalho insistiu que queria me chamar pelo meu sobrenome, não meu primeiro nome. Eu concordei, pois não ligo muito para essas coisas, e disse a ele meu sobrenome. Foi quando ele me perguntou se eu sabia a origem do meu sobrenome. Quando respondi, ele passou os próximos dez minutos, sem interrupção, me explicando que eu estava pronunciando meu próprio sobrenome errado."

xwindle

3. O especialista em relógios:

"Uma vez um cara quis me ensinar como montar o relógio que eu tinha acabado de vender para ele (sendo que meu crachá dizia claramente que eu era uma relojoeira). Dois dias depois, o relógios adiantou e, sem conseguir resolver a situação, ele se convenceu de que o produto estava com defeito. Em dois segundos, com um clique de um botão, abri o estojo e consegui ter o meu momento de glória. Existe womansplaining também? Se existe, foi o que eu definitivamente fiz nos minutos que se seguiram."

bethl453265e0e

Publicidade

4. A lição em contabilidade:

"Sou contadora há 14 anos. Recentemente, peguei um trabalho extra de um amigo da empresa para a qual estou trabalhando. Eles já tinham um contador que revisava os livros da empresa uma vez por mês, então deveria ter sido um trabalho fácil. No entanto, quando vi os registros, encontrei dois anos de erros e contabilidade incorreta.

Na nossa primeira reunião, enquanto eu estava explicando os erros que estava corrigindo, ele decidiu tentar me explicar o que eram débitos e créditos (literalmente, a primeira coisa que você aprende quando estuda contabilidade), e então seguiu explicando o que eram as folhas de lucro, de prejuízo e de balanço, (novamente, bastante básico e algo que tenho feito há pelo menos 8 anos).

Tive que interrompê-lo com calma, dizendo que trabalhei em contabilidade por 14 anos e que não teria chegado tão longe sem saber o que eram débitos e créditos.

QUE RAIVA!!"

kayleighc4d2030e56

Fox

Publicidade

5. O incrédulo:

"Uma vez, informei o meu colega de trabalho que a máquina de secar roupa da nossa loja estava quebrada (o tambor não estava girando). Mesmo assim, ele fez questão de ir até a lavanderia e ligar a secadora. Então ele desligou a máquina e veio nos anunciar que ela não estava girando e estava quebrada. Ah, e ele também colocou um SEGUNDO aviso na máquina [fora de serviço] para os clientes, ao lado do meu."

– hilaryaliceh

6. A pessoa que conhecia melhor o manual do que a pessoa que o escreveu:

"Uma vez um recém-contratado tentou explicar para mim as políticas e os procedimentos da nossa empresa, que fornecia serviços de segurança. Acontece que eu havia escrito cerca de 75% do manual em questão depois de vários meses de pesquisa e reuniões com a equipe jurídica da empresa."

elizabethf38

Publicidade

7. A explicação desnecessária:

"Quando eu estava trabalhando em uma redação internacional na Alemanha, um colega do Reino Unido (que só estudou lá) tentou explicar as diferenças entre a educação dos EUA e da Alemanha para mim. Fui para escolas secundárias alemãs e norte-americanas e tenho um diploma universitário de cada país."

elizabeths42adeece5

8. O marido com conhecimento médico secreto:

"Sou enfermeira e costumo lidar com pacientes antes e depois da cirurgia. Eu estava conversando informalmente com minha paciente e o marido dela estava lá. Ela faria uma cirurgia no dia seguinte e fez algumas perguntas. Antes que eu pudesse responder, o marido dela começou uma explicação. Perguntei se ele era do campo da medicina e ele respondeu: 'não, eu sou contador'. *Olhos revirando*."

– noram42148aaaf

Publicidade

Syndication

9. O incentivador da arte:

"Um dia, eu rabisquei o meme do Fry em um quadro branco no trabalho. Quando um cara descobriu que eu era a autora, ele ficou, tipo: 'MUITO bom, hein!' 'Você sabe que isso aí é de um programa chamado Futurama, né?' 'Você desenha no seu tempo livre? Porque deveria, com certeza.' 'Você conhece cadernos de desenho?' 'Eles são como cadernos normais, mas sem linhas.' Se eu tivesse revirado os olhos com mais força, poderia ter tido um aneurisma naquele momento."

