15 coisas que você precisa saber antes de morar com alguém

Morar com namorada ou namorada é uma aula de paciência, divisão de contas e banheiro compartilhado.

1. Internalizar questões pessoais é receita para desastre.

MTV / Via giphy.com

Não há lugar para esconder sua bagagem emocional quando você vai morar com seu companheiro, então é preciso transparência. Seja honesta sobre os problemas com o quais você está lutando, desde saúde mental até finanças. Esconder seus problemas não é saudável para você ou para o seu relacionamento, e você acabará até mais estressada se guardar tudo para si. Pode ser difícil ou constrangedor conversar sobre ansiedade, por exemplo, principalmente quando a gente se preocupo com coisas meio irracionais. Mas é ainda mais difícil ignorar as coisas e fingir que está tudo bem. Se o seu companheiro realmente se preocupa com você, ele estará ao seu lado em seus altos e baixos.

2. Eles vão descobrir que você faz cocô.

NBC / Via giphy.com

É impossível morar junto e continuar achando que seu companheiro é uma espécie de criatura mágica que nunca precisa fazer cocô e que ele cheira a incenso o tempo todo. Sua cara-metade se acostumará com o fato de que, se você está no banheiro há algum tempo, há apenas uma razão para isso. E se alguém ficar mal do estômago, a outra pessoa certamente vai ficar sabendo. Então, escolham uma vela para o banheiro e tentem aceitar que vocês verão alguma merda — literal e figurativamente — agora que moram juntos.

Publicidade

3. Goste ou não, é preciso falar de dinheiro

Nickelodeon / Via giphy.com

Assim que vocês vão morar juntos, as finanças se tornam um assunto frequente. Vocês não estão lidando apenas com o aluguel, mas também contribuindo com a sua casa de várias maneiras — compras, serviços, internet, comida, água e luz, etc. Depois que perdi meu emprego no ano passado, de repente tive que ser muito franco sobre quantos meses de aluguel eu tinha economizado e falar claramente que eu ia precisar de ajuda até voltar a trabalhar. Tenha uma conversa franca sobre dinheiro, contas e expectativas para que nenhum de vocês assuma mais do que você possa suportar.

4. Vocês devem continuar saindo em encontros (mesmo que nunca queiram sair de casa).

Paramount Pictures / Via giphy.com

Por que eu sairia da santidade do meu apartamento quando eu tenho um sofá, petiscos e meu namorado? Essa é uma pergunta que eu me fiz todo fim de semana nos últimos dois anos e meio que vivemos juntos. Mas, se você quer manter as coisas renovadas e divertidas como elas eram quando vocês começaram a se ver, vocês ainda devem planejar encontros fora de casa.

Publicidade

5. Você provavelmente ainda dirá "meu quarto" — e isso é normal.

Newmarket Films / Via giphy.com

Se você perguntar ao seu companheiro onde está algo — digamos, o carregador de telefone dele —, e ele disser: "ah, está no meu quarto", não surte e pense que ele não é capaz de se comprometer. Eu disse à minha mãe que meu namorado e eu ainda escorregamos e dizemos "meu quarto" ou "minha cama" quando queremos dizer "nosso/nossa", e ela me disse que depois de 35 anos de casamento, ela e meu pai ainda fazem isso. Velhos hábitos são difíceis de mudar.

6. Vocês podem ter ideias diferentes do que significa "limpo".

Warner Bros. / Via giphy.com

Eu descobri que sou mais uma pessoa do tipo "organizada", e que o meu namorado é mais uma pessoa do tipo "limpa". Você pode achar que são iguais — até morarem juntos. Eu sou mais focado em ter nosso apartamento arrumado e organizado: sem roupas no chão, itens da mesa em seu devido lugar e produtos de higiene pessoal guardados. Meu namorado se importa menos com essas coisas e mais em lavar a louça, aspirar o pó e limpar bem o chuveiro. Agora que resolvemos isso, aprendemos a comprometer e a evitar que nosso apartamento se torne um chiqueiro.

Publicidade

7. Falando nisso, vale a pena realmente criar um sistema para dividir as tarefas.

Disney / Via giphy.com

Eu não estou dizendo que vocês têm que fazer um gráfico com cada tarefa de cada dia e pendurá-lo na geladeira (embora, se é isso que funciona para vocês, vão em frente), mas vocês deveriam pelo menos falar sobre quem lidará com o quê (e a frequência com que cada coisa precisa ser feita), para que vocês não briguem constantemente sobre quem lavou mais louça naquela semana. Enquanto eu crescia, minha tarefa era tirar o lixo, enquanto a da minha irmã era aspirar. Por que não ter um plano semelhante com o seu companheiro?

