16 crimes que chocaram nossos leitores na infância

Aviso: os relatos podem conter detalhes perturbadores para alguns leitores.

Perguntamos pro pessoal do BuzzFeed Community quais histórias de crimes reais mais os chocaram na infância. Aqui está o que responderam.

AVISO: Os trechos seguintes contém conteúdo altamente perturbador. Por favor, prossiga como achar melhor.

1. O suposto canibalismo de Nathaniel Bar-Jonah.

phrases4you / Via youtube.com

Sou do estado de Montana e acredita-se que, na cidade de Great Falls, o molestador de crianças Nathaniel Bar-Jonah tenha assassinado o garoto Zach Ramsey e servido seus restos mortais para seus convidados nos churrascos que fazia. Ele tinha em casa receitas para cozinhar crianças, e cabelo humano foi encontrado no moedor de carne no seu apartamento.

jenebee

Publicidade

2. Cara a cara com o assassino.

WLKY News Louisville / Via youtube.com

Esta história aconteceu na minha cidade natal. Um homem de nome William Clyde Gibson ficou sendo suspeito de ser um serial killer após a polícia descobrir que ele tinha assassinado a melhor amiga da sua mãe. A parte mais nojenta desse crime específico é que Gibson cortou os seios dela e os armazenou no porta-luvas do seu carro. O que tinha na cabeça desse cara?! O pior é que eu conheci ele porque acabei trabalhando na prisão que ele estava antes de ser transferido para outra de maior segurança. É impossível olhar no olho desse homem e negar que ele tenha matado alguém.

karah44ee14366

3. Denis Rader, conhecido como "O Assassino BTK".

, thebtksite / Via youtube.com

Moro em Valley Center no Kansas. Na cidade vizinha, Park City, o BTK ("Bind, Torture, Kill", em português: amarrar, torturar, matar) matou muitas mulheres instalando sistemas de segurança em suas casas e assassinando-as depois. O pior era que minha mãe passava a noite na casa dele e era muito amiga da sua filha.

Opalanna321

Publicidade

4. Um crime pertinho de casa.

Associated Press / Via youtube.com

Na cidade em que eu nasci, Mount Vernon, Ohio, um rapaz chamado Matthew Hoffman seguiu uma menina e sua família. Esperou até que a garota e seu irmão tivessem voltado da escola, entrou na casa e matou a mãe da menina, seu irmão e um amigo da família. Sequestrou e aprisionou a menina no porão da casa dele. Esquartejou os cadáveres dos membros da família e os escondeu em uma área de florestas no norte da cidade. Os policiais encontraram a garota depois de alguns dias, no porão da casa dele, amarrada em uma cama de folhas. Foram dias de interrogatório até que Hoffman por fim confessasse onde havia escondido os corpos. Foi surreal morar aqui e acompanhar a medida que o caso foi se desvendando. Foi como estar dentro de um filme ou de um programa policial.

brookeer2

5. Um assassino próximo da família.

Brian Allen / Via youtube.com

Robert LeRoy Anderson foi condenado por sequestro, estupro e assassinato de duas mulheres, sendo que o corpo de uma delas nunca foi encontrado. Pra deixar tudo mais esquisito, ele e minha mãe eram amigos no ensino médio e ele chegou a dar pra ela uma foto de anuário que dizia: "Espero que você não morra no jogo" (Minha mãe não deixou eu postar a foto).

sophieh482515f68

Publicidade

6. O psicopata Kyle Morgan.

Moro em Woodstock, Illinois. Houve um assassinato há não muito tempo atrás que não foi muito comentado dada sua natureza. Em 2009, um homem convidou um rapaz sem-teto para o seu apartamento prometendo comida, abrigo e cerveja para uma noite (minha mãe morava no mesmo prédio). Algumas semanas depois, o pessoal da manutenção foi chamado em razão de um odor desagradável, e o que se viu era perturbador. O homem tinha sido esfaqueado múltiplas vezes com a inscrição "666" escrita na sua testa, e havia escritos satânicos na parede e no corpo da vítima. O rapaz, Kyle Morgan, foi encontrado a alguns estados de distância depois de um incidente de trânsito que levou a uma caçada em alta velocidade, sendo que duas pessoas foram atingidas no processo. Ele alegou "culpa por doença mental" e foi sentenciado a 30 anos de prisão.

