11 sinais de transtorno de ansiedade que você talvez não saiba identificar

Às vezes as pessoas não procuram tratamento porque não sabem que estão precisando dele.

Susana Cristalli / BuzzFeed Brasil

As palavras "transtorno de ansiedade" provavelmente te remetem a alguém tendo um ataque de pânico: coração acelerado, garganta engasgada e olhos marejados de lágrimas.

Nickelodeon

Para algumas pessoas, a ansiedade realmente se manifesta assim, mas ela também pode aparecer de maneiras mais sutis e afetar muita gente, principalmente em períodos estressantes como esse que estamos vivendo.

Na verdade, a ansiedade — que é um termo geral para uma série de condições, incluindo o transtorno generalizado de ansiedade, as fobias, a síndrome do pânico, a fobia social, e muito mais — afeta cerca de 9,3% dos brasileiros. O Brasil é o país com os índices mais altos de depressão e ansiedade da América Latina.

Publicidade

Porém, mesmo sendo tratável e comum, a maioria das pessoas que sofrem de ansiedade fica sem tratamento, muitas vezes porque elas sequer sabem que há algo errado.

Photo by Annie Spratt on Unsplash

A ansiedade é complicada, ela pode se inserir na sua vida de várias maneiras, fazendo com que você pense que é apenas estresse, por exemplo, quando, na verdade, trata-se de uma doença que pode ser tratada com medicamentos, terapia ou até mesmo algumas mudanças no estilo de vida.

"A ansiedade tem um conjunto de critérios para diagnóstico", diz a psicóloga e especialista em traumas Dra. Anjhula Mya Singh ao BuzzFeed. "Mas, assim como qualquer outra coisa — amor, decepções amorosas, depressão — ela se manifesta de maneiras diferentes em cada pessoa."

Se você se sente sobrecarregado e incapaz de lidar com as coisas, mas não sabe dizer o porquê, aqui estão alguns sintomas para prestar atenção e começar a procurar maneiras de se sentir melhor. (Lembre-se que as publicações do BuzzFeed são de caráter inteiramente informativo e não substituem uma consulta, tratamento ou diagnóstico médico.)

1. Você está sempre ocupado, mas não consegue completar suas tarefas.

Você sempre se vê correndo pela casa, começando um monte de tarefas, mas nunca consegue terminar nada. SOCORRO. A psiquiatra nova-iorquina Dra. Sue Varma contou ao BuzzFeed que isso acontece porque a ansiedade pode se manifestar como um "excesso de obrigações". Ela diz que "Parece que você está tentando completar suas tarefas, mas, ao final do dia, parece que não fez muita coisa. Isso também pode acontecer por causa do TDAH, mas a má gestão de tempo, a baixa produtividade e a dificuldade de priorizar as tarefas são geralmente indicativos do agravamento da ansiedade."

Publicidade

2. Você é inundado por pensamentos existenciais e catastróficos.

Sim, estamos vivendo em uma época aterrorizante, mas "catastrofizar" — o termo técnico para o pensamento obsessivo de que algo é muito pior do que realmente é — pode ser um sinal de que você está, na verdade, sofrendo de um transtorno de ansiedade (em vez de apenas precisar dar um tempo nas notícias jornalísticas). A Dra. Bais diz que pensamentos como "de que adianta, eu nunca vou conseguir fazer isso", "eu estou com problemas", "tem algo muito errado" e "tanto faz, não importa mesmo" são um sinal de alerta, principalmente se são frequentes em vez de esporádicos.

Photo by Ian Keefe on Unsplash

Publicidade

3. Você fica assustado com facilidade.

Você se sente excessivamente nervoso? Preste atenção nesse sentimento. De acordo com um estudo de 2008 publicado no periódico Depression and Anxiety, pessoas que sofrem de ansiedade tem uma resposta mais alarmante, principalmente quando estão estressadas mentalmente (isso também é catastrofizar), o que basicamente significa que você tende a entrar em pânico com o menor dos estímulos, se estiver muito preso aos seus pensamentos.

4. Seu estômago está irritado, mas seu médico não sabe dizer o motivo.

Você não tem intoxicação alimentar, síndrome do intestino irritável ou gastrite, então, porque seu estômago está sempre ruim? Audrey Gruss, fundadora da Hope for Depression Research Foundation disse ao BuzzFeed que a irritação gastrointestinal está frequentemente ligada à ansiedade. "As pessoas frequentemente discutem como o estresse pode se manifestar no seu estômago e, com a ansiedade, acontece a mesma coisa", diz. "Ela pode piorar os sintomas das cólicas abdominais e a dor, fazendo com que as pessoas também se sintam enjoadas."

