14 celebridades que receberam MUITO dinheiro para escrever livros sobre si próprias

Que vontade de escrever um livro...

1. Em 2017, os Obamas receberam um adiantamento de mais de US$65 milhões para um contrato conjunto de livros, que incluía "Minha História", de Michelle, e "Uma Terra Prometida", de Barack.

The Obamas waving at a crowd
The Obamas waving at a crowd
The cover of Michelle's book, Becoming
The cover of Michelle's book, Becoming
the cover of Barack's book, A Promised Land
the cover of Barack's book, A Promised Land

Scott Olson / Getty Images, Scott Olson / Getty Images, Jamie Mccarthy / Getty Images

A Penguin Random House ganhou o acordo com sua oferta – foi o acordo de livro presidencial mais caro da história.

2. Em 2021, o príncipe Harry recebeu um adiantamento de US$20 milhões para seu livro de memórias.

Prince Harry speaking at an event
Prince Harry speaking at an event

John Lamparski / Getty Images,

O tão esperado livro, que provavelmente incluirá sua experiência como membro da realeza, foi adquirido pela Penguin Random House. Harry disse que doará os lucros das vendas de seu livro, mas não está claro o que ele fará com o adiantamento de US$20 milhões.

Publicidade

3. Em 2022, Britney Spears recebeu um adiantamento de US$15 milhões para seu livro de memórias.

Logo após o lançamento do controverso livro revelador de Jamie Lynn Spears, foi anunciado que Britney assinou um contrato multimilionário com a Simon & Schuster para compartilhar seu próprio relato de sua história de vida.

@britneyspears / Via instagram.com

4. Em 2014, Hillary Clinton recebeu um adiantamento de US$14 milhões para seu livro, "Hard Choices".

Hillary Clinton holding up her book
Hillary Clinton holding up her book

Paul Zimmerman / WireImage / Getty Images

O livro de Hillary fala sobre seu tempo no Departamento de Estado e foi publicado por Simon & Schuster. Este foi o quinto livro publicado pela ex-secretária de Estado.

Publicidade

5. Em 2003, Bill Clinton recebeu um adiantamento de US$10 milhões para seu livro, "My Life".

Bill Clinton at a book signing for his book
Bill Clinton at a book signing for his book

Ian Waldie / Getty Images

O editor Alfred A. Knopf fez um acordo com o ex-presidente para um livro de memórias sobre sua vida e seu tempo na Casa Branca. O livro foi um enorme sucesso, vendendo 400.000 cópias em seu primeiro dia nas prateleiras.

6. Em 2016, Bruce Springsteen recebeu um adiantamento de US$10 milhões para "Born to run: Bruce Springsteen - Autobriografia".

Bruce Springsteen at Barnes & Noble
Bruce Springsteen at Barnes & Noble
Bruce Springsteen's books stacked up
Bruce Springsteen's books stacked up

Debra L Rothenberg / Getty Images, Thomas Cooper / Getty Images

Simon & Schuster publicou o livro de Bruce sobre sua infância, seu desejo de se tornar um músico e sua icônica carreira no rock'n' roll.

Publicidade

7. Em 2015, Amy Schumer conseguiu um adiantamento de US$8 milhões para "A Garota com a Tribal nas Costas".

Amy Schumer climbing stairs at Barnes & Noble
Amy Schumer climbing stairs at Barnes & Noble
Amy Schumer's book cover
Amy Schumer's book cover

Gary Gershoff / FilmMagic / Getty Images, Simon & Schuster

Amy inicialmente ganhou US$1 milhão por seu livro com a HarperCollins em 2013, mas logo cancelou seu contrato devido a restrições de tempo. Em 2015, Amy revisou seu livro de ensaios e assinou com a Simon & Schuster por US$8 milhões. Aí sim, né?

8. Em 2007, Keith Richards recebeu um adiantamento de US$7 milhões para seu livro, "Vida".

Keith Richards holding his book at a signing
Keith Richards holding his book at a signing

Ian Gavan / Getty Images

O livro de memórias, que vendeu mais de um milhão de cópias em seu primeiro ano de circulação, tornou-se um dos livros de rock de maior sucesso da história. Foi publicado pela Little, Brown and Company.

Publicidade

9. Em 2008, Tina Fey recebeu um adiantamento de US$ 6 milhões para "Tina Fey: A Poderosa Chefona".

Tina Fey holding a copy of Bossypants
Tina Fey holding a copy of Bossypants

Marcel Thomas / WireImage / Getty Images

Depois de receber ofertas de várias editoras, a comediante acabou assinando com a Little, Brown and Company. O livro é uma coleção de ensaios autobiográficos sobre a jornada de Tina como escritora, atriz e mãe, com uma narrativa bem-humorada.

10. Em 2008, Russell Brand recebeu um adiantamento de US$3,5 milhões por um contrato de dois livros para "Articles of Faith" e "Booky Wook 2: This Time It's Personal". Nesse acordo, a editora também obteve os direitos do famoso primeiro livro de memórias de Russell, "My Booky Wook".

Russell Brand holding his book in a bookstore
Russell Brand holding his book in a bookstore

Beck Starr / FilmMagic / Getty Images

HarperCollins assinou com Russell dois livros baseados no sucesso de sua primeira autobiografia. "Articles of Faith" conta o processo de pensamento de Russell, e explora seus artigos publicados anteriormente. "Booky Wook 2" usa um estilo de autobiografia mais tradicional.

Publicidade

11. Em 2012, Lena Dunham conseguiu um adiantamento de US$ 3,5 milhões para "Não Sou Uma Dessas".

Lena Dunham holding her book
Lena Dunham holding her book

Stuart C. Wilson / Getty Images

As ofertas para o livro de Lena começaram em US$1 milhão, mas ela acabou conseguindo um avanço maior com a Random House Publishing. Seu livro, que acabou se tornando o segundo na lista de best-sellers do New York Times, é uma coleção de ensaios, listas e e-mails engraçados.

12. Em 2013, Aziz Ansari recebeu um adiantamento de US$ 3,5 milhões para "Romance Moderno".

Aziz Ansari holding his book
Aziz Ansari holding his book

Slaven Vlasic / Getty Images

O livro de Aziz, que foi escolhido pela Penguin Press, não é um livro típico de memórias. É uma visão bem-humorada sobre encontrar o amor na era da tecnologia.

Publicidade

13. Em 2015, Gabourey Sidibe recebeu um adiantamento de US$2,5 milhões por "This Is Just My Face: Try Not to Stare".

Gabourey holding her book in a bookstore
Gabourey holding her book in a bookstore

Brandon Williams / Getty Images

Várias editoras disputaram a coleção de ensaios autobiográficos da atriz, mas o livro acabou com Houghton Mifflin Harcourt em um acordo multimilionário

14. E por fim, em 2010, Demi Moore conseguiu um adiantamento de US$ 2 milhões para "Inside Out".

Jamie Mccarthy / Getty Images for ABA

Demi assinou seu livro exclusivo com a HarperCollins. O livro de memórias descreve sua jornada para o sucesso e os relacionamentos complicados que ela mantém com algumas pessoas em sua vida.

Publicidade

Veja também