erintribble60

7. O Bazar Bizarro de Robert Berdella.

Jerry Farris / Via youtube.com

Em Kansas City, nós temos Bob Berdella. Ele raptou, torturou e matou muitas jovens nos anos 80. Ele tinha uma loja em um mercado de pulgas local chamada Bob's Bizarre Bazaar (Bazar Bizarro do Bob) onde ele vendia caveiras e bijuterias esquisitas. Ele gostava muito de uma amiga minha, e quando tudo veio à tona (depois que uma de suas vítimas escapou nua em uma manhã de Páscoa), as fotos das vítimas revelaram o porquê. Os corpos nunca foram encontrados porque ele os cortava e jogava fora junto com o lixo. Por sorte, ele mantinha fotos e um diário bem detalhado.

rachelw50

Publicidade

8. O assassino de crianças do condado de Oakland.

WXYZ-TV Detroit | Channel 7 / Via youtube.com

Entre os piores crimes do estado do Michigan, se destaca o assassino de crianças do condado de Oakland. Ele foi responsável pela morte de quatro crianças no condado de Oakland, no estado do Michigan, entre 1976 e 1977. Um dos fatos mais inusitados aconteceu no caso de sua última vítima, Timothy. Depois do desaparecimento de Timothy, seus pais foram a público para implorar pelo seu retorno. Sua mãe declarou na matéria publicada no Detroit News que ela queria que ele voltasse para casa e ela prepararia a sua comida favorita, frango frito do Kentucky. O corpo de Timothy foi encontrado seis dias depois. A autopsia revelou que ele havia comido frango frito logo antes de morrer. O assassino nunca foi encontrado, e apesar de haver muitas teorias, o caso permanece sem solução. Espero que esse monstro seja encontrado um dia. Coitadas dessas famílias, não consigo imaginar o que elas passaram.

emilyk497fe401a

9. Um desaparecimento que virou trauma de infância.

FilmRise / Via youtube.com

Morgan Nick desapareceu em junho de 1995 em um campo de beisebol em Alma, Arkansas. Ela tinha seis anos, e nunca mais se viu ou ouviu falar dela. Sua mãe ainda espera que ela seja encontrada algum dia. Esse sequestro influenciou toda a minha infância, e até hoje eu sempre fico atenta às criancinhas pequenas que estão sozinhas ou perdidas em algum lugar público. Fico apavorada de pensar que, no dia seguinte, seus rostos possam estar nos noticiários.

a4a41af5c8

Publicidade

10. Um assassino no quarteirão.

TyneRoseMedia / Via youtube.com

O caso de Brianna Denison vai me perseguir pra sempre. Ela foi assassinada e violentada na cidade de Reno, no estado de Nevada. Foi raptada enquanto dormia na casa de uma amiga perto da faculdade. O responsável, James Biela, foi pego depois que encontraram o corpo dela perto do local em que eu trabalhava na época. A polícia conseguiu juntar pistas suficientes para relacionar o acontecido com outros ataques anteriores e assim identificar quem ele era. Na época, precisaram coletar o DNA do seu filho de quatro anos. Descobriram que ele manteve a vítima cativa na casa dele por vários dias antes de assassiná-la. Sabe onde ele morava? A um quarteirão da minha casa, perto de agentes do FBI, dois xerifes e um policial local. E pra finalizar, seu filho era amigo dos filhos da moça que tomava conta da minha filha.

