15 comédias românticas que quase colocaram outros atores e atrizes como protagonistas

Você consegue imaginar como o mundo seria diferente se Nicole Kidman ou Gwen Stefani atuassem em "Sr. e Sra. Smith"?

1. O papel de Bridget, em "O Diário de Bridget Jones", foi oferecido a Toni Collette, que recusou a oportunidade.

Joe Scarnici / Getty Images, ©Miramax / Courtesy Everett Collection

Ela diz que não se arrepende e afirma que "não era para ser". No final das contas, quem ficou com o papel foi a Renée Zellweger.

2. Julia Roberts recusou o papel de protagonista em "Sintonia de Amor".

David M. Benett / Dave Benett / Getty Images, ©TriStar Pictures / Courtesy Everett Collection

A atriz disse que "não podia interpretar o papel", porque sentia que Meg Ryan e Tom Hanks eram perfeitos para o filme. "Acho que o que eles fizeram na época é mais ou menos o que eu e Richard Gere fizemos do outro lado da cidade [no filme 'Uma Linda Mulher', de 1990], sabe?".

Publicidade

3. Falando em "Uma Linda Mulher", várias atrizes foram consideradas para interpretar Vivian Ward, incluindo Molly Ringwald.

John Lamparski / Getty Images, ©Buena Vista Pictures / Courtesy Everett Collection

Molly hesitou em interpretar o papel por causa da temática do filme. No início, o título do roteiro era "$3,000" e era para ser uma exploração mais sombria e séria sobre o trabalho sexual nos anos 1980 em Los Angeles (EUA). Mas, depois de diversas e extensas revisões, o filme se tornou a história à la Cinderela que já conhecemos. Meg Ryan, Jennifer Jason Leigh e Michelle Pfeiffer recusaram o papel.

4. Ben Affleck foi convidado por Carrie Frazier, diretora de elenco de "As Patricinhas de Beverly Hills", que achou que ele seria "fabuloso" no papel de Josh.

Neilson Barnard / Getty Images, Elliot Marks / © Paramount Pictures / Courtesy Everett Collection

O ator fez a leitura para o papel e, embora o filme seja um clássico assim como é, eu daria tudo para vê-lo interpretar o Josh.

Publicidade

5. Tom Hanks e Molly Ringwald quase foram os protagonistas de "Harry e Sally - Feitos Um para o Outro".

©Columbia Pictures / Courtesy Everett Collection, Vittorio Zunino Celotto / Getty Images, Dimitrios Kambouris / Getty Images

O diretor Rob Reiner ficou relutante em colocar Billy Crystal no elenco, porque eles eram melhores amigos, conforme afirmou numa entrevista em 2016. A primeira escolha do diretor para protagonista foi Albert Brooks, que recusou o papel porque achou que era muito parecido com os filmes do Woody Allen. Reiner conversou com Tom, que disse que era muito "leve". Michael Keaton e Richard Dreyfuss também foram considerados para o papel, mas, por fim, Billy foi escolhido. O papel da Meg Ryan também foi oferecido a Molly, mas ela não conseguiu encaixar na sua agenda.

6. "Encantada" poderia ter sido protagonizado por praticamente qualquer outra atriz além de Amy Adams.

©Buena Vista Pictures / Courtesy Everett Collection

Christina Aguilera, Jennifer Aniston, Cameron Diaz, Jennifer Garner, Kate Hudson, Reese Witherspoon e Renée Zellweger estavam na disputa para interpretar Giselle, a amável e alegre princesa.

Publicidade

7. A 20th Century Fox ofereceu a Rachel McAdams o papel em "O Diabo Veste Prada" três vezes.

Jason Merritt / Getty Images, ©20thCentFox / Courtesy Everett Collection

Rachel McAdams se tornou muito valiosa depois do sucesso de "Diário de uma Paixão" e, mesmo depois do diretor David Frankel começar a negociar com a Anne Hathaway, o estúdio continuou insistindo para colocar a Rachel no elenco. Mas Anne estava decidida a conseguir o papel: ela escreveu as palavras "me contratem" no jardim da ex-presidente da Fox, Carla Hacken, e pediu ajuda para a Meryl Streep.

8. Nicolas Cage quase interpretou o papel de Joel Barish no clássico anti-comédia romântica "Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças".

Luca Teuchmann / WireImage, ©Focus Films / Courtesy Everett Collection

Antes do Jim Carrey entrar no elenco, Cage foi a primeira opção para o protagonista, ainda mais depois da sua atuação em "Adaptação", outro filme alucinante de Charlie Kaufman.