8. Mas não espere que tudo seja meio a meio o tempo todo, porque isso não vai acontecer.

Nickelodeon / Via giphy.com

Por mais que vocês tentem, haverá momentos em um está fazendo mais que o outro. Esperar que cada um de vocês faça sua parte igualmente e conseguir um equilíbrio perfeito das tarefas domésticas o tempo todo é impossível e vai deixá-los loucos. A menos que isso esteja se tornando totalmente injusto — caso em que vocês devem conversar sobre o assunto —, saiba que perfeição não existe.

9. Você vai descobrir incômodos que nunca imaginou ter.

Se de repente você perceber que acha ruim o jeito que o seu companheiro não empurra nenhuma cadeira de volta para mesa depois de se levantar, não deixe a frustração se acumular até explodir. Isso vale para a pilha de roupas no chão do quarto ou pêlos na pia do banheiro. Em vez de deixar pequenos aborrecimentos acumularem e causarem brigas, sejam francos (mas gentis) sobre coisas que incomodam, para que possam descobrir como lidar com os hábitos um do outro.

10. Se você pensou que vocês eram esquisitos antes, APENAS ESPERE.

ABC / Via giphy.com

Meu namorado e eu sempre fomos bobos um com o outro, mas desde que passamos a morar juntos, nos tornamos mais esquisitos do que nunca. E isso é o que eu mais gosto sobre morar com ele. Usamos vozes estranhas cerca de 90% do tempo, falamos como se estivéssemos nas séries que assistimos juntos (ele ficaria feliz em contar sobre minha imitação da Claire Foy em The Crown), e dançamos na sala de estar. Prepare-se para a liberdade total de ser quem você é.

11. Memorizem os horários um do outro.

Screen Gems / Via giphy.com

Eu trabalho das 10:00 às18:00, e meu namorado está na faculdade, então nossos horários, deslocamentos e rotinas são muito diferentes. É muito útil saber o planejamento do dia dele — que horas ele precisa se levantar, quando precisa sair, quando estará em casa para jantar, etc. —, dessa forma eu não fico brigando com ele pelo banheiro não fico perguntando que horas ele sai da aula e não fico esquecendo de quando ele deveria estar em casa, consequentemente enviando mensagens do tipo: "POR QUE VOCÊ NÃO ESTÁ AQUI AINDA? VOCÊ ESTÁ BEM? O QUE ACONTECEU???"

12. Deem um tempo um do outro.

IFC / Via giphy.com

Isso não é a coisa mais fácil se você mora em um apartamento de um quarto, mas como alguém que precisa de alguma solidão para manter a sanidade, sei que é crucial. Sejam claros quando precisarem de um tempo para relaxar ~sozinha~. Eu digo ao meu namorado: "Ei, eu realmente preciso de um momento de silêncio agora, então eu vou ler no quarto um pouco!" Contanto que ele saiba que não estou secretamente brava com ele, ele jamais se importará se eu precisar de algum tempo para ficar sozinha.

13. E não pare de fazer as coisas que fazem de você quem você é.

FOX / Via giphy.com

É fácil se envolver em sua vida de casal quando se mora junto. Às vezes eu só quero ficar olhando para o meu namorado a noite toda enquanto ele faz coisas banais, como navegar pelo Instagram. Mas cuide para não se perder no processo. Se quebra-cabeças são sua paixão, não os guarde só porque você tem medo de eles ocuparem espaço. Se você tem um hobby, como fotografia, não pare só porque você acha que deve estar ao lado do seu companheiro o tempo todo. Seja fiel ao que faz você feliz.

14. As pessoas podem pressioná-la a se casar, mas não dê ouvidos a elas.

FOX / Via giphy.com

Só porque vocês compartilham um lugar juntos agora não significa que vocês tenham que se casar imediatamente. Mudar-se para morar junto é sério, o que pode levar as pessoas a perguntarem quando será o casamento ou dizerem como estão empolgadas para o casamento de vocês, mas não deixe que isso atrapalhe a sua visão do futuro. Sigam no seu próprio ritmo, e se o casamento não estiver nos planos, tudo bem também! Isso diz respeito apenas a vocês.

15. E você adorará chamar seu espaço de "casa".

ABC / Via giphy.com

Isso é brega para caramba, mas depois de quase três anos morando juntos, eu ainda adoro dizer ou mandar mensagem do tipo "Estou a caminho de casa!" Ter seu próprio cantinho compartilhado nesse grande e maluco planeta em que vivemos é a melhor sensação que há. É o seu espaço seguro para rir de Parks and Recreation pela 300ª vez, dar a festa de Ano Novo perfeita, desabafar no sofá todas as noites sobre o drama da sua colega de trabalho e aconchegar-se até esquecer que há um mundo fora da sua casa.

Este post foi traduzido do inglês.