—Alexia Fields Bliese, Facebook

11. O caso da "Palhaça Assassina".

WPTV News | West Palm Beach Florida / Via youtube.com

Cresci em uma cidade chamada Wellington, Flórida, no início dos anos 90. Em um domingo de manhã em Wellington, Mariene Warren atendeu na porta "um palhaço" que atirou nela e a matou. Demorou quase 30 anos para a polícia capturar "o palhaço".

(Nota do editor: Em 2017, a polícia conseguiu novas evidências de DNA que revelaram que Sheila Keen Warren era a pessoas vestida com a roupa de palhaço. Na época do assassinato, Sheila estava tendo um caso com o marido de Marlene, Michael Warren. Sheila e Michael se casaram depois que o caso foi arquivado).

aperel612

Publicidade

12. O Filho de Sam.

Fair Use / Via en.wikipedia.org

Entre 1976 e 1977, David Berkowitz, conhecido como "Filho de Sam" matou seis pessoas no Queens, na cidade de Nova York, dizendo que o cachorro do seu vizinho era quem o mandava fazer. O amigo do tio da minha irmã foi assassinado por ele. Tanto a família da minha mãe quanto a do meu pai moravam por lá. Todo mundo ficou super apavorado.

bridgetc426cf96f1

13. O assassinato da Família Brendel.

Glenn Butterfield / Via youtube.com

No início dos anos 90, a Família Brendel foi assassinada brutalmente em Barrington, Rhode Islande, por um amigo de confiança e professor da escola dominical, Christopher Hightower. Hightower tentou pegar um dinheiro com Ernest Brendel e não conseguiu, então o matou e colocou o corpo no bagageiro do seu carro. Também matou Alice, a esposa de Ernest, e sua filha Emily. Os três corpos foram encontrados em uma cova rasa atrás de sua casa depois de uma perseguição massiva. Emily tinha minha idade, e a história me deu calafrios. Escrevi um artigo na faculdade sobre os efeitos psicológicos que o caso teve sobre mim. Foi quando eu descobri que pessoas boas, incluindo crianças, podem ser mortas. Ainda consigo ver o retrato da família que os noticiários exibiam toda noite durante a busca dos corpos.

g41215b4f0

Publicidade

14. Ward Weaver e a entrevista no noticiário.

ladyy LL / Via youtube.com

Em Oregon City, Óregon, duas meninas, Ashley Pond e Miranda Gaddis, foram sequestradas e assassinadas por um homem velho e sinistro, Ward Weaver, que morava perto do ponto de ônibus que elas usavam. Ele deu uma entrevista em cima da laje de cimento que tinha feito pra esconder os restos das meninas. A casa em que ele morava foi demolida, e o terreno até hoje está vazio.

alaurenc90

15. A morte de JonBenét Ramsey.

Creative Commons / Via commons.wikimedia.org

O assassinato da pequena miss JonBenét Ramsey chocou os Estados Unidos nos anos 90 e ocorreu em Boulder, Colorado, que fica a apenas duas horas de distância da minha cidade natal, Colorado Springs. Minha mãe ficou muito tensa por um bom tempo depois do assassinato porque JonBenét tinha a mesma idade que minha irmã mais velha quando o crime aconteceu.

aloran

Publicidade

16. A matança de Charles Starkweather.

Fair Use / Via en.wikipedia.org

Charles Starkweather era um "serial killer" de 19 anos que matou onze pessoas, a maioria no Nebrasca e alguns no Wyoming, entre dezembro de 1957 e janeiro de 1958. Nos crimes de 1958, Starkweather estava acompanhado pela sua namorada de 14 anos, Carl Ann Fugate. Starkweather matou os pais e o irmão mais novo da namorada, que ainda era bebê. Sete dos crimes aconteceram em Lincoln, Nebrasca, a uns três kilômetros da casa da minha família.

rbmagee

Veja também:

7 misteriosos assassinatos não resolvidos que não vão deixar você dormir à noite

19 crimes não resolvidos que vão te matar de medo

16 fatos sobre assassinos em série que te deixarão aterrorizado

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

A tradução deste post (original em inglês) foi editada por Susana Cristalli.

Veja também