– Ynez Parlan via Facebook

Publicidade

10. O eletricista:

"Um dia, um eletricista foi no escritório para trocar uma lâmpada que estava queimada. Ele pediu para ver um gerente. Depois de discutir com ele por cinco minutos tentando convencê-lo de que eu era a gerente (já que ele estava procurando por um homem), ele finalmente revirou os olhos e pediu para eu pegar as lâmpadas que tínhamos no almoxarifado.

Quando mostrei onde elas estavam, ele disse que não iria trabalhar com aquelas lâmpadas e começou a me explicar O QUE ERA UMA LÂMPADA E O QUE ELA FAZIA.

A minha sorte foi que um dos meus colegas de trabalho, que é bem engraçado, esperto e também é homem, começou a agir sarcasticamente fazendo um 'mansplaining' e me dizendo: 'BEM Tirzah, você não sabia que as lâmpadas são como pequenas casas de vidro para pequenos sóis que vivem lá dentro e brilham quando você aperta um botão?!'

Não precisa nem dizer que o eletricista ficou bravo, que eu fiz uma reclamação à empresa em que ele era terceirizado e que ele nunca mais trabalhou conosco."

quarterhorse411

11. A explicação levemente paternalista:

"Eu trabalhava para uma empresa que fabricava móveis. Uma vez estávamos tendo uma reunião e eu era a única mulher presente em um grupo de oito pessoas. O dono da empresa estava explicando os materiais e os produtos químicos usados para obter um certo acabamento nos móveis, quando ele parou, olhou para mim e explicou, do nada, o que era acetona."

alicea4bf313f76

Publicidade

12. O especialista em Excel:

"Um colega uma vez ficou 45 minutos me explicando uma planilha do Excel. Uma planilha que eu criei. Ele até sabia que eu que tinha criado a planilha, mas isso não parecia fazer diferença. E ele ainda explicou tudo errado."

– alexw452dcc8d7

NBC

Publicidade

13. O especialista em anatomia feminina:

"Sou enfermeira e ensino técnicas clínicas a estudantes de enfermagem e outros profissionais de saúde. Um dia eu estava ensinando cateterismo feminino e explicava ao grupo sobre anatomia feminina e onde ficava a uretra. Então um estudante me interrompeu para explicar que a uretra ficava dentro da vagina".

charlottec4b8fba21a

14. O cliente super confiante:

"Uma vez, o computador que eu estava usando enquanto atendia um cliente travou. Na mesma hora, ele se inclinou e tentou resolver o problema, fazendo exatamente a mesma coisa que eu tinha acabado de fazer! (Claro que não funcionou)."

– gracep4c1f595af

Publicidade

15. O chefe inflexível:

"Meu chefe queria que um nome em uma apólice de seguro fosse mudado e, por razões legais, isso não poderia ser feito simplesmente alterando o nome - havia algumas etapas que precisavam ser executadas primeiro. Depois que eu expliquei isso a ele, ele começou a me dizer: 'Você sabe o que é uma mudança de nome? Apenas selecione o nome, clique no botão delete em cima desse nome e digite o outro nome lá. Se você precisar de orientações mais claras, dê uma pesquisada no google, por favor.' Nunca me senti mais satisfeita na vida do que quando as seguradoras precisaram chamá-lo para explicar que o que ele estava pedindo era ridículo."

Cringeforever

Warner Brothers

Publicidade

16. E os senhores que sabiam mais sobre as mulheres do que... uma mulher:

"Uma vez eu estava em uma reunião de marketing cheia de homens com cerca de 60 anos de idade.

Quando começamos a fazer um brainstorming de marketing para millennials (geração Y), principalmente mulheres millennials, eu, uma mulher millennial, dei meus pensamentos e ideias, que foram imediatamente descartados.

Quando ouvi as ideias deles, entrei em ação novamente com todas as razões pelas quais as mulheres millennials não achariam tais propostas atraentes.

Resumindo, foi explicado para mim – novamente, uma mulher millennial – por homens de 60 anos o que as mulheres millennials realmente querem.

A campanha POR MAIS INCRÍVEL QUE PAREÇA foi um fracasso e a empresa perdeu milhares de dólares."

– Danielle Luna via Facebook

Veja também:

16 tipos de homens "feministas" que precisam parar

21 coisas horríveis que já aconteceram com mulheres no trabalho

15 histórias de mansplaining que dão vontade de sair gritando na rua

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

A tradução deste post (original em inglês) foi editada por Luísa Pessoa.

Veja também