15 coisas machistas que provam como a sociedade trata mal as mulheres

Homens dão de cara com mulheres se elas não saem da frente deles na rua.

BuzzShe

Dia desses, eu estava rolando o feed do TikTok quando me deparei com um vídeo que chamou minha atenção. A @power.to.her perguntou: "Que coisas são descaradamente machistas, mas foram normalizadas pela sociedade?"

@power

Stitch this and tell us what you’ve noticed! #lastnames #doublestandards #sexist #stitchme #patriarchytingz #societystandards

Publicidade

Foram muitas respostas! Aí vão algumas das mais poderosas e provocadoras:

1. @power.to.her trouxe um exemplo forte pra começar a conversa: a sociedade espera que as mulheres troquem de sobrenome quando se casam. Ela apontou que o sobrenome de uma mulher (antes do casamento) está ligado ao seu diploma e às suas conquistas.

"E o fato de que muitos homens esperam que elas usem o sobrenome deles... ALERTA VERMELHO!!"

Publicidade

2. Lindsey Shelton falou sobre a diferença de tratamento pra homens e mulheres ao procurar procedimentos de esterilização. Ela já consultou vários médicos para fazer laqueadura, mas sempre pediam reuniões com ela E com o seu marido, diziam que era jovem demais e que deveria ter um filho antes de realizar o procedimento (o que vai contra o principal objetivo do negócio). Enquanto isso, o marido dela fez uma ligação e conseguiu marcar uma data para fazer vasectomia.

3. Amber Reignn citou a tradição do pai levar a noiva ao altar e a entregar para o novo marido. Esse costume vem de quando as mulheres eram consideradas propriedades que eram passadas de um homem para outro. "Sinto que isso deveria acabar quando começamos a ganhar direitos", acrescentou a TikToker.

@amberereignn / tiktok.com

Publicidade

4. Mira falou sobre outros elementos sexistas dos casamentos. Mulheres normalmente usam vestido branco, um costume que simboliza a virgindade. E é tradição a família da mulher pagar pela cerimônia, o que tem origem na época em que a família da noiva pagava o dote para o marido.

@miramimihi / tiktok.com

"Você tem que usar um vestido branco, pq se não for virgem, vc é uma merda"

5. Effie Elizabeth disse que, em geral, quando mulheres estão caminhando e um homem vem em sua direção, elas desviam primeiro (já que homens quase nunca fazem isso). A TikToker compartilhou que parou de fazer isso, e a quantidade de vezes que homens esbarraram nela foi BIZARRA.

@effieelizabeth / tiktok.com

Publicidade

6. Quando se trata da guarda dos filhos, Lindsay Evz apontou que os pais costumam pegar as crianças nos finais de semana. Isso significa que eles acabam sendo considerados "os pais divertidos" e não precisam lidar com coisas chatas, tipo deveres escolares, por exemplo.

@lindsayevz / tiktok.com

7. Emily Deahl trouxe um ponto muito interessante sobre atores e atrizes. Em geral, homens podem fazer par romântico durante a vida toda, mas mulheres têm uma janela de tempo muito menor para isso.

@emilydeahl / tiktok.com

Publicidade

8. Michelle Rosas disse que as pessoas julgam mães e pais que jogam videogames de forma diferente. Ela explicou que, se ela jogasse videogame o dia inteiro, diriam que ela está "negligenciando seus filhos". Mas, se um homem fizer a mesma coisa, diriam que é bom, porque ele está em casa.

@basicmichi / tiktok.com

9. Jessi Rae disse que há práticas desleais no processo de compra de um imóvel. Ela usou o próprio dinheiro para dar entrada em uma casa para ela e pro companheiro. Mas as empresas envolvidas no negócio se dirigiam a ele como o dono da casa.

@notsansa / tiktok.com

Publicidade

10. Charissa Cooke falou sobre como meninas são tratadas com machismo. Ela lembra que algumas pessoas falavam que ela deveria cuidar da segurança da sua filha, porque ela era muito bonita. A TikToker diz que não existe isso quando se trata de meninos, que são os que crescem e assediam sexualmente as meninas. Ela acrescenta: "Ah, cuida do seu filho quando ele for mais velho... Ele pode ser um predador!".

@charissacooke / tiktok.com

11. Em noticiários, Amanda Castrillo percebeu que mulheres são referenciadas pelos seus relacionamentos. Por exemplo, primeiro dizem que ela é "esposa e mãe de dois", em vez de falarem o nome dela. Homens, em geral, não são tratados da mesma maneira. "Eu não sou só a esposa do meu marido", ela diz. "Em primeiro lugar, eu sou eu".

@amandajustvibin / tiktok.com

Publicidade

12. Com uma bolsa d'água quente nas costas, Colleen explicou que as cadeiras de escritório são fabricadas com as medidas dos homens em mente. Isso pode causar desconforto às mulheres no local de trabalho.

@thefriendlylocalcannibal / tiktok.com

13. Nettie Scott observou que mulheres são criadas para serem educadas demais desde a infância. Isso é um grande desserviço, pois esse condicionamento pode acabar fazendo uma mulher entrar em situações em que corre perigo.

@tubbybridges / tiktok.com

Publicidade

14. Randi Nicole percebeu que há uma grande diferença em como a sociedade vê a maneira como pais e mães aproveitam o tempo livre quando não estão com as crianças. Mães que têm vida social normalmente são vistas com maus olhos, enquanto homens recebem elogios, não importa se saem com seus amigos ou não, apenas por serem pais presentes.

@luvvsickcrackhead / tiktok.com

15. E, por último, Victoria Garrick falou sobre o machismo nas expressões utilizadas para encorajar as pessoas a serem fortes e duronas. "Ter culhões", por exemplo, é uma expressão muito comum, mas a TikToker lembrou que, na verdade, os testículos são super sensíveis.

@victoriagarrick4 / tiktok.com

Além disso, "coisa de mulherzinha" é uma expressão muito utilizada pra descrever uma pessoa fraca ou com medo. Mas isso não faz sentido, porque mulheres são MUITO fortes! Elas literalmente trazem vida a este mundo!

Publicidade

Este post foi traduzido do inglês.

Veja também