15 histórias de vingança que provam que o carma é 100% real

Cuidado pra não mexer com a pessoa errada.

Pedimos aos membros da Comunidade BuzzFeed para nos contarem histórias doidas e engraçadas sobre vingança. Aqui estão as melhores respostas:

1. Esta aluna brilhante:

"Tinha um idiota na minha turma de francês que sempre ficava copiando minhas provas, então eu escrevia propositalmente as respostas erradas, e depois mudava para as certas antes de entregar tudo. Alguns anos depois de nos formarmos a gente se encontrou e ele disse: "Eu colei de você durante todo o terceiro ano de francês, mas eu sempre ia mal. Acredita?" Expliquei que acreditava sim, porque sempre mudava minhas respostas. Foi ótimo".

—Emma Latta, Facebook

Publicidade

Harpo Productions

2. Este gramado bem conservado:

"Meu vizinho é um idiota. Toda vez que eu corto a minha grama ele reclama dizendo que agora vai ter que cortar a dele também. O motivo? Só para o meu gramado não ofuscar o dele. Por isso, comecei a cortar minha grama todos os dias. Às vezes eu fico um tempo sem cortar e, quando ele finalmente corta a grama dele, eu vou lá e corto a minha logo em seguida só para irritá-lo. Eu sei que o que estou fazendo é passivo agressivo, mas o cara e a esposa são grossos com todo mundo da vizinhança e essa foi a forma que encontrei de me vingar".

—Antonella MP, Facebook

Publicidade

3. Esta vingança de lavanderia:

"Descobri que meu ex me traiu enquanto eu estava fora, cuidando da minha avó. Ele era daltônico e não diferenciava muito bem os tons vermelhos e rosas. Ele também sempre pedia pra eu lavar a roupa dele porque "eu era melhor nisso". Então, peguei todas as camisas brancas dele e as lavei com uma única camisa vermelha minha. Ele não conseguia distinguir entre o branco e o rosa claro. Ele merecia algo pior".

—Tessa Meeks-Guthrie, Facebook

Harpo Productions

Publicidade

4. Esta vizinha de merda:

"Tive uma vizinha que nunca pegava o cocô do cachorro dela. Ele sempre fazia cocô no meu lado do quintal, bem ao lado da minha entrada. Eu disse educadamente várias vezes que ela precisava recolher o cocô, mas ela se recusava. Tudo piorou quando eu estava grávida e exausta da situação, então quando decidi enrolar um saco plástico nas mãos, pegar todo o cocô do cachorro que se acumulou durante a semana e jogar tudo na porta da casa dela. Ela se mudou uma semana depois".

—Mercy Antony, Facebook

5. Este gênio do mal:

"No meu antigo emprego, alguém sempre abria os meus holerites na pilha de correspondências do escritório. Eu sabia quem era, mas não conseguia provar. Então peguei um envelope parecido, enchi de glitter e deixei na pilha de correspondências. Um dia eu cheguei no trabalho e havia glitter rosa por todo o escritório porque a pessoa abriu o envelope e não conseguiu limpar tudo a tempo. Eu apenas olhei para ela com o meu melhor olhar de 'eu sei o que você fez'. Meus holerites nunca mais foram abertos."

mcape94

OWN

6. Essa biscoiteira:

"Minha colega de quarto da faculdade sempre roubava minha comida, mas dizia que estava 'estragada' e que ela teve que jogar fora. Um dia, deixei cair várias bolachas no chão sem querer. Foi quando tive uma ideia: limpei tudo e coloquei de volta na embalagem, porque sabia que ela comeria. Obviamente, voltei da aula e vi que as bolachas tinham desaparecido. Doce vingança".

kelseyl4526

7. Este marido inseto:

"Meu marido odeia baratas, é quase uma fobia. Então, quando ele me irrita, eu faço uma doação em dinheiro ao Zoológico do Brooklyn pois isso me permite nomear uma barata com o nome do meu marido.. Esse ainda é meu segredinho".

mikiefambro

ABC

8. Esta abelha rainha:

"Quando eu estava na segunda série, empatei na competição de ortografia com uma garota que sempre pegou no meu pé. No dia de escolher nossos prêmios ela não apareceu. Eu escolhi uma pasta de maquiagens belíssima, e disse ao professor que sabia que minha inimiga ia adorar um brinde que tinha um palhaço horroroso estampado. O olhar de medo quando ela viu aquela coisa assustadora me deixou muito satisfeita. Isso foi há 25 anos, e ainda é um dos meus momentos de maior orgulho".

tiffanytrainers

9. Esta trapalhada muito gratificante:

"Quando eu estava no jardim de infância, perguntei à minha professora se eu poderia ir ao banheiro e ela disse que não. Fiquei muito bravo, então resolvi mijar nas calças ali mesmo pois sabia que ela teria que lidar com a sujeira. Durante o resto do ano, eu consegui ir ao banheiro sempre que quis".

nicky9

Harpo Productions

10. O pesadelo deste músico:

"Meu namorado é músico e toca violão. Sempre que temos uma discussão, eu desafino todos os violões dele quando ele não está vendo. Vê-lo tendo que afinar seus violões novamente me deixa bem feliz."

carissab4c

11. Esta meta de vida:

"Tinha uma menina que passou o ensino médio inteiro me maltratando. Quando descobri que ela não conseguiu entrar na universidade que ela queria, decidi me vingar e me candidatei na mesma universidade e curso que ela havia tentado. Não só consegui a vaga como também ganhei algumas bolsas de estudo e até entrei para a Lista de Honras".

j4b765

Harpo Productions

12. Este olfato sensível:

"A minha ex-mulher odeia o cheiro de bananas (tipo, um ódio que vira o estômago, que vomita). Um dia eu enchi o carro dela com bolinhas aromáticas de banana, coloquei dentro dos dutos de ar condicionado e até debaixo dos tapetes. Ela demorou muito tempo pra conseguir tirar tudo.

ginah466

13. Esta jardineira:

"Quando descobri que meu namorado me traiu, escrevi a palavra 'ESCROTO' no gramado da entrada da cada dele utilizando um produto químico. Assim, todo mundo que passasse por ali saberia que tipo de pessoa morava naquela casa".

—Kate Alexandra Winder, Facebook

14. Este enganador:

"O meu ex engravidou outra mulher enquanto estávamos juntos. Terminei com ele e, para me vingar, eu sempre dava o endereço de email dele para aqueles cadastros de lojas que ficam te enchendo de propaganda. Nunca mais falei com ele, mas espero realmente que todos aqueles anúncios tenham sido úteis.

jesscanteven

15. E este encosto:

"Quando eu e minha ex terminamos, decidi entrar na conta de TV a cabo dela usando o meu celular e apaguei todas as gravações de filmes e séries que ela tinha lá. Além disso, criei uma playlist só com filmes e documentários macabros e assustadores. Então, vez ou outra eu pegava meu celular, entrava na conta dela e dava play em algo aterrorizante no meio da noite. Como a TV estava conectada ao meu celular eu conseguia até mexer no volume e deixar no mais alto possível. Mais tarde ouvi de um amigo em comum que a minha ex pensava que a casa estava assombrada".

—Karen Stevens, Facebook

Harpo Productions

Tem uma história de vingança ainda melhor? Conte nos comentários abaixo!

Observação: as respostas foram editadas por questões de espaço e clareza.

Este post foi traduzido do inglês.