14 confissões de leito de morte que vão te fazer questionar tudo que já te disseram

Às vezes, os segredos não são levados para o túmulo.

Sabendo que com certeza havia mais histórias por aí, achei que seria interessante pedir para a Comunidade BuzzFeed compartilhar as confissões de leito de morte mais surreais que já ouviram... E, sim, as pessoas entregaram tudo:

"Preciso saber de mais detalhes"

ABC / giphy.com

Publicidade

Sem mais delongas, aqui estão algumas das histórias mais surreais, assustadoras e surpreendentemente fofas que foram compartilhadas.

"Vou esperar até estar no leito de morte, falar minhas últimas palavras e morrer logo depois."

FOX / giphy.com

1. "Minha mãe tinha um paciente terminal que confessou matar o irmão gêmeo no Vietnã, colocou a culpa da morte na guerra, roubou a identidade e voltou para os Estados Unidos para ficar com a esposa dele."

"A esposa havia morrido anos antes. Os filhos do paciente acharam que a confissão tinha sido um sintoma de demência até depois de sua morte. Mas, no final das contas, a filha dele encontrou uma confissão escrita de décadas atrás dentro de uma velha bíblia."

—Anonymous

Publicidade

2. "Minha tia-avó disse que o marido, no leito de morte, confessou ter encolhido duas blusas caras favoritas dela na secadora muitos anos antes."

"Ela achou que alguém tinha invadido a casa e roubado as coisas dela, já que ele jogou fora as provas. Por ANOS, ela teve esperanças de que as peças iam aparecer. Ela disse que até suspeitava de que alguma das suas amigas tinha roubado as blusas em uma festa! Não. Ele só teve medo de admitir que tinha estragado. Por, tipo, 20 anos. Ela o perdoou (óbvio), e eles deram risada juntos."

ahcomeonnow

3. "Tive uma paciente de 86 anos que colocou UM MONTE de cruzes ao redor do quarto. Precisei pedir para que tirasse, porque estava atrapalhando o cuidado que ela precisava. Ela insistiu em deixar, porque 'era uma cruz para cada alma que levou'. Se isso for verdade, ela levou 14 almas."

—Anonymous

Publicidade

Shestock / Getty Images/Tetra images RF

4. "Minha tia-avó disse a vida inteira que o seu aniversário era em 30 de outubro. No leito de morte, descobrimos que era no dia 31. Ela e a família mentiram por mais de 80 anos por superstição. Os documentos provaram a data depois de sua morte."

mtjobjob

Publicidade

5. "Quando meu avô estava morrendo, ele confessou para minha mãe que o irmão mais novo dela não era seu filho biológico. Minha avó morreu anos antes e levou o segredo para o túmulo."

"Meus avôs não estavam juntos e moravam em casas separadas, mas, durante esse período, seria escandaloso ter um filho de outro homem. Meu avô criou meu tio como se fosse filho dele, e nenhum dos outros suspeitava que era de outro pai. Só anos depois minha mãe contou para o meu tio, e ele não se importou. Ninguém da família sabe. Até eu descobri sem querer.

—Anonymous

6. "Meu pai me disse que, quando meu avô estava prestes a morrer, finalmente contou para a família por que tinha uma tatuagem no braço. Sempre foi um mistério, já que ele era pastor de igreja e nunca tinha falado sobre isso."

"Parece que, aos 19 anos, ele era arrombador de cofres, roubou um banco e foi preso, então fez a tatuagem na prisão. Quando ele foi solto, decidiu nunca contar para ninguém e mudar de vida."

lmniccum01

Publicidade

7. "Eu trabalho com cuidados paliativos e escutei muitas confissões de leito de morte, mas a mais triste foi a de uma mulher que deu a luz a um filho que teve fora do casamento sozinha em casa e decidiu colocar o bebê no congelador, pois não conseguia suportar a ideia das pessoas da comunidade descobrirem o que tinha acontecido."

reginaalloway

Publicidade

8. "Antes do meu avô morrer, por fim, ele contou para minha mãe que ele e minha avó estavam divorciados há ANOS. Ninguém da família sabia de nada."

"No testamento, ele ainda queria deixar tudo para ela, e eles ainda moravam juntos. Ao mexer nas coisas deles, ela encontrou os papéis de divórcio que tinham sido assinados em 1978."

ribbin

"Cara, você assinou os papéis do divórcio ou não?"

FOX / giphy.com

Publicidade

9. "Minha mãe nunca conheceu o pai dela, pois foi o resultado de uma noite de sexo casual nos anos 60. Minha avó vem de uma família conservadora, então foi um escândalo. Ela ia dar minha mãe para adoção, mas mãe dela (minha bisavó) disse que não era para fazer isso de jeito nenhum e a criou."

"Minha avó sempre mentiu sobre quem era o pai da minha mãe, dizia que ele era uma pessoa horrível e deu até um nome de desenho animado para ele, pensando que seria mais difícil pesquisar sobre ele. No leito de morte, ela confessou que não sabia quem ele era, mas que era um dos marinheiros que estavam no porto. Ela não sabia o nome nem outros detalhes sobre ele."

bessk89

10. "Minha avó confessou trair o marido e incentivou minha mãe (a nora dela) a fazer o mesmo."

—Anonymous

Publicidade

NBC / giphy.com

11. "Antes da minha avó morrer, ela falou que odiava ser casada e criar filhos."

"Ela disse que queria ter feito muitas coisas que nunca pôde, mas que amava todos mais do que tudo mesmo assim. Mais tarde, minha mãe morreu com os mesmos arrependimentos."

kmlw71

Publicidade

12. "Meu pai cresceu achando que sua mãe tinha cometido suicídio quando ele tinha 10 anos. Antes de morrer, meu avô confessou para o meu pai que, na verdade, tinha assassinado minha avó."

—Anonymous

13. "Minha avó nasceu em Cuba e, quando veio para os EUA, costumava sacar o dinheiro do seguro que recebia e deixava num pote embaixo da cama. Quando ela morreu, decidimos verificar cada centímetro do apartamento para descobrir onde poderia ter escondido o dinheiro."

"Meu tio falou que, na sua última semana no hospital, ela ficava repetindo para ele olhar dentro do forno, mas não dava nenhum contexto. Minha mãe abriu a porta do forno e encontrou um saco de lixo embaixo de uma das grades. Abrimos e encontramos duas Tupperware com um total de 12 mil dólares (cerca de R$60 mil)."

—Anonymous

Publicidade

Red Chillies Entertainment / giphy.com

14. E, por último: "Minha avó falou para todas as 'crianças' (eu e meus primos, todos já crescidos) que tinha uma tatuagem do estado do Texas na bunda. A enfermeira teve um ataque de riso e confirmou que era verdade."

mkatherinekelly

Publicidade

Nota: As respostas foram editadas por questões de tamanho e/ou clareza do texto.

Este post foi traduzido do inglês.

Publicidade

Veja também