Além disso, a ansiedade também pode dificultar a recuperação de doenças que não necessariamente estão ligadas a ela. Um estudo de 2007 descobriu que para pessoas ansiosas, ter gastroenterite pode estimular a síndrome do intestino irritável, uma condição crônica que inclui dor estomacal, inchaço, diarreia e/ou constipação. Os autores do estudo descobriram que, como as pessoas ansiosas sentem uma dificuldade maior em diminuir o ritmo e descansar quando estão doentes — o que também é conhecido como "comportamento do tudo ou nada" — um problema similar à gastroenterite, que some rapidamente em pessoas que não têm ansiedade e que não se pressionam demais, mas que pode se tornar uma doença séria e crônica.

Publicidade

Carlo107 / Getty Images

5. Você é perfeccionista.

O perfeccionismo em si não necessariamente indica que você tem um transtorno de ansiedade, talvez você seja apenas uma pessoa atenta aos detalhes e que gosta de fazer um bom trabalho. Porém, se o seu perfeccionismo impede você de tentar coisas novas por medo de falhar ou faz com que você evite certas situações ou tarefas por medo de cometer erros, então, ele provavelmente está mais ligado ao transtorno de ansiedade. Sentimentos de vergonha, inferioridade e autocrítica constante são parte do pacote do perfeccionismo.

E, ainda no assunto: perfeccionistas que têm ansiedade geralmente recusam o tratamento terapêutico por verem isso como um indicativo de fracasso, o que vai de encontro com o medo constante de errar. Se identificou? Respire fundo e pense com carinho em procurar ajuda.

Publicidade

6. Todo mundo ao seu redor irrita você.

Todos nós temos dias em que os amigos e colegas de trabalho nos deixam doidos, mas sentir que você está sempre prestes a explodir a qualquer momento é outra história. Essa resposta de bloqueio/fuga/luta é mais acentuada nas pessoas que sofrem com o transtorno de ansiedade e que essa reação de "lutar" é o outro lado da reação de "fugir". Você também pode perceber que está mais impaciente e se irritando com os outros com mais facilidade (caso tenha ansiedade). Sentimentos de raiva, ódio e vingança são comuns nesses casos, também.

Tommaso79 / Getty Images

Publicidade

7. Você não consegue tomar uma única decisão.

Envolver-se emocionalmente em cada decisão tomada pode ser uma manifestação da ansiedade. Principalmente quando todas as opções representam uma perda ou desvantagem, ou podem causar a infelicidade de alguém não importa o que você faça, a tendência é ficar analisando todas as opções sem tomar uma atitude.

8. Você está sempre doente e não sabe o porquê.

Você não trabalha com crianças ou em um hospital, então, por que está doente o tempo todo? Passar mal, ter dores inexplicáveis e gripes frequentes são coisas que estão ligadas ao transtorno de ansiedade.

Publicidade

Natalie_board / Getty Images

9. Você não consegue dormir e não é porque estava usando o celular na cama.

Há muitas razões pelas quais é difícil dormir bem à noite: a luz azul dos celulares e outros aparelhos eletrônicos, animais agitados ocupando a cama, vizinhos barulhentos (sério, o que eles ficam fazendo a essa hora!?). Mas a ansiedade também pode causar distúrbios do sono, e há pesquisas sugerem também o caminho inverso, ou seja que a falta de sono pode causar um transtorno de ansiedade. Ou seja, uma coisa piora a outra.

Então, para ter uma noite de sono melhor, tente praticar meditação antes de dormir, encontrar um exercício físico que você goste e praticá-lo regularmente e tirar o relógio de perto — ver as horas durante a noite só vai aumentar a sua ansiedade.

Publicidade

10. Você tem ondas de frio ou calor repentinas.

Você sabe que não está ficando doente e não tem problemas hormonais e, mesmo assim, sente frios repentinos ou ondas de calor. Combinados com outros itens dessa lista, os sintomas podem sugerir que é hora de conversar com o seu médico sobre a possibilidade de ter o transtorno de ansiedade generalizada. (Outra coisa: o corpo humano não é uma loucura?)

Katarzynabialasiewicz / Getty Images

Publicidade

11. Você sente que é um fracasso na vida.

Não é uma sensação horrível achar que você é o pior amigo, familiar, parceiro ou funcionário? Que horror. Antes de mais nada, você não é. E, em segundo lugar, essa sensação de fracasso, como se você não fosse capaz de fazer nada direito, pode ser causada pelo transtorno de ansiedade (e não tem nada a ver com quem você realmente é).

Ah, só para lembrar: essa lista é puramente informativa e jamais deve substituir um diagnóstico médico, tratamento ou uma consulta com um profissional da área.

Lembre: você sempre pode pedir ajuda, seja para amigos, para familiares, para especialistas, no posto de saúde, no pronto socorro ou no Centro de Valorização da Vida, ligando gratuitamente a qualquer dia ou hora para o 188.

Publicidade

Veja também:

Publicidade

Publicidade

A tradução deste post (original em inglês) foi editada por Susana Cristalli.

Veja também