12 comidas que são proibidas em algumas partes do mundo

Sabia que não existe Kinder Ovo Surpresa nos EUA?

1. Mascar chiclete é ilegal em Singapura.

Getty Images

A proibição nos anos 90 tinha o objetivo de melhorar a limpeza na ilha, onde também existem normas contra escarrar e pichar. Hoje em dia, contudo, é possível comprar coisas como chicletes sem açúcar e de nicotina em farmácias.

2. M&M's foram banidos na Suécia.

Getty Images

Em 2016, um tribunal sueco decidiu contra a fabricante de doces Mars em uma disputa de registro de marca com a Mondelez (a empresa anteriormente conhecida como Kraft). Como a Mondelez já estava vendendo amendoins cobertos com chocolate sob sua marca Marabou com um único "m" na embalagem, os M&M's seriam parecidos demais e poderiam confundir os clientes.

Publicidade

3. Existem Kinder Ovos Joy nos EUA, mas não Kinder Ovos Surpresa.

Ferrero

O ovo Kinder Joy tem duas metades individualmente embaladas (uma metade contém o chocolate e a outra o brinquedo), o que o tornaria mais seguro que os Surpresa. Os Kinder Ovos Surpresa trariam risco de sufocamento, segundo a FDA, a agência federal americana de alimentos e medicamentos.

4. Corantes alimentícios artificiais estão basicamente proibidos na Europa.

Getty Images

Em resposta a um estudo que ligou o consumo de corantes alimentícios artificiais à hiperatividade em crianças, o Parlamento Europeu aprovou uma lei em 2010 proibindo o uso de corantes alimentícios para bebês e crianças pequenas.

Publicidade

5. E a venda de samosas está proibida no sul da Somália.

Getty Images

Em 2011, o grupo extremista islâmico al-Shabab, que efetivamente controla a maior parte do país, proibiu a venda de samosas por questões de saúde pública (comerciantes foram acusados de fazê-las com carne de gato), apesar de haver relatos de que o grupo considerava samosas "ocidentais demais."

6. Nas escolas francesas, o consumo de ketchup é rigorosamente controlado.

Getty Images

Por quê? É um esforço do governo francês para "promover a alimentação saudável e (...) proteger a culinária tradicional gaulesa." Contudo, é permitido servir ketchup com batatas fritas, que só podem entrar no cardárpio uma vez por semana.

Publicidade

7. A venda interestadual de leite cru (não pasteurizado) é ilegal nos Estados Unidos.

Getty Images

Caso você não saiba, a pasteurização é um processo que mata as bactérias nocivas do leite, e por isso a FDA tornou ilegal a venda interestadual de leite "cru" nos EUA.

8. A produção de foie gras foi proibida em vários países ao redor do mundo.

Getty Images

Como a iguaria francesa é produzida a partir da alimentação à força de gansos e patos, a produção de foie gras foi banida em cidades americanas como San Diego e Chicago, assim como em alguns países, incluindo a República Tcheca, Dinamarca, Finlândia, Alemanha, Itália, Luxemburgo, Noruega, Polônia, Turquia e o Reino Unido.

Publicidade

9. Batatas fritas e outros alimentos "livres de gorduras" e feitos com o aditivo olestra estão proibidos no Canadá e em grande parte da Europa.

Getty Images

Este aditivo era um ingrediente essencial das batatas Pringles sem gordura nos anos 90 nos EUA, mas só foi aprovada pela FDA sob a condição de que todos os alimentos com olestra tinham que ser embalados com o aviso: "O olestra pode causar cólicas abdominais e diarreia."

A associação do olestra com problemas gastrointestinais
e outros evitou que a substância fosse aprovada em outros países.

10. Caviar de beluga é proibido nos Estados Unidos.

Getty Images

O US Fish and Wildlife Service (uma unidade do Departamento do Interior dos EUA dedicada à preservação da vida selvagem) baniu a importação deste caviar em 2005, quando o esturjão-beluga passou a ser uma espécie ameaçada.

Publicidade

11. Amêndoas cruas são rigorosamente controladas na Califórnia.

Getty Images

A indústria amendoeira na Califórnia é obrigada, de acordo com a "norma da amêndoa" de 2007, a usar pasteurização ou fumigação para evitar a transmissão de doenças de origem alimentar. Contudo, agricultores ainda podem vender amêndoas "cruas" diretamente aos consumidores em pequenos lotes.

12. E, finalmente, é proibido beber achocolatado nas escolas de São Francisco, nos EUA.

Getty Images

Desde o ano passado, as escolas de São Francisco proíbem o leite com chocolate em escolas de ensino fundamental e médio por questões de saúde. O distrito escolar tampouco permite o consumo de refrigerantes nas escolas, assim como proibiu biscoitos e outros doces de serem servidos com o almoço.

Publicidade

Veja também:

Publicidade

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

Este post foi escrito originalmente em espanhol.

Publicidade

Veja também