Publicidade

9. Emma Watson e Miles Teller podiam ter sido os protagonistas de "La La Land".

Summit Entertainment / courtesy Everett Collection, Taylor Hill / WireImage, Pascal Le Segretain / Getty Images

Emma Watson não pode participar do filme por causa de conflitos de agenda com as gravações do live-action de "A Bela e a Fera". Miles já passou por uma situação um pouco mais complicada: ele já estava apegado ao papel quando foi informado de repente de que não era mais considerado "a melhor escolha criativa". Também rolaram falsos relatos de que Miles e Emma eram "exigentes demais" e, por isso, teriam perdido os papéis. Mas Miles reforçou de que sempre foi leal ao projeto e ao diretor Damien Chazelle, com quem já havia trabalhado em "Whiplash: Em Busca da Perfeição". "Quando aquele filme estava quase desmoronando, eu continuei apegado a ele e disse a diretores com quem queria muito trabalhar que não poderia abandonar 'La La Land' porque o projeto estava rolando. Eu vou pro túmulo sabendo que, na hora da verdade, eu fui extremamente leal a Damien e ao filme. É tudo que eu posso dizer". Eita.

10. Estava definido que Nicole Kidman iria protagonizar "Sr. & Sra. Smith", o que significa que poderia ter existido um universo sem o casal Brangelina.

Christopher Polk / Getty Images for Turner Image, ©20thCentFox / Courtesy Everett Collection

A atriz desistiu por causa de conflitos de agenda com a gravação de "Mulheres Perfeitas" (Brad Pitt, ao que parece, também desistiu do projeto depois disso. Quando Angelina Jolie assinou o contrato, ele voltou pro filme). Gwen Stefani também foi considerada para o papel e afirmou a Howard Stern em 2016 que sentiu que "quase" conseguiu o papel, pois fez vários testes. "Eu queria fazer o filme, mas queria mais ainda fazer música", disse a cantora.

Publicidade

11. Ashton Kutcher e Josh Hartnett foram originalmente considerados para "10 Coisas que Eu Odeio em Você".

Bob Riha Jr / WireImage, Steve Jennings / Getty Images for TechCrunch, Jeff Spicer / Getty Images

O falecido Heath Ledger se tornou um galã de boa fé por interpretar o bad boy Patrick nesta adaptação de "A Megera Domada", de William Shakespeare. Mas, antes de entrar para o elenco, Ashton e Josh, mais conhecidos na época, foram considerados para o papel. E, se a diretora de elenco Marcia Ross não tivesse dado uma segunda chance a Heath no teste, ele poderia não ter conseguido.

12. Jennifer Lawrence disputou o papel de Olive em "A Mentira".

Matt Winkelmeyer / Getty Images, Screen Gems / ©Screen Gems/Courtesy Everett Collection

Gostem ou não, este filme se consolidou como um clássico dos anos 2000, em grande parte devido a atuação hilária e encantadora de Emma Stone. Então, você vai ficar em choque quando descobrir que Jennifer Lawrence fez os testes para o papel e, no Hollywood Reporter's de 2017 (que incluía Stone), revelou que realmente queria muito fazer o papel. Stone, que desistiu de fazer o filme "Sucker Punch - Mundo Surreal", de Zack Snyder, para gravar "A Mentira", brincou: "Você não conseguiu! Você não conseguiu, porque você é ruim!". Em resposta, Lawrence disse: "Te pego lá fora!".

Publicidade

13. Christina Applegate recusou o papel de Elle Woods em "Legalmente Loira".

John Shearer / Getty Images, Mgm / ©MGM/Courtesy Everett Collection

É isso mesmo, gente. Christina podia ter entregue a fala icônica: "Como se fosse difícil!" em vez de Reese Witherspoon. A atriz, que revelou não se arrepender da decisão, sentiu que o papel era parecido demais com o que interpretou na sitcom "Um Amor de Família". "Eu achei muito próximo do que estava fazendo e queria sair disso". Embora Christina tenha recebido o roteiro, Charlize Theron, Gwyneth Paltrow, Alicia Silverstone, Katherine Heigl, Milla Jovovich e Jennifer Love Hewitt foram consideradas para o papel.

14. Zooey Deschanel entrou para o elenco de "Questão de Tempo", mas teve de cancelar a gravação por causa de conflitos de agenda.

Mark Davis / Getty Images, Universal / ©Universal/Courtesy Everett Collection

É inegável que a Zooey Deschanel era dona e proprietária do segmento das comédias românticas, principalmente por causa do sucesso que fez como a onipresente e peculiar™️ Jess, de "New Girl". Ela conversou sobre atuar no filme do gênio Richard Curtis com o ator Domhnall Gleeson durante a pausa das gravações da série. No entanto, ela decidiu focar na sua carreira musical. Como fã incondicional de "New Girl" e de "Questão de Tempo", essa quase participação dela no elenco me causa muitas emoções. Por favor, respeite minha privacidade nesse momento.

Publicidade

15. Marilyn Monroe recusou o papel de Holly Golightly em "Bonequinha de Luxo", apesar de ter sido escrito para ela.

Baron / Getty Images, Courtesy Everett Collection

Truman Capote, que escreveu o romance no qual o filme vagamente se baseou, queria que Marilyn fosse a protagonista, já que os dois se conheciam e, em parte, ele escreveu o papel de Holly sobre e para ela. Mas ela foi convencida a não pegar o papel pela sua conselheira e professora de atuação Paula Strasberg, que a desencorajou de interpretar uma garota de programa. É claro, por fim, Audrey Hepburn interpretou o papel.

Este post foi traduzido do inglês.

Publicidade